Obsolescência programada – Diminuição da vida útil dos aparelhos eletrônicos



  

O que seria a obsolescência programada

Antes de entrar em detalhes sobre o que essa "maldição das nossas carteiras" nos faz, primeiramente precisamos saber o que significa essa expressão. Basicamente, obsolescência programada, em termos simples, é a diminuição da vida útil de nossos aparelhos eletrônicos, com a finalidade de trocá-los antes mesmo que haja uma necessidade maior por nossa parte.

Ultimamente, é raro encontrar alguém que tenha trocado seu aparelho por defeito causado pelo excesso de uso. Geralmente os aparelhos são trocados por outros mais novos enquanto ainda estão em perfeito estado, com todas as funções em funcionamento satisfatório. Pelo que tudo indica sobre essa "maldição", é que simplesmente a tecnologia vem evoluindo depressa demais. Mas, ao contrário do que pensamos, logo que foi lançado um novo aparelho, as fabricantes já têm outra carta na manga, justamente com a intenção de aposentar esse que acaba de sair do forno.

Há uma maneira muito simples de evitar gastos com esse tipo de obsolescência: fuja das atualizações! Parece piada, mas é muito sério. Todos queremos o celular  mais completo, aquele que tem Bluetooth, Wi-Fi, TV Digital. E isso realmente é importante! Se você quer utilizar todos os ganhos que a tecnologia pode te oferecer, compre mesmo! Mas por que trocar um celular que tenha essas funções por um que tenha as mesmas funções, mas só é um modelo mais novo, inclusive da mesma marca? Pensando assim, não faz o menor sentido, certo? Mas, geralmente, não pensamos duas vezes antes de colocar o carnê – se é que ainda usam isso – à disposição da vendedora e nos rendemos às compras. Esse tem sido um problema meu, seu e de todos nós.





Pense muito antes de entrar em mais uma conta. Verifique se realmente essa é uma necessidade. Se colocar em mente que ficará com o mesmo aparelho até que ele pare de funcionar, certamente, quando precisar trocar por motivo de impossibilidade de uso, já terá um novinho, cheio de aplicativos e funções. E, o melhor, nesse tempo todo de uso do “velhinho”, você economizou uma grana preta ou pelo menos manteve seu nome fora das ligações perturbadoras das empresas de cobrança.   

Fuja da obsolescência programada! 

Por Danillo dos Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *