Google – Aplicativos do Android não poderão interferir no sistema de smartphones



  

Para tornar a plataforma mais segura para os usuários, o Google sempre atualiza suas políticas quanto aos aplicativos desenvolvidos para Android. Em uma decisão inédita, o gigante informou que irá mudar as diretrizes quanto a interferências dos aplicativos nos smartphones. A mudança é uma das mais significativas dos últimos tempos.

Na prática, as diretrizes proíbem que os aplicativos disponíveis na Play Store modifiquem quaisquer configurações dos aparelhos ou de outros aplicativos sem a permissão do usuário. Além disso, não será permitida a instalação “favoritos” ou ícones que acessem serviços de outras empresas.

Outra medida diz respeito às vendas feitas usando os aplicativos. De acordo com as novas regras, toda a compra feita por usuários deve passar pelo faturamento do sistema do Google. As regras já estão valendo para novos aplicativos e os que já existem, têm o prazo de 30 dias para serem modificados.





As medidas dão mais transparência e podem inibir a ação de malwares ou pelo menos ser mais fácil de identificá-los. Contudo, é válido ressaltar que a iniciativa do Google torna as coisas mais claras, principalmente contra ações que possam ser nocivas aos usuários do Android.

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *