Fin – Novo anel inteligente poderá se comunicar com diversos dispositivos



  

O anel indiano mais comentado do momento é o tecnológico Fin. Este não é um simples anel, Fin é capaz de controlar TVs Smart, óculos de realidade aumentada, smartphones e apresentações. O anel inteligente ainda está na fase de arrecadação de verba para que ele possa virar realidade para os muitos consumidores que esperam ansiosos pelo seu lançamento.

O modelo foi fabricado com a intenção de que ele fosse capaz de se conectar via Bluetooth com vários gadgets comuns no mercado como tablets, TVs inteligentes, smartphones, entre outros. A forma com que ele atua está determinada pelos movimentos naturais das mãos, sendo assim é possível realizar uma variedade de comandos, por exemplo, se a pessoa desejar controlar as funções de outros aparelhos remotamente deverá movimentar o polegar a frente dos demais dedos, caso precise atender uma ligação, somente pressione a ponta do indicador com o polegar. Se precisar acessar o seu e-mail, toque a parte central do indicador com o polegar.

É possível realizar outros comandos como deixar o celular em modo silencioso, tudo depende da ativação de outros dedos e dos seus movimentos.

Como o anel inteligente também pode ser conectado a uma central multimídia dos carros, é possível diminuir a tendência do motorista em se distrair com facilidade, também é eficaz quando o usuário deseja conectar o anel com outros dispositivos de forma instantânea.

Fin seria efetivo até para deficientes visuais, pois poderiam controlar e fazer uso de smartphones com mais facilidade. Outra das vantagens do inovador dispositivo é a capacidade de controlar slides durante uma apresentação.





O anel inteligente pode captar até três comandos por dedo.

Como foi dito anteriormente neste texto, ainda o anel não está sendo fabricado para chegar no público final, entretanto está procurando patrocinadores no site do projeto wearfin.com. Caso queira possuir um anel Fin em primeira mão precisará desembolsar R$ 230 aproximadamente.

Por Melina Menezes

Fin

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *