Brasil já possui quase 300 milhões de linhas de celulares ativas



  

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), já existem no país mais de 271.099.799 linhas ativas na telefonia móvel, o que já representa mais do que a população total do Brasil. O número de linhas por brasileiro já havia sido ultrapassado em 2009, contudo há cada vez mais habilitações de novas linhas, a sua maioria pré-paga. O crescimento registrado foi de 3,55% em relação ao ano de 2012.

No mês de dezembro de 2013 mais de 580,92 mil linhas foram habilitadas em um total de 9,92 milhões de novas adesões no ano passado. Do total de linhas habilitadas, 221,58 milhões são de linhas pré-pagas, o que representa 78% do total, as linhas pós-pagas representam 22% num total de 59,52 milhões de linhas. Também houve aumento nos acessos banda larga móvel, em um total de 103,11 milhões de acessos, destes 1,31 milhões são de terminais 4G.

No fim de 2012 havia 261.807.903 de linhas em uma teledensidade de 132,79 linhas para cada cem habitantes naquele ano. Atualmente este número chegou a 136,45 acessos móveis para grupos de cem brasileiros em dezembro. Em novembro os dados eram de 136,24 para grupos de cem habitantes. Entre as regiões que apresentam maior teledensidade está o Distrito Federal, com números de 222,95 celulares para cada cem habitantes e o mais baixo é o do Maranhão, com 95,37 celulares para cada cem habitantes.





Atualmente a prestadora de maior atuação no mercado é a Vivo, com mais de 77 milhões de linhas, com 28,49% do mercado. Na segunda posição está a TIM, com 73,431 milhões de linhas e 27,09% da fatia. A Claro ficou em terceiro lugar, com 68,704 milhões de acessos e  25,34% do total. Na quarta posição está a Oi , com 50,216 milhões de celulares, representando 18,52%. Sercomtel, Datora, CTBC celular, Nextel e Porto Seguro juntas possuem 1,503 milhão de linhas, 5% do total.

Por Robson Quirino de Moraes



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *