The One – Lançamento do primeiro smartphone da marca OnePlus



  

Criada pelo ex-executivo da empresa Oppo, Pete Lau, a startup OnePlus anunciou na última quarta-feira, dia 23, seu primeiro smartphone. O primogênito da marca foi batizado simplesmente de “the One”, nada mais singelo. Entretanto, o dispositivo deverá chegar ao mercado com componentes de aparelhos top de linha e com um diferencial: com um preço bem abaixo dos praticados pelos concorrentes.

O “the One” funciona com o Android Cyanogen. O processador integrado no dispositivo é um quad-core da Qualcomm Snapdragon 801 de 2.5 GHz. De memória RAM o aparelho conta com 3 GB. A bateria tem 3.100 mAh. Uma olhada atenta nessas especificações mostra que elas são bastante próximas às apresentadas por outros aparelhos top de linha no mercado como é o caso do Galaxy S5, do Xperia Z2 ou do HTC One M8.

Visualmente falando o “the One” tem uma cara bastante agradável. Com os cantos arredondados o dispositivo apresenta botões sensíveis ao toque para o menu de aplicativos e também para as opções home e voltar. O display do aparelho tem com 5,5 polegadas com uma definição de 1080p por uma densidade de tela de 401 ppi.

Em tempos passados, mas não muito distantes a primeira parceria feita com a CyanogenMod foi exatamente com a Oppo. Na época as empresas lançaram conjuntamente o smartphone N1 que trazia o sistema operacional Android em sua existência “colaborativa” pré-instalado. Basicamente a mesma coisa tem sido seguida pela startup OnePlus que oferece a versão CyanogenMod 11S já de fábrica. A mesma tem como base a versão mais recente do sistema operacional móvel do Google, Android 4.4.

Um ponto que não pode passar despercebido em relação ao aparelho é o destaque que a empresa deu para a câmara de seu primeiro smartphone. O dispositivo conta com inacreditáveis 13 megapixels e isso com sensores Exmor na câmera traseira. A frontal tem cinco megapixels. Ainda sobre a câmera traseira ela pode fazer vídeos em 4k. E tem ainda a possibilidade de fazer filmes em 720p em câmera lenta. A empresa colocou em seu fórum alguns exemplos de fotos produzidas pelas câmeras. Para conferir clique aqui.





De acordo com o fundador da marca os preços serão mesmo competitivos. A previsão é de que os dispositivos custem algo em torno dos US$ 199 (cerca de R$ 450) no caso da versão de 16 GB e na cor branca. Já a versão de 64GB e na cor preta os preços sairiam por volta dos US$ 394 (mais ou menos R$ 800).

Por Denisson Soares

The One

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *