Palmtop – O pai do Celular Smartphone



  

Logo depois da derrocada do Newton, o avô do iPad, surgiram os primeiros PDAs, ou assistentes digitais pessoais. Ao contrário do fracassado tablet da Apple eles não tinham a intenção de substituir os computadores e não passavam mesmo de agendas sofisticadas. Não demorou, então, para caírem no gosto do público. Principalmente nas empresas.

Então nasceu o Palm, um PDA muito mais poderoso e robusto, que inaugurou a possibilidade de desenvolver e instalar aplicativos de terceiros. Pequeno, fácil de manusear e com uma variedade de programas à disposição, o Palmtop virou uma verdadeira febre. E durante quase duas décadas reinou absoluto no mercado.

Tanto que a palavra “PDA” sumiu do vocabulário, e em seu lugar entrou outra. Qualquer dispositivo que se parecesse com um PDA, passou a ser chamado de palmtop. Mais tarde a própria Palm teve a ideia de juntar celular e palmtop para criar o que hoje conhecemos como smartphone.





Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Baixaki



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *