Serviços de Internet Banda Larga no Brasil – Análise das Empresas



  

As operadoras de telefonia, como sempre, estão deixando a desejar em seus serviços. Desta vez ficou por conta do serviço de internet móvel, onde a TIM demonstrou ser a pior colocada no ranking das prestadoras deste tipo de serviço.

A empresa ficou abaixo da média no mês de dezembro em 12 Estados e no Distrito Federal, em quesitos como a velocidade instantânea e a velocidade média da banda larga. E não foi só ela, a Vivo ficou abaixo da média em 08 Estados, a Oi em 7 Estados e a Claro em 4. Os serviços foram avaliados em 15 Estados e no Distrito Federal.

No Estado de São Paulo, a TIM foi a única prestadora que ficou abaixo da meta estipulada pela Anatel. No Estado, as prestadoras Algar Telecom, Claro, Oi, Vivo e Nextel atingiram a meta. Já no Rio de Janeiro, Claro, Vivo e TIM não atingiram o percentual de 95% na velocidade instantânea estabelecida pela Agência.

No serviço de banda larga fixa, as prestadoras Algar Telecom, Vivo e NET ficaram com médias abaixo das estabelecidas pela Agência na cidade de São Paulo. Os quesitos em que as empresas ficaram “devendo” foi de disponibilidade e perda de pacotes. No Rio de Janeiro a Oi ficou abaixo da média no quesito disponibilidade. As demais empresas atingiram as metas da Anatel.





Todas as empresas foram procuradas para prestar esclarecimentos sobre os dados fornecidos pela Anatel, contudo, somente a TIM e a Vivo se pronunciaram. A TIM afirmou ter ciência dos números e disse que está buscando atender as metas. A empresa também informou que está sempre atenta as melhorias e está priorizando a excelência e qualidade dos serviços, investindo em infraestrutura. Já a Vivo informou ser a única prestadora a oferecer planos de velocidade de 1,5 Mbps e entrega uma velocidade superior às demais prestadoras, dessa forma, as medições acerca do seu produto são maiores.

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *