Veja aqui as configurações e preço no Lenovo Vibe K5 no Brasil.

Após uma estreia magnífica no mercado brasileiro do Vibe A7010 e seu ótimo custo-benefício, a chinesa Lenovo, que adquiriu a Motorola, lança agora seu segundo dispositivo no país, o Vibe K5.

O smartphone possui uma boa configuração para rivalizar no mercado de aparelhos intermediários com Android, um segmento que vem crescendo cada vez mais. Ele irá disputar mercado com LG K10, Samsung Galaxy J5, Motorola Moto G Turbo, Quantum Go e Asus Zenfone 2 Laser.

Uma característica bem própria dos smartphones da marca chinesa é que eles não possuem uma identidade visual para todos os aparelhos, como é ocaso da LG e da Samsung. Cada dispositivo da fabricante possui um desenho diferente, mesmo pertencendo a mesma linha.

Então, logo se sabe que o modelo é da mesma linha que o Vibe A7010, porém, seu design é diferenciado.

E não é apenas no quesito desenho que o lançamento Lenovo Vibe K5 é diferente do antecessor. O modelo conta com um armazenamento menor do que o anterior, sendo 16 GB contra 32 GB, utiliza um processador Snapdragon (no A7010 era um Mediatek) e uma bateria com menos capacidade, que era 3300 mAh e agora é 2750 mAh. O novo aparelho também não possui leitor de impressão digital, o que no A7010 chamava atenção.

Obviamente, as configurações sendo mais simples no modelo novo acabaram barateando o mesmo: o preço do Lenovo Vibe K5 é de R$ 999, já o A7010 era R$ 1.399. E provavelmente em breve o K5 terá seu valor reduzido R$ 800.

Ficha Técnica:

  • Sistema Operacional Android versão 5.1 Lollipop;
  • Tela TFT Full HD de 5 polegadas com resolução de 1080 x 1920 px;
  • Dual Chip 4G;
  • Memória RAM de 2 GB;
  • Processador Octa Core Snapdragon 615, sendo quatro com frequência de 1.5 GHz e os outros quatro com 1.2 GHz;
  • Câmera frontal com 5 Megapxels;
  • Câmera traseira com 13 Megapixels e flash;
  • GPU Adreno 405;
  • Armazenamento interno de 16 GB;
  • Aceita cartão microSD de até 32 GB;
  • Bluetooth 4.1 A2DP LE;
  • USB Host (OTG);
  • A-GPS;
  • Alto-falantes Estéreo;
  • Rádio FM;
  • Bateria removível de 2750 mAh;
  • Sistema de som Dolby Atmos;
  • Grava vídeos Full HD

FILIPE R SILVA


Confira aqui o preço e as principais configurações do Zenfone 3 Max.

A empresa Asus lançou o smartphone Zenfone 3 Max no Brasil no início deste mês, com boas especificações e um preço mediano diante de outros concorrentes como Galaxy J5 Metal e Moto G4. Logo depois, o celular também chegou na Índia com preço menor e com configurações ainda melhores. E agora a Asus está comercializando o aparelho nos Estados Unidos, com preço muito baixo.

No Brasil o aparelho Zenfone 3 Max apareceu por R$ 1.000, já nos Estados Unidos o mesmo vem sendo comercializado na Amazon pela própria fabricante por míseros US$ 149, o que dá cerca de R$ 500 ao ser convertido. Além disso, as configurações são exatamente iguais, contando com uma a bateria de 4.100 mAh, 2 GB de memória RAM, armazenamento interno de 16 GB e chipset da MediaTek com quatro núcleos para processamento.

Na terra do Tio Sam a empresa está disponibilizando também outras duas versões do modelo. Uma opção intermediária no valor de US$ 199 (convertido diretamente para R$ 664) com memória RAM de 2 GB e armazenamento interno de 32 GB. Também há a versão mais potente com armazenamento de 64 GB e memória RAM de 3 GB por US$ 400 (convertido diretamente para R$ 1.340). Entretanto essas versões ainda não estão previstas para chegar ao Brasil.

Especificações técnicas (não oficial)

  • Memória RAM de 2 GB / 3 GB
  • Tela com resolução HD de 5,2 polegadas
  • Memória de armazenamento interno com 16 GB / 32 GB / 64 GB
  • Placa gráfica ARM Mali-T720MP2
  • Chipset MediaTek MT6737M com clock de 1,3 GHz e quatro núcleos de processamento
  • Leitor de impressões digitais embutido
  • Câmera frontal com 5 megapixels
  • Câmera principal com 13 megapixels
  • Sistema operacional Android versão 6.0.1 Marshmallow, modificado pela interface da fabricante, ZenUI 3.0
  • Bateria de 4.100 mAh

De acordo com o anúncio realizado pela Amazon, o smartphone pode ser enviado para o Brasil, mas no caso há algumas taxas que, no final, ainda tornam a compra mais barata. Por exemplo, ao enviar o modelo com 16 GB de armazenamento interno e 2 GB de RAM para a cidade do Rio de Janeiro, as taxas ficam em US$ 160 (R$ 516).

FILIPE R SILVA


Confira aqui as configurações e o preço do Samsung Galaxy J7.

O Samsung Galaxy J7 é um smartphone prático, moderno e ideal para quem quer um aparelho com bom desempenho para fotos, jogos, entre outros recursos. A tela touchscreen de 5.5 polegadas conta com resolução de 1280X 720 pixels, ou seja, o tamanho ideal para quem busca um celular com uma tela grande para assistir aos seus vídeos favoritos, estudar, escutar música, jogar, entre outros entretenimentos.

Com sistema operacional Android 6.0.1 Marshmallow, o Samsung Galaxy J7, tem um recurso denominado LTE 4G, que permite a transferência de dados, além de uma ótima navegação na internet. Além disso, o smartphone dispõe de conectividade por meio de Wi-fi e GPS. Entre outros recursos, o aparelho também tem leitor multimídia, rádio, videoconferência, bluetooth e memória interna de 16GB com possibilidade de expansão.

Gosta de registrar os melhores momentos? O Samsung Galaxy J7 tem câmara de 13 megapixels e capacidade para registrar vídeos em alta definição Full HD. Entre outros detalhes, o aparelho destaca-se pelo design e pela sua espessura de apenas 7.9 milímetros.

Outro aparelho da Samsung que destaca-se pela sua capacidade e resistência é o Galaxy J5, que tem processador com velocidade de 1.2 GHz, quad core. O tamanho da tela principal é de 5.2 polegadas, sendo ideal para navegar na internet, ler, jogar, entre outras atividades. A moldura metálica na borda do smartphone o protege contra arranhões e descasamento, além de proporcionar equilíbrio e harmonia ao design.

O Galaxy J5 tem capacidade para tirar ótimas fotos, inclusive nos lugares mais escuros devido à presença das lentes F1.9, que está tanto na câmera traseira, quanto frontal. Quer tirar foto rápido? É só apertar duas vezes no botão início (home) para acessar à câmera. Desta forma, o smartphone está sempre pronto para capturar todas as viagens, festas e diversões. Outro detalhe, é a presença do modo Embeleza Rosto no Modo Led Frontal, que faz a diferença nas fotografias, pois proporciona uma iluminação melhor.

Outro diferencial deste aparelho é que ele conta com o modo de economia de energia Ultra Power Saving, que propicia alta duração e, ao mesmo tempo, mantém os aplicativos preferenciais ativos no aparelho.

O que achou do Samsung Galaxy J7 e J5? Compartilhe a sua opinião!

Por Babi


Veja aqui as configurações e o preço do Samsung Galaxy J5.

Lançado no início do ano, o Samsung Galaxy J5 é a nova aposta da Samsung. Para a marca, o smartphone é poderosamente elegante. É isso que vamos descobrir! Conheça o preço e as configurações do seu mais novo aparelho celular.

Samsung Galaxy J5

Entre os pontos fortes do Galaxy J5 da Samsung, o destaque fica a cargo da resistência encontrada no design. Com sua moldura integrada metálica, o telefone apresenta uma proteção contra possível descascamento.

As pessoas mais exigentes quanto à resolução da câmera podem se apaixonar pelo novo Galaxy, pois ele é ideal para quem ama tirar fotos, já que possui resolução de 4128 x 3096 pixels. Agradeça a sua câmera de 13MP.

Além das imagens, vídeos podem ser gravados e executados em alta definição Full HD. Para isso, a marca aposta na resolução de até 1920 x 108 pixels. Vale lembrar que, em termos de multimídia, não é todo aparelho que conta com esse recurso.

Características

Na versão Marshmallow, o sistema do J5, que possui espessura de 8.1 mm, é o Android 6.0. Como pode notar, o telefone é bem fino por sinal. Além de fino, é muito leve, com 159 gramas, e ainda têm dimensões de 145,8 x 72,3 x 8,1 mm.

Desempenho

O poderoso smartphone, que conta com chipset Qualcomm Snapdragon 410, traz memória RAM de 2GB e memória interna de 16GB, além do processador Quad-Core de 1.2 GHz. Com o uso do cartão de memória, a memória do celular pode ser expansível até 128GB.

Tela

720 x 1280 pixels é a resolução da tela, que apresenta 5.2 polegadas touchscreen, além de 282 ppi de densidade. O modelo de tela da Samsung é Super Amoled e fornece 16 milhões de cores.

Câmera

Com 13 MP da Câmera Frontal e 5 MP da câmera traseira, o aparelho consegue capturar fotos em lugares mais escuros. E a culpada são as lentes rápidas F1.9, que apresenta qualidade superior em ambas as câmeras.

Apaixonado por Selfie? Com o Samsung J5 as imagens ficam perfeitas! E tudo isso utilizando a palma da mão. E o melhor, as fotos ficam ‘tops’ em poucos segundos.

Preço

Gostou do novo celular da Samsung? Você pode ter o seu Galaxy J5 por preços variados, dependendo do local. Segundo informações, o modelo está entre R$ 888,00 e R$ 1.999,00.

Fábio Santos


Confira aqui as configurações e o preço do Moto G4 Play.

Quem pretende comprar um celular com ótima configuração e menor preço, certamente vai gostar do Moto G4 Play, um smartphone completo que não deixa nada a desejar para os modelos top de linha. O aparelho oferece uma tela de 5 polegadas e excelente resolução, atendendo até mesmo aqueles que gostam de assistir vídeos no celular. O Moto G4 Play oferece um perfil mais interessante do que o Moto G4, que já vinha sendo comercializado aqui no Brasil, oferecendo configurações mais simples e consequentemente um menor preço. Para se ter uma ideia, enquanto o modelo convencional custa na media de R$ 1.300,00, o Play pode ser encontrado por R$ 899,00.

Em relação às funções, o Moto G4 Play é um dos mais completos, oferecendo conexão Wi-Fi e GPS, memória interna de 16GB (com possibilidade de aumentar), câmera de 8 megapixels para fotos com resoluções de até 3.264X2.448 pixels e que também pode gravar vídeos Full HD com resolução de 1920X1080 pixels.

O Moto G4 Play oferece tudo isso em 9.9 milímetros de espessura, muito fino para um smartphone repleto de opções.

O sistema operacional é o Android 6.0 Marshmallow e pesa apenas 137 gramas.

Para conseguir rodar todos os aplicativos com rapidez, inclusive os games mais pesados, oferece um Chipset Qualcomm Snapdragon 410 MSM8916 e processador 1.2 GHz Quad Core, mais 2GB de memória RAM, assim você pode usar vários aplicativos ao mesmo tempo sem se preocupar com lentidão.

As diferenças entre o Moto G4 e o Moto G4 Play não estão apenas na configuração, mas também no design, pois o Play é um pouco menor com 144,4 X 72 X 9,9 mm e pesa 20 gramas a menos.

É importantíssimo saber todas as diferenças entre os modelos, principalmente para quem vai comprar através da internet, onde visualizamos apenas as imagens dos smartphones e por isso achamos eles muito parecidos. Mas é preciso ficar atento aos detalhes, por exemplo, o convencional oferece tela de 5,5", enquanto o Play é de 5". Cada um deve analisar as diferenças para ver qual é a sua melhor opção.

Não é certo fazer comparações para saber qual é o melhor, importante mesmo é cada pessoa analisar bem quais são as suas necessidades e aí sim, poderá escolher o modelo que melhor se encaixa em suas necessidades.

Por Russel


Novo aparelho da Lenovo é super fino e une vários dispositivos em um só.

Lançado pela Lenovo, dona da Motorola, o Moto Z é o aparelho celular mais fino do país. Com apenas 5,2 milímetros de espessura, o celular possui tela de 5,5 polegadas e resolução QUAD HD (1440×2560 megapixels). Além disso, apresenta elementos como vidro Gorilla Glass 4, hardware de ponta para aplicativos e jogos, e processador Qualcomm, o Snapdragon 820, sendo este, no Brasil, de 1.8GHz.

A respeito do armazenamento, o Moto Z conta com 4GB de memória RAM e 64GB de memória interna, além de possuir entrada para cartão MicroSD.

O aparelho também conta com Wi-fi, Bluetooth, conexão 4G, NFC e leitor de impressões digitais. A câmera, que ocupa cerca de 2mm de espessura fora dos 5,2mm do aparelho, é de 13 megapixels, contendo estabilização ótica. A frontal é de 5MP, também contém flash e grava em FULL HD (1080mp).

No quesito bateria, o Moto Z apresenta 2.600 mAh e, segundo a Lenovo, dura o dia inteiro.

A grande novidade aqui são as chamados SNAPS (ou MotoMods, nos EUA). Snaps são acessórios destacáveis, como por exemplo, câmera hasseblad com zoom ótico, bateria que dura até 10 horas, som JBL e um mini projetor. Esses itens tratam-se de capinhas traseiras que ao encaixadas nos 16 pinos traseiros do aparelho, atribuem novas funções ao celular. Para aplicar a capinha, não é necessário desligar o aparelho. As capas são 14 e o novo Moto Z não é compatível com acessórios antigos, ou seja, se você pretende trocar de aparelho, precisará se programar também para trocar de acessórios. As capinhas são nomeadas de acordo com a função. A Insta-Share Project trata-se do projetor embutido, a JBL Sound Boost é a capinha com alto-falantes potentes, a Incipio OffGrid trata-se da bateria interna para prolongar a duração ativa do aparelho.

Um desafio do Moto Z é não possuir a entrada convencional de 3,5mm para fones. A não ser que você possua fones sem fio, subentendesse que não poderá ouvir música e recarregar a bateria ao mesmo tempo, já que ambas as funções conectam-se na porta USB-C que o aparelho disponibiliza. Entretanto, é agregado, na caixa do celular, um adaptador 3,5mm para USB-C.

O Moto Z possui design metálico e comporta 2 chips.

O aparelho, mais bateria extra modular e capinha, sai na loja oficial por R$ 3.199,00.

Evelyn


Modelo pode ser encontrado por até R$ 850.

Quem anda a procura de um aparelho celular já deve ter percebido que está cada vez mais complicado adquirir um dispositivo de ponta como os conhecidos Xperias, Galaxys e iPhones devido aos altos preços que são cobrados por aqui. Muitos desses aparelhos chegam sem problema nenhum a bater na porta dos 5 mil. Uma das saídas encontradas por muitos é ficar antenado nos lançamentos voltados para o setor intermediário. E é exatamente nesse setor que o K10 da LG quer figurar como um bom concorrente. Mas isso deve ser um pouco difícil. Vamos entender o motivo.

O K10 é o principal produto da linha K da marca coreana, que conta também com os modelos K4 e K8. Pelo bem da verdade, o dispositivo da LG foi lançado em fevereiro deste ano. O preço sugerido para o aparelho era de R$ 1.199. Entretanto, poucos meses depois já podia ser achado em muitas lojas por até R$ 850.

Apesar de ser o melhor aparelho da linha intermediária da LG, o K10 traz especificações bem simplistas se comparado com os concorrentes.

A tela do aparelho conta com 5,3 polegadas de resolução HD, o que de cara já mostra um sinal de sua inferioridade quando muitos dos equivalentes contam com uma tela Full HD. O processador que equipa o K10 é um Mediatek MT6753, octa-core, de 1,14 Ghz. Ele é um pouquinho mais lento do que Snapdragon que integra o Moto G e Exynos do Galaxy J5. Por fim, temos 1 GB de memória RAM, o que já é tido como algo que deixa a desejar caso se queira um aparelho com desempenho mais interessante.

Apesar de todos os pesares, o K10 nos é apresentado com um design elegante e uma boa pegada. Entre os atrativos do aparelho temos algumas “coisinhas” que a LG resolveu colocar no Android 6.0. Um bom exemplo disso é o atalho usado para acender o modo lanterna do flash. Esse item vem presente no Android “puro” desde a versão 5.0 e diversas fabricantes resolveram negligenciar o mesmo. A LG, indo ao contrário do ritmo, decidiu manter a opção entre os atalhos. Além disso, dá pra ativar o clique da câmera por meio de gestos como o abrir e fechar da mão ou ainda usar comandos de voz.

A câmera do K10 conta com 13 MP. A qualidade apresentada fica dentro da média. As fotos apresentam alguns pequenos problemas, mas se o usuário não for muito exigente com as imagens deve dar para o gasto.

Por fim, no que diz respeito ao desempenho em diversos testes feitos, o aparelho tem se saído bem. Ainda assim vale chamar a atenção para o fato de que com as especificações técnicas apresentadas dificilmente ele continuará com a mesma qualidade após o primeiro ano de uso.

Por Denisson Soares


Aparelho estreou no Brasil no início de junho e custa R$ 3.499.

O LG G5 chegou ao Brasil, no entanto, trata-se de uma versão com configurações inferiores ao aparelho de bateria modular. Estamos falando do LG G5 SE, que é um modelo top de linha que passou pelo chamado downgrade em seu processador, bem como na memória RAM. Apesar disso, o aparelho conta com o design inovador, três câmeras e alguns recursos do G5 superior.

Vale ressaltar que o G5 SE chegou ao mercado brasileiro em 01 de junho de 2016. Seu preço sugerido é de R$ 3.499. O lançamento oficial ocorreu em um evento realizado em São Paulo. O mesmo é disponibilizado nas cores rosa, dourado, ouro e titânio. Seu sistema operacional é o Android 6.0.

Como já destacado, o G5 SE conta com o mesmo design inovador do G5 que se encontra no exterior. Ou seja, o design modular, que possui como principal destaque o fato de permitir o encaixe de peças e a montagem do telefone levando em consideração as necessidades do usuário.

Outro detalhe importante é que este aparelho também conta com o leitor biométrico, que está localizado na traseira. Além disso, o botão que tem como funcionalidades liga e desliga permanece na parte traseira do aparelho.

Para aqueles que curtem tirar uma boa foto, saibam que o G5 SE é uma grande indicação. O aparelho dispõe de um conjunto de câmeras bastante potente. São três câmeras no mesmo dispositivo, sendo que a câmera frontal (destinada a selfies) oferece 8 megapixels de qualidade para seus autorretratos. Na traseira o usuário irá encontrar mais duas câmeras: uma delas com 16 MP (com abertura de f/1.8, flash de LED e foco a laser) e outra com 8 MP (sua grande atração é a funcionalidade que permite o retrato em 135 graus).

A tela também não deixa a desejar, haja vista as 5,3 polegadas com resolução Quad HD de 1440 X 2560 pixels. Além disso, a mesma ainda é acompanhada da função Always On, capaz de manter a tela acesa para ver a hora e conferir mensagens quando o usuário desejar.

A bateria, por sua vez, é de 2.800 mAH, o que vem sendo apontado como um ponto negativo, pois promete uma autonomia restrita. Entretanto, a boa notícia é que a mesma é removível, dessa forma, o usuário pode carregar uma bateria reserva, efetuando a troca quando necessário.

O processador do G5 SE é o Snapdragon 652 octa-core de 1,8 GHz. Além disso, o aparelho também é composto pela memória RAM de 3 GB e suporta armazenamento interno de 32 GB com opção de expansão via cartão microSD para até 2 TB.

Por Bruno Henrique


Conheça aqui um pouco mais sobre o LG Stylus 2 Plus. Novo Smartphone Android da LG.

A fabricante sul-coreana LG aproveitou um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, a Computex, para anunciar seu mais novo smartphone intermediário. Além de especificações de hardware suficientes para a maioria dos usuários Android, o novo aparelho conta com uma caneta Stylus para escrever na tela do dispositivo.

O Stylus 2 Plus deverá ser vendido nos principais mercados do mundo (América do Norte, América do Sul, Ásia e Europa).

Os traços apresentados no smartphone acompanham o que já vimos em sua primeira versão. No entanto, o desempenho do LG Stylus 2 Plus é bem superior a apresentado pelo seu antecessor. A LG aprimorou diversos recursos, incluindo algumas funções de software para ajudar os usuários a obterem uma melhor experiência com a caneta Stylus que acompanha o aparelho.

O smartphone possui uma tela de 5,7 polegadas, o que quase o coloca na categoria de phablets. Sua tela apresenta imagens nítidas graças a tecnologia IPS.

Dependendo do mercado em que será lançado, o LG Stylus 2 Plus terá algumas configurações diferentes. As câmeras traseira e frontal podem apresentar variações. A LG terá versões com 16 megapixels e 13 megapixels de resolução na câmera traseira, enquanto a frontal ficará entre 5 megapixels e 8 megapixels. Provavelmente, a versão que chegará ao mercado brasileiro é a mais limitada, para manter um preço competitivo. Há flash tanto na câmera traseira quanto na frontal.

Por dentro o smartphone apresenta o esperado para um dispositivo de nível intermediário. Ele possui um processador de 1,4 GHz com oito núcleos. A LG ainda não confirmou se o chip será MediaTek ou Snapdragon.

O Stylus 2 Plus será vendido em duas opções de memória RAM, uma de 2 GB e outra de 3 GB. O armazenamento interno do aparelho ficará entre 16 GB e a opção de 32 GB, para os que precisam de mais espaço. Será possível expandir a capacidade de armazenamento através de um cartão MicroSD.

O Stylus 2 Plus que será vendido em três opções de cores conta com uma caneta que promete uma excelente experiência para os usuários. Ela conta com um revestimento que deixará a escrita similar a uma caneta tradicional. O aparelho ainda conta com uma bateria de 3.000 mAh, sensor de impressões digitais e conectividade completa.

Por William Nascimento


Aparelho conta com 6 GB de Memória RAM e 126 GB de armazenamento interno.

A fabricante de smartphones e produtos de telecomunicações ZTE anunciou o lançamento de seu mais novo dispositivo para o público final, o Axon 7. Trata-se de um smartphone com especificações monstruosas. Apesar de não ser muito conhecida entre os brasileiros, a empresa chinesa tem cativado diversos usuários em todo mundo devido ao seus produtos com hardware de primeira.

O Axon 7 conta com configurações de aparelho topo de linha. A ZTE incluiu um processador Qualcomm Snapdragon 820, amplamente utilizado nos melhores aparelhos do mercado atual. O chip trabalha em uma taxa de clock de 2,2 GHz. Para melhorar ainda mais o desempenho do Axon 7, a empresa inseriu 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. Sem dúvida, é um dos aparelhos com maior quantidade de RAM disponíveis no mercado em todo mundo.

Para os que acham as configurações um exagero, a empresa também venderá um modelo mais simples, com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno.

O Axon 7 conta com uma tela com tecnologia AMOLED de 5,5 polegadas e resolução 2K (2560 x 1440 pixels). A densidade de pixels na tela é de 538 ppp. Sua câmera traseira também é impressionante, com 20 megapixels, enquanto a câmera frontal é de 8 megaixels. Para dar conta de tanto poder de fogo, o smartphone vem equipado com uma bateria de 3.140 mAh, que deve ser suficiente para um dia completo de uso moderado.

Entre outras configurações, o aparelho possui ainda GPU Adreno 530, que deve executar qualquer gráfico mais potente presente em aplicativos e jogos. Ele virá com a versão mais recente do Android disponível, a 6.0.1 Marshmallow.

Em relação a aparência, o Axon 7 adota um corpo premium para competir de igual com qualquer topo de linha das concorrentes. Ele pesa exatos 185 gramas, com 8,7 mm de espessura. A versão com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento chegará ao mercado internacional custando US$ 449. Já a versão com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento estará disponível por US$ 499. Os modelos devem chegar ao mercado americano em junho. Não há qualquer previsão de venda no Brasil, tendo em vista que a ZTE não atua no mercado de smartphones brasileiro. Para adquiri-lo será necessário usar o processo de importação.

Por William Nascimento


Smartphone da Vivo é o primeiro da história a contar com 6GB de RAM. Aparelho custa cerca de R$ 655.

Atualmente é padrão nos smartphones top de linha no mercado os tradicionais 4GB de RAM, porém, é claro que mais cedo ou mais tarde os 4GB de hoje se tornarão ultrapassados e parece que isso deve começar a acontecer em breve. A Vivo anunciou oficialmente na China que seu novo smartphone XPlay 5 contará com 6 GB de RAM, sendo o primeiro smartphone do mundo a conseguir alcançar tal marca, mas que deve ser repetida por outras empresas em breve, se tornando o padrão ao invés dos 4 GB atuais.

A empresa que não tem nada a ver com a de telefonia que temos aqui no Brasil, também anunciou que a tela de seu smartphone será curva, assim como os últimos smartphones da linha Edge, da rival sul-coreana Samsung. A tela conta com 5,4 polegadas Super AMOLED e Quad HD, garantindo a maior qualidade de imagem possível aos usuários.

O smartphone da Vivo também contará com uma porta USB que segue o padrão Tipo C, que vem se tornando comum nos últimos modelos de smartphones, por se tratar do melhor modelo disponível no mercado. Na parte frontal o dispositivo conta com três botões para funções especificas dentro do sistema Android. O dispositivo será vendido nas cores dourado, ouro rosado e branco.

O smartphone da empresa chinesa é extremamente potente, talvez sendo até mesmo, em questões de hardware, o melhor disponível no mercado. O Xplay 5 conta com o chipset Snapdragon 820, placa gráfica Adreno 530, 128 GB de armazenamento interno, bateria de 3.600 mAh, áudio Hi-Fi 3.0 (que garante uma alta qualidade no som do dispositivo), junto de uma câmera principal de 16 megapixels e frontal de 8 megapixels.

O dispositivo contará com duas versões, uma mais completa, sendo essa apresentada até aqui na matéria, e outra que conta com o Snapdragon 652 como chipset, junto de 4GB de RAM. A versão recebeu o nome de "Standard Edition" e se assemelha muito com o que vimos recentemente com o LG G5, que terá uma versão menos potente na América Latina. O smartphone mesmo na versão mais simples possui boas configurações.

O dispositivo custará US$ 655 na sua versão mais completa e US$ 565 na Standard Edition. Ambos os modelos são dual-SIM.

Por João Trajano


Novo smartphone vem com capinhas coloridas e película protetora. Preço do aparelho é de R$ 696.

Atualmente no Brasil a venda de smartphones tem crescido, contudo, na contramão das vendas, o alto valor dos principais aparelhos tem desanimado muitos consumidores. Procurando se inserir neste contexto e atender uma parcela deste público, a fabricante Multilaser lançou no mercado um smartphone o qual foi batizado com o nome de MS50 Colors.

Essa nova aposta da Multilaser foi desenvolvida principalmente para atrair o público jovem, o MS50 Colors tem capacidade para utilização de dois chips. Para os consumidores que gostam de personalizar os seus aparelhos, esse smartphone já vem de fabrica com três opções de capinhas coloridas, algo bastante similar ao que a Motorola oferecia no modelo Moto G Colors.

Com relação às configurações deste smartphone, ele possui uma tela de 5 polegadas e processador MediaTek MT6582 quad-core de 1,3 GHz. Porém, os fatores que não irão agradar muitos clientes são a memória RAM de apenas 1 GB (a qual pode acabar comprometendo a utilização de alguns aplicativos, principalmente os mais pesados), o fato do aparelho só ter suporte para internet 3G (enquanto a maioria dos aparelhos que estão sendo lançados no mercado já estão vindo com a tecnologia de internet mais atual, que é a 4G) e resolução de tela de apenas 480X854 pixels (não chegando a ser HD). O espaço interno de armazenamento deste aparelho é de 8 GB, capacidade esta que pode ser expandida por meio da utilização de um cartão do tipo microSD de até 8 GB.

Já com relação à câmera, o MS50 Colors foi desenvolvido com câmera dianteira de 5 MP e a traseira de 8 MP. Para personalização do aparelho, além das capinhas coloridas, o aparelho já vem com uma capa de silicone e uma película protetiva para ser utilizada na tela, que contribui para que a tela do aparelho não trinque.

Para aqueles que gostaram desta novidade lançada pela Multilaser e que tiverem interesse em saber maiores informações sobre o aparelho ou até mesmo fazer a aquisição, atualmente o smartphone está sendo comercializado pela empresa em sua loja virtual, cujo portal eletrônico é o www.lojamultilaser.com.br. O preço do aparelho está fixado em R$ 696 e o modelo já vem com o Android Lollipop 5 instalado.

Por Adriano Oliveira


Aparelho possui tela com nova tecnologia Dual Pixel e processador Exynos 8 Octa 8890. Smartphone custa de R$ 2.999 a R$ 3.999.

A pré-venda dos aparelhos top de linha da Samsung já começou no mercado, desde o dia 18 de março. Os novos Galaxy S7 e S7 EDGE não tiveram mudanças significativas, apesar de ainda terem o melhor sistema operacional, que é o Android, e também resgataram alguns recursos de versões antigas.

No país, os novos smartphones podem custar até R$ 4.299,00, ou seja, valores que são muito parecidos com as versões antigas do aparelho, que podiam variar de R$ 2.999,00 até R$ 3.999,00 (S6 EDGE).

Um dos principais recursos do novo gadget é a câmera, que tem a tecnologia Dual Pixel, que é específica de câmeras profissionais. Além disso, o sensor ganhou uma abertura maior, que passou a ser de F 1.7, sendo possível tirar boas fotos, até em ambientes com baixa luminosidade. Desta forma, independente da luz no ambiente, as imagens tendem a ficar nítidas, com cores vivas e próximas da realidade.

A câmera frontal conta com sensor de 5MP e outra novidade é que o aparelho consegue transformar os frames que antecedem uma foto em um pequeno vídeo. Além disso, a tela do S7 nunca apaga, que inclui notificações como a exibição de data, hora e ligações não atendidas, por exemplo. Este recurso, além de indicar praticidade, contribui para a diminuição do hábito de ligar/desligar o aparelho várias vezes ao dia.

O design também ganhou mudanças como a presença da borda traseira, que ganhou acabamento curvado, favorecendo a pegada e o manuseio no gadget. O sistema operacional, considerado o melhor, é Android 6.0, que é composto por 4 GB de memória RAM e processador Exynos 8 Octa 8890, que tem 08 núcleos, sendo quatro de 2,3 GHz de alto desempenho e o restante voltado para a economia de energia de 1,6 GHz. Além disso, o smartphone é ágil em responder aos comandos, sendo ideal para quem adora jogar games, acessar internet ou ficar conversando com os amigos pelas mídias sociais.

Outra novidade é que o aparelho é a prova d´água, podendo sobreviver a uma submersão de até 1,5m por até 30 minutos, o mesmo atributo que tinha na versão S5. O que você achou das novidades do S7 da Samsung? Comente!

Por Babi


Mudanças de design e hardware fazem o aparelho despontar entre um dos melhores smartphones do mercado.

Finalmente, após meses de especulações, o LG G5 foi oficialmente lançado durante o evento MWC 2016 (Mobile World Congress 2016), que ocorreu em Barcelona, na Europa. O novo modelo da linha G traz diversas novidades e ameaça a compatriota Samsung e outras fabricantes, incluindo a Apple, que deve anunciar ainda durante esse ano seu novo modelo de iPhone, o iPhone 7.

O lançamento do LG G2 alavancou as vendas da fabricante coreana em 2013, pois o modelo contava com inovações e potência nunca vista antes. Infelizmente, a LG não conseguiu repetir o sucesso com os modelos G3 e G4, que apesar de possuir hardware potente, foi facilmente ofuscado por modelos concorrentes.

No entanto, com o lançamento do LG G5 a fabricante visa reverter esse quadro graças às mudanças aplicadas no design e recursos de seu novo topo de linha. O que se pode notar logo de início é o acabamento Premium que foi aplicado em seu corpo metálico, ao invés do uso de materiais de plástico ou couro, que era bastante utilizado em seus antecessores.

Outra novidade do novo G5 é o Magic Slot, que permite a expansão do hardware, como módulos e baterias, por exemplo. Até o momento, a empresa anunciou que inicialmente a tecnologia trará duas opções: CAM Plus e Hi-Fi Plus. No entanto, a lista tende a crescer nos próximos meses.

Como muitos tem conhecimento, a bateria de 3.000 mAh é um dos pontos fortes dos modelos G3 e G4, entretanto, essa capacidade foi reduzida e agora possui 2800 mAh. No entanto, a otimização do sistema será responsável por garantir bom gerenciamento do uso de bateria.

Além disso, o CAM Plus é uma solução capaz de prolongar a autonomia do modelo, já que possui uma bateria extra de 1.200 mAh. Além disso, o dispositivo conectado por meio do Magic Slot oferece controle da lente DSLR e melhora na definição de imagem.

Já o Hi-Fi Plus oferece suporte de áudio 32-bits, garantindo som digital de alta fidelidade (DAC). O módulo em questão pode ser conectado ao G5 ou até mesmo a um computador.

O processador que embala o modelo é o Snapdragon 820, que promete ser o mais potente chip de 2016. Esse processador será utilizado também pelos modelos topo de linha de concorrentes da empresa.

O LG G5 possui 4 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno, que é expansível via cartão micro SD para incríveis 2 TB. O modelo vem de fábrica com o Android 6.0 Marshmallow. O display de 5.3 polegadas, com resolução de 2560 x 1440 pixels e é capaz de reproduzir imagens de alta qualidade.

Já no quesito câmera o modelo realmente impressiona, pois conta com duas lentes traseiras com resolução de 8 e 16 megapixels, capaz de capturar de maneira ampla toda paisagem. Já a câmera frontal conta com 8 megapixels de resolução.

Por enquanto, não há informações sobre a disponibilidade do modelo, porém, estima-se que o modelo esteja disponível ainda no mês de março na Europa. No entanto, a LG confirmou que o G5 só será lançado em Abril em território nacional.

Vale lembrar que o concorrente direto da empresa é o Galaxy S7, que chegará ao mercado europeu com preço de 699 euros.

Por Wendel George Peripato


Confira aqui os cinco smartphones com melhor autonomia de bateria do mercado.

Quais são os principais critérios na hora de escolher um modelo de smartphone? Tamanho, resolução da câmera, processador e armazenamento interno são itens que merecem toda atenção na hora de escolher um modelo. No entanto, a duração da bateria é um item muito importante. Conheça aqui cinco modelos de smartphone com a melhor autonomia do mercado.

O Sony Xperia Z5 Premium foi anunciado em setembro de 2015 e conta com bateria de 3.430 mAh. Apesar da quantidade de mAh ser inferior a alguns modelos, após 5 horas de uso moderado apenas 10% da bateria é utilizada. Vale lembrar que dispositivo conta com resolução Ultra HD, o que interfere negativamente no consumo de bateria. O processador utilizado no modelo é o Snapdragon 810, conhecido por exigir muito da bateria e alcançar facilmente os 50ºC.  No entanto, o sistema utilizado pela Sony é bem otimizado e garante várias horas longe da tomada.

O Moto X Force, também conhecido como Motorola Droid 2, é sem dúvidas um dos melhores smartphones topo de linha da atualidade. A empresa optou por uma bateria de 3.760 mAh de capacidade, que em teoria seria capaz de oferecer até 36 horas de autonomia. Em uso moderado, o modelo pode atingir 16 horas com uso de dados móveis ativados. Porém, o dispositivo pode chegar a 10 horas com uso intenso. O modelo também é compatível com a tecnologia Turbo Power, que promete oferecer 8 horas de carga em apenas 15 minutos. O dispositivo possui processador Snapdragon 810, porém, não apresenta aquecimento elevado no modelo da Motorola.

Com o lançamento do Galaxy Note 5, a Samsung  surpreendeu ao oferecer uma bateria de capacidade inferior ao modelo anterior, o Galaxy Note 4. Apesar disso, o Note 5 atinge aproximadamente 9 horas de duração com uso moderado. Além disso, o dispositivo atinge carga máxima em apenas 81 minutos.

O Moto X Play é uma excelente alternativa, pois possui bom desempenho, grande autonomia e preço bastante acessível no país. O dispositivo conta com Android 5.1 Lollipop e bateria de 3.630 mAh. Em tarefas simples, o dispositivo alcança 20 horas, já em uso intenso o modelo alcança a surpreendente marca de 7 horas.

O LG G4 é o atual topo de linha da empresa e conta com bateria de 3.000 mAh, que é capaz de proporcionar 22 horas de autonomia com uso moderado. Além disso, o modelo possui tela de 5.5 polegadas, conectividade LTE e 3 GB de memória RAM.

Vale lembrar, que existem vários modelos capazes de proporcionar boa autonomia e desempenho, como: Moto Maxx, LG G3 e HTC One M9. No entanto, é preciso desembolsar uma boa quantia para obter todos esses benefícios.

Por Wendel George Peripato





CONTINUE NAVEGANDO: