She Rides – Novo aplicativo exclusivo para mulheres em Nova York

Um novo aplicativo somente para mulheres está prestes a ganhar as ruas de Nova York. Segundo reportagem do jornal "The New York Times" a ferramenta ganhou o nome de She Rides e foi lançado para iPhone esta semana. Em breve haverá o lançamento da versão para Android.

A ideia do aplicativo é buscar táxis conduzidos por mulheres e que também só transportam mulheres. Em uma cidade onde diversas culturas e etnias se encontram ter opções de transporte de mulheres para mulheres pode facilitar a vida de muitas delas. Sendo assim o novo aplicativo facilitará muito o deslocamento de muitas mulheres.

O serviço foi criado por Stella Mateo que é mãe de duas crianças, segundo entrevista dela ao  "NY Times" tudo começou, pois tinha o sonho de ter um motorista uniformizado para levar suas filhas para passear. Como isso não era possível, ela resolveu criar uma forma de escolher o motorista do táxi que irá pegar.

As usuárias que optarem por utilizar o serviço serão recepcionadas por uma condutora vestida com uma echarpe de pashmina rosa choque, devidamente uniformizada.

O aplicativo também será disponibilizado no subúrbio de Westchester e Long Island, onde assume o nome de SheTaxis. A cidade de Nova York possui regulamentos que proíbem a palavra "táxi" em nomes de alguns produtos, por isso a opção de nome.

A opinião das mulheres sobre o aplicativo foi bastante favorável, uma vez que muitas têm medo de usar o transporte coletivo e serem  molestadas. Dessa forma aumentam as opções de escolha para mulheres que não desejam se importunadas. O transporte exclusivamente feminino já existe em muitos países, inclusive no Brasil, em metrôs por exemplo.



A Índia tem sua própria frota de táxis femininos, também chamada SheTaxi, assim como a Nova Zelândia. O Japão teve composições de trens só para mulheres em várias ocasiões nos últimos 100 anos, e programas semelhantes existem na Indonésia, Índia, Brasil, Guatemala, México, Paquistão e Irã.

Por Vivian Schetini

T?xi

Foto: Divulgação





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *