Microsoft Lumia – Novo nome dos aparelhos com Windows Phone



  

O longo relacionamento entre a Microsoft e a Nokia foi complicado desde o início, quando envolveu apenas uma parceria onde a marca de celulares era responsável por peças de hardware, e que acabou se desenvolvendo para a compra, por parte da Microsoft, do setor de fabricação de celulares da marca finlandesa no que pareceu ser uma separação bastante acirrada. Após vários boatos aparecerem e serem desmentidos por ambas as empresas, parece não ser mais segredo sobre quem vai tocar o barco para a fabricação de peças para os Windows Phones daqui para frente. Os aparelhos passarão a ser chamados apenas de “Microsoft Lumia”.

A fase de reformulação da marca vai começar na França, com a mudança já acontecendo nas páginas das redes sociais da marca naquele país, onde o “Microsoft Lumia” já vai substituir a marca antiga. Porém, a decisão da Microsoft de deixar a marca Nokia não significa que esta vai deixar de existir. Ela continua como uma empresa à parte, porém sem o segmento de telefones celulares, ficando voltada apenas para serviços de mapeamento e infraestrutura de redes.

A partir da França, a gigante dos softwares para computadores prosseguirá com a mudança nos aparelhos ao redor do mundo, modificando as peças dos aparelhos (ainda não se sabe se no corpo dos novos dispositivos virá “Microsoft”, “Lumia” ou “Microsoft Lumia” no lugar de onde aparecia “Nokia”), redes sociais e propagandas, online e fisicamente.

A mudança na nomenclatura dos aparelhos já era esperada há meses, quando surgiu o primeiro boato de que a Nokia seria extinta, e o nome “Lumia” faz sentido uma vez que era exclusivo para os dispositivos que vinham com o sistema operacional Windows instalado.





Agora é aguardar o grande impulso que a Microsoft deve dar aos aparelhos, na tentativa de fixar o novo (antigo) nome no mercado e na preferência dos usuários, extinguindo a antiga marca, que ultimamente vinha recebendo inúmeras críticas pela má qualidade de seus aparelhos (que não vinham com Windows).

Por Felipe Foureaux Freitas

Microsoft Lumia

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *