Intel irá produzir Processadores ARM para Smartphones



  

Intel iniciará produção de chips ARM para tecnologia móvel.

Não se pode negar que a grande Intel veio perdendo uma grande parcela no mercado de tecnologia móvel. A companhia, que possui praticamente um domínio absoluto no segmento de computadores pessoais, não teve força suficiente para manter a hegemonia assim que os vetores principais da indústria tecnológica se tornaram os tablets e smartphones. A ARM foi quem ficou com a liderança com a arquitetura que bateu a plataforma x86.

Dessa forma, a Intel acertou um acordo com a ARM, como uma tentativa de se sustentar de uma outra maneira no mercado. A companhia poderá produzir chips utilizando arquitetura da sua antiga rival e atual parceira, abrindo assim uma grande gama de possibilidades para a parceria.

Antes de qualquer coisa, é necessário explicar que a organização não irá produzir chips usando a arquitetura ARM, porém poderá fabricar para outras empresas fazendo uso de suas linhas de montagem, pelo fato de dominar os processos em 10 nanômetros.

Isso quer dizer que um nova porta será aberta no segmento de tecnologia móvel, a qual não estava quando se trabalhava com os chips de arquitetura x86, tanto é que foi descontinuada a linha de processadores Atom utilizados em celulares. A Intel poderia também fechar acordo com empresas como a gigante Apple para que montasse o processador de um próximo iPhone, ou então com a Qualcomm, para dar um apoio na produção dos chips Snapdragon, os quais estão presente na maior parte dos smartphones Android presentes no mercado mundial.





A novidade se dá pelo fato da Intel admitir uma certa derrota, mas nada tão surpreendente. Já que faz tempo que havia uma especulação sobre a Apple fechar um acordo com a fabricante de chips para fornecer elementos para o celular iPhone. Entretanto, para que o caso se concretizasse, primeiramente era necessário que o smartphone fosse adaptado à uma arquitetura ARM, o que foi confirmado agora.

A parceria principal já está fechada. Será a LG Eletronics, que sempre fez uso dos chips Qualcomm em seus dispositivos. A empresa da Coreia pretende crescer para fabricar seus chips ARM próprios fazendo uso das instalações da Intel.

FILIPE R SILVA



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *