Zenfone 3 Zoom – Análise, Preço e Configurações



  

Confira aqui tudo sobre o Zenfone 3 Zoom.

Procurando um bom celular que possa investir e pagar pela média de preços que você encontra no mercado? Você já experimentou conhecer o Zenfone 3?

Se você está buscando por uma câmera de qualidade, com uma boa resolução, mas principalmente um aparelho que carregue rapidamente e que a bateria dure por um considerável espaço de tempo, esse realmente pode ser o celular que você esteja buscando.

A câmera só coleciona elogios, com 12MP para a câmera central e 13MP para a câmera frontal, há ainda opções que podem “tratar a foto” e deixá-la mais agradável, principalmente em selfies. O foco da câmera também é ótimo e você consegue enxergar muito bem sem o zoom, mas espere para se impressionar quando for utilizá-lo para aproximar os detalhes da foto. A resolução é praticamente perfeita. Além disso, o aparelho também permite focar e desfocar os fundos das fotos, dando destaque a pontos principais das fotos. Além de outros recursos que vão fascinar as pessoas fascinadas por fotos, gifs, vídeos e afins.

Agora vamos falar da bateria: esse aparelho te permite usar por dois dias, com uso moderado de alguns aplicativos, sem recarregar. Isso mesmo, produção? Isso mesmo. Também pudera. Para aguentar todo esse “tranco” o carregamento costuma ser demorado, levando 3 horas em média (e nada de usar o celular enquanto ele está carregando ou então ele vai demorar ainda mais para carregar).





O aparelho é grande, protegido com um sistema para evitar de arranhar a tela e grandes danos em caso de queda. O sistema é Android e funciona bem (com aquelas travadinhas de leve, mas nada que não seja natural Android. Se não tivesse, a gente até sentia falta).

Se você quer saber a média de preço, fica em mais ou menos R$1.900 (mil e novecentos reais). Esse aparelho vem para disputar aí com a galera mais usada pelo público, como Motorola e Samsung. Partindo de um ponto de vista pessoal, o Zenfone vem não para trazer grandes inovações, mas para melhorar aquilo que já se tem, ao contrário das outras marcas, por exemplo, como a Motorola, que está buscando novos caminhos em inovação e novidades tecnológicas que possam imprimir ainda mais a sua marca.

Yamí de Araújo Couto



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *