Google e Apple procuram desenvolver celular para vestir



  

No último mês de 2011, já na segunda década do século 21, é difícil passar uma única semana sem ouvir falar de alguma grande novidade tecnológica, ou pelo menos uma pequena que pode gerar alguma mudança na maneira como as pessoas usam as máquinas.

Segundo com o que Nick Bilton escreveu nesta quarta-feira (21/12) em sua coluna no tradicional jornal norte-americano “The New York Times”, o Google e a Apple estão bolando maneiras de revolucionar como ninguém esperava, talvez apenas em algum filme de ficção científica, o modo de usar smartphones, tablets e aparelhos computadorizados em geral.





O colunista afirma que as duas concorrentes estão pesquisando a melhor maneira de produzir um celular para vestir. O Google teria contratado pesquisadores da Nokia, da Apple e de importantes faculdades norte-americanas para trabalharem no projeto. Uma fonte ligada ao laboratório secreto da empresa de Bill Gates teria afirmado que já foi desenvolvida uma tecnologia que permite que periféricos ligados à roupa ou ao corpo de alguém transmitam informações a um aparelho Android.

Nick Bilton também afirmou que uma fonte da Apple diz que a companhia tem a mesma tecnologia do Google, mas transmite informações para o iPhone. A coluna também diz que a empresa fundada por Steve Jobs tem até um protótipo de aparelho cilíndrico que as pessoas usariam no pulso e se comunicariam através da mesma tecnologia utilizada no aplicativo Siri, assistente pessoal do iPhone 4S e do iPod Touch.

Por Mozart Artmann



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *