Função Connect do Spotify permite que smartphones ou tablets sejam usados como controle remoto



  

O aplicativo Spotify tem tantas funcionalidades que, às vezes, parece que até mesmo seus desenvolvedores se esquecem de divulgar (ou aprimorar) algumas. A função “Connect” – lançada há um ano, é uma delas, e finalmente será utilizada para fornecer comodidade aos usuários, conectando seus dispositivos celulares à área de trabalho do computador. É como se o celular ou tablet fossem um controle remoto para seu desktop, da mesma maneira que já funcionava para dispositivos Wi-Fi como alto-falantes, por exemplo. O único empecilho, digamos assim, é que o serviço é pago, assim como o próprio Spotify.

A utilização é simples: basta certificar-se de que o Spotify está instalado e rodando em sua área de trabalho do PC, abrir o aplicativo no celular, escolher uma música na biblioteca e entrar no menu “tocando agora”. Feito isso, clique no ícone do “Connect” (no canto superior direito da tela).

O aplicativo do celular demorará alguns segundos para localizar seu computador (assim como ocorre com qualquer outro dispositivo sem fio – e às vezes com fio), e quando achar basta selecioná-lo na lista e a música começará a tocar no PC. A partir daí, enquanto ambos, PC e celular, estiverem conectados à internet, o usuário pode procurar músicas, aumentar ou diminuir o volume, etc.

A função já existe, não exatamente igual, em outros aplicativos de acesso remoto ao computador, mas a grande sacada do Spotify é que as músicas não precisam estar armazenadas no PC, o que pode ser extremamente conveniente se você resolve sair de casa e quer continuar ouvindo suas músicas de onde parou, sem precisar correr por sua biblioteca para achar qual foi a última que tocou pelo desktop – ou laptop, porém neste último caso pode ser necessária a utilização de caixas de som.





A nova função do aplicativo pode não ser suficiente para convencer um novo usuário a gastar US$10 (aproximadamente) por mês para ser assinante do Spotify, mas é uma função viciante e com certeza irá fidelizar ainda mais clientes antigos.

Por Felipe Foureaux Freitas

Spotify

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *