Novo Sony Xperia Z5 Premium – Preço e Lançamento no Brasil



  

Smartphone possui tela de 5,5 polegadas e roda vídeos em 4K. Aparelho custa R$ 4.700.

E quem nunca sonhou com um dos produtos da Sony? A marca já é famosa e conceituada em todo o mundo por sua fabricação de produtos eletrônicos. Atualmente, a empresa investe pesado na produção de celulares que são vendidos em todo o mundo.

Nesse aspecto, em dezembro de 2015, a Sony trouxe ao Brasil o Xperia Z5, o topo de linha da marca no ramo de celulares. Segundo avaliações, o Xperia Z5 é o smartphone com o melhor processador do mercado, além de possuir uma câmera traseira excepcional com 23 MP de definição total. Além disso, o aparelho é vangloriado por ter uma bateria de alta potência e eficiência. A rusticidade também faz parte desse aparelho, por ser resistente à poeira e à água.

Vale lembrar que na época de seu lançamento o aparelho foi sugerido pelo preço de R$ 4.299,00. Porém, atualmente ele pode ser encontrado por R$ 3.600,00, o que para o mercado brasileiro ainda é bem caro!

Apostando no mercado brasileiro, no início de março a Sony trouxe o Z5 Premium, com tela de 5,5” e filmagem em 4K. Segundo a fabricante, a bateria de 3.430 mAh dura um dia e meio com utilização intensa. Em uso moderado, pode chegar a dois dias. A marca possui uma função própria de economia de energia chamada de “stamina”.

Apesar das diferenças, é possível perceber que a versão premium do Z5 é apenas uma versão avantajada do Xperia Z5. Possui câmera de 23 MP na parte traseira e 5 MP na dianteira. Conta ainda com o Android 5.1 e a velocidade fica por conta de uma memória RAM de 3 GB. O armazenamento agrada, 32 GB, podendo ser expandida para o microSD. Além disso, é resiste à àgua, realiza filmagem em 4K e reconhece digital, recurso aclamado nos iPhones mais modernos e atuais.





Os contras já são conhecidos da linha Xperia. Além de ser enorme, 5,5” de tela, suas arestas dão uma sensação de protuberâncias cortantes que, ao manusear o aparelho parece que você está sendo cutucado.

Seriam problemas até pequenos se o aparelho não custasse a bagatela de R$ 4.700,00, que atualmente só perde para o iPhone 6S de R$ 4.900,00.

Para você, compensa? Cabe a você realizar os cálculos de custo-benefício.

Raquel Alice Moreira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *