A7 de 64-bit da Apple – Comentários



Anand Chandrasekher, o vice-presidente sênior e também diretor de Marketing da Qualcomm, não está de maneira nenhuma convencido da “capacidade” do processador A7 de 64-bit que está presente no iPhone 5S da Apple. De acordo com  a opinião do sujeito, o que a Apple faz muito mais um golpe de marketing do que um relativo aprimoramento técnico do dispositivo.

O executivo da Qualcomm afirmou que está ciente de todo o barulho que foi e ainda está sendo feito em volta do lançamento da Apple, mas que isso não muda em nada o fato – em sua opinião- de que a empresa estaria mais fazendo uma jogada de marketing e que quem seria prejudicado com isso seria o consumidor que teria um benefício “zero”.



Em uma entrevista concedida ao site TechHive Chandrasekher  disse que a vantagem apresentada pelo processador de 64 –bit referente ao aumento do endereçamento de memória não seria de grande importância para os atuais modelos de tablets e smartphones.

Ainda segundo Chandrasekher há um probleminha básico que vem sendo omitido: O iPhone 5S conta apenas com 1 GB de RAM enquanto que seriam necessários mais de 4GB para que fosse possível um aumento potencial da memória.

Chandrasekher até que tem “moral” pra falar sobre o assunto. A Qualcomm é uma das principais fabricantes de chips para o mercado de dispositivos móveis no mundo. São dela os processadores Snapdragon utilizados nos smartphones Android e Windows Phone. A  Qualcomm também está trabalhando em um processador de 64-bit ainda sem data prevista para lançamento.



Por Denisson Soares



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *