Novo dispositivo será lançado em breve e será compatível com smartphones.

A MWC (Mobile World Congress) deste ano trouxe diversas novidades para o mercado mobile, como o anúncio dos novos high-ends de grandes marcas como a Samsung e a LG. Entre as marcas de menor destaque atualmente, temos a HTC, que apresentou na feira, além de novos smartphones, seu dispositivo de realidade virtual que será lançado em breve, compatível com smartphones.

O aparelho de realidade virtual, foi feito em parceria com a Steam, sistema online de jogos, mostrando que, possivelmente, o aparelho deve contar com algumas funcionalidades específicas e interessantes para aqueles que gostam de jogar na plataforma virtual e porque não, também nos smartphones.

O dispositivo HTC Vive será lançado em abril deste ano, estando em pré-venda desde o dia 29 de Fevereiro, por US$ 799 ou cerca de R$ 3.196 na cotação do dólar atualmente, ainda desconsiderando os impostos, preço que foi alvo de diversas críticas, já que é considerado elevado para um dispositivo de realidade virtual, principalmente se levarmos em consideração que a HTC é nova no ramo, não possuindo nenhum histórico com tais aparelhos, o que diminui a confiança do mercado, fazendo com que o preço se torne um grande empecilho para a popularização da marca.

Para se ter uma ideia, grande parte das críticas vem dos Estados Unidos, o que mostra que, de fato, o preço é bem elevado.

A empresa também não anunciou exatamente quais são os recursos disponibilizados por seu dispositivo de realidade virtual e nem sequer se possuirá algum diferencial em relação a outros modelos já disponíveis no mercado, ou funcionalidades exclusivas para os smartphones da marca, o que gerou ainda mais críticas a respeito da empresa, tanto entre a mídia, como entre os usuários.

Porém, a expectativa é que o dispositivo tenha uma grande integração com os smartphones, como possibilidade de fazer ligações por meio do dispositivo anunciado, além de outras funções integradas entre o dispositivo de realidade virtual e os smartphones.

O resultado da conferência da HTC, não é dos melhores, e acaba por gerar ainda mais insegurança em torno do nome da marca, que já vem passando por uma grande crise e demitiu recentemente diversos funcionários por necessidade de cortar gastos para poder se manter.

Os smartphones apresentados pela marca também foram motivo de diversas críticas na rede. Mesmo com as críticas, a empresa de Taiwan crê que o dispositivo pode fazer sucesso e ''reviver'' a empresa no mercado.

Por Isis Genari

HTC Vive

Foto: Divulgação


Empresa pretende lançar um dispositivo de realidade virtual muito mais avançado e com muito mais opções do que o Cardboard.

As empresas ao redor do mundo parecem estar cada vez mais dispostas a investir na realidade virtual, que ainda não tem um grande número de opções de conteúdo e acabam por receber pouca atenção por parte dos usuários, mas com o desejo das grandes empresas em investirem nesse ramo, certamente veremos em breve, mais dispositivos e conteúdos disponíveis, e uma dessas empresas é a gigante Google, que parece estar trabalhando em um novo dispositivo de realidade virtual.

A empresa já havia investido no Cardboard, uma opção bem simples e barata para levar um pouco da experiência da realidade virtual para todos os usuários ao redor do mundo, sendo que os próprios usuários podem fazer o Cardboard em sua casa.

Agora, porém, a empresa parece estar trabalhando em um outro dispositivo de realidade virtual, muito mais avançado e com muito mais opções do que o simples Cardboard, sendo esse, um dispositivo que poderia ser utilizado em diversas plataformas móveis.

As informações são do The Financial Times, que diz que a gigante está trabalhando para lançar o dispositivo já em Setembro deste ano e, pode apresentar a novidade ao público na Google I/O deste ano, que deve acontecer em breve. Segundo o site, o dispositivo se chamaria Nexus VR e maiores informações a respeito do aparelho ainda são completamente desconhecidas.

Ainda segundo o site, o dispositivo poderia chegar junto do Android VR, que seria a plataforma de realidade virtual do Android, embora, a intenção do Nexus VR, não seria ficar apenas vinculado aos smartphones, podendo ser utilizado também em outros dispositivos.

A notícia, porém, embora ainda escassa em informações, já animou os usuários, que acham que a empresa já deveria ter investido há muito tempo fortemente nesse setor, já que o Cardboard, como citado é realmente algo extremamente simples, embora não deixe de ser uma boa experiência para os usuários que querem ter um contato inicial com essa tecnologia mas não possuem investimento para gastar alto nos óculos de realidade virtual já disponíveis no mercado.

O dispositivo também seria uma forma da empresa se recuperar do recente fracasso do Google Glass,  que teve até mesmo todas suas contas em redes sociais excluídas pela empresa.

Por Isis Genari

Google Cardboard

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: