Novo concorrente do Whatsapp é lançado no mercado



  

Mais um aplicativo para troca de mensagens chega ao mercado. Trata-se do Wire, criado por Janus Friis, um dos cofundadores do Skype. O aplicativo foi lançado essa semana e está disponível tanto para smartphones, quanto tablets e Macs. Tudo para disputar usuários com o WhatsApp, que atualmente o preferido do público.

Wire, que traduzido para o português é Arame, trata-se de uma plataforma que apresenta recursos muito semelhantes aos do concorrente: ele envia mensagens de texto, de voz e anexos, como imagens e vídeos, mas ainda assim possui alguns diferenciais.

Começando pela interface, bem mais amigável e com um visual que agrada bastante. Para se ter uma ideia, a interface é mais interessante que a adotada pelos competidores WhatsApp, Telegram, Line e do próprio Skype.

Apesar do visual mais “clean”, o aplicativo pode executar vídeos do YouTube, bem como músicas do Souncloud sem a necessidade do usuário sair deste. O Wire permite a criação de grupos de usuários, inclusive, com poderes de moderação aos criadores de conversas em grupo. Eles podem, por exemplo, expulsar um usuário integrante ou bloqueá-lo.

O Wire pode ser instalados em aparelhos Android, iOS e OS X, contudo, há perspectiva que ele possa ser usado em PCs com Windows e navegadores, entretanto não há uma data para que essas versões estejam disponíveis para os usuários.





Não haverá cobrança de anuidade para utilizar o aplicativo e sim uma oferta de add-ons pagos, os quais não são imprescindíveis para o uso do aplicativo no cotidiano. Como o WhatsApp somente é compatível com smartphones, já que a empresa informou não acreditar na necessidade de levá-lo para os computadores ou tablets, o Wire pode ser uma aposta que dará certo. Pelo menos é o que Janus Friis espera para sua criação.

Apesar da gratuidade, muitos usuários não devem ter interesse em migrar. Seu sucesso dependerá do número de usuários com interesse em testar a novidade. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Foto: divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *