Recife (PE) recebe os serviços do UBER



  

O UBER segue investindo fortemente no Brasil e agora está expandindo seus serviços para as regiões Norte e Nordeste, com o seu lançamento no Recife, em Pernambuco.

O aplicativo UBER não se tornou bastante conhecido no Brasil apenas pelos seus serviços oferecidos, muitas vezes considerados até mesmo melhores do que o de Táxis Comuns, mas também pelo fato de, assim como em outros países, o serviço ter sido hostilizado pelos taxistas comuns indo parar na justiça. Porém, o UBER segue investindo fortemente no Brasil e agora está expandindo seus serviços para as regiões Norte e Nordeste, sendo que o primeiro passo já foi dado, com a disponibilidade do serviço para o Recife.

O serviço, ao menos para os consumidores, será extremamente útil e aceito, já que os usuários não possuem a mesma resistência dos taxistas, já que o aplicativo irá garantir para os moradores do Recife um serviço cerca de 40% mais barato do que as corridas de Táxi comuns, já que a corrida no UBER custa R$ 2,50, enquanto nos táxis o preço gira em torno de R$ 4,75, poupando o dinheiro do consumidor por um serviço igualmente bom. No caso de corridas por quilômetro, no UBER o preço é de apenas R$ 1,15 com mais 0,17 centavos por minuto, também inferior ao dos táxis comuns.

Mesmo com todas as dificuldades que a empresa enfrenta no Brasil, o UBER continua expandindo seus serviços no país e deve alcançar a marca de 100 mil motoristas esse ano em solos tupiniquins, bem como irá aumentar o número de funcionários internos e expandir os serviços para outros estados, que, como citado, terão como grande foco, as regiões Norte e Nordeste, que ainda não possuem boa cobertura dos serviços do UBER. A empresa também está trabalhando para melhorar os sistemas de treinamento para os motoristas no Brasil.

Bem como em todo o Brasil e no mundo, o UBER vem contando com a resistência de taxistas e burocratas, que se baseiam na lei (Lei Federal 12.587/2012 ), no caso, do Recife, a qual determina que somente taxistas de fato, poderão utilizar um carro, seu ou de terceiros, para fazer o serviço de carona paga, o que deve novamente gerar polêmica e certamente problemas para os motoristas do UBER, que vem tendo, em São Paulo, por exemplo, seus carros queimados por taxistas comuns.





Por João Trajano

 

Uber no Recife

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *