Confira aqui as configurações e o preço do Moto G4 Play.

Quem pretende comprar um celular com ótima configuração e menor preço, certamente vai gostar do Moto G4 Play, um smartphone completo que não deixa nada a desejar para os modelos top de linha. O aparelho oferece uma tela de 5 polegadas e excelente resolução, atendendo até mesmo aqueles que gostam de assistir vídeos no celular. O Moto G4 Play oferece um perfil mais interessante do que o Moto G4, que já vinha sendo comercializado aqui no Brasil, oferecendo configurações mais simples e consequentemente um menor preço. Para se ter uma ideia, enquanto o modelo convencional custa na media de R$ 1.300,00, o Play pode ser encontrado por R$ 899,00.

Em relação às funções, o Moto G4 Play é um dos mais completos, oferecendo conexão Wi-Fi e GPS, memória interna de 16GB (com possibilidade de aumentar), câmera de 8 megapixels para fotos com resoluções de até 3.264X2.448 pixels e que também pode gravar vídeos Full HD com resolução de 1920X1080 pixels.

O Moto G4 Play oferece tudo isso em 9.9 milímetros de espessura, muito fino para um smartphone repleto de opções.

O sistema operacional é o Android 6.0 Marshmallow e pesa apenas 137 gramas.

Para conseguir rodar todos os aplicativos com rapidez, inclusive os games mais pesados, oferece um Chipset Qualcomm Snapdragon 410 MSM8916 e processador 1.2 GHz Quad Core, mais 2GB de memória RAM, assim você pode usar vários aplicativos ao mesmo tempo sem se preocupar com lentidão.

As diferenças entre o Moto G4 e o Moto G4 Play não estão apenas na configuração, mas também no design, pois o Play é um pouco menor com 144,4 X 72 X 9,9 mm e pesa 20 gramas a menos.

É importantíssimo saber todas as diferenças entre os modelos, principalmente para quem vai comprar através da internet, onde visualizamos apenas as imagens dos smartphones e por isso achamos eles muito parecidos. Mas é preciso ficar atento aos detalhes, por exemplo, o convencional oferece tela de 5,5", enquanto o Play é de 5". Cada um deve analisar as diferenças para ver qual é a sua melhor opção.

Não é certo fazer comparações para saber qual é o melhor, importante mesmo é cada pessoa analisar bem quais são as suas necessidades e aí sim, poderá escolher o modelo que melhor se encaixa em suas necessidades.

Por Russel


Aparelho intermediário conta com boas configurações e preço justo.

O novo Moto G4 foi lançado no mês de maio deste ano. Os preços iniciais partiam de R$ 1.299. Foram apresentadas três diferentes opções de modelos com especificações diversas. Em comum, todas as versões contavam com o Android 6.0 Marshmallow. Além disso, a presença de conectividade Wi-Fi, Bluetooth e 4G também se destacaram. De quebra a Lenovo, que agora detém o domínio sobre o nome Motorola, decidiu manter a proteção contra os respingos de água.

Porém, vamos nos concentrar no Moto G4 em sua versão mais básica e vamos analisar alguns pontos desse dispositivo que caiu no gosto de muita gente para tentar entender os motivos dele ser considerado um aparelho de certa forma interessante.

A versão mais completa da linha é o Moto G4 Plus. Mesmo assim, o Moto G4 conta com algumas semelhanças com o seu irmão e algumas características que o tornam bem atraente.

Vamos partir das configurações do Moto G4. Bom, aqui teremos um processador da Qualcomm, o Snadragon 617 octa-core. São 2GB de memória RAM, 16 GB para armazenamento interno e uma GPU Adreno 405.

Olhando para essas informações é possível perceber que a Lenovo quis fazer do produto algo que se encaixasse entre os dispositivos intermediários.

Para o uso no dia a dia ele se mostra bem eficiente, claro que se o usuário quiser exigir dele algo que só pode ser oferecido por um dispositivo topo de linha, a coisa pode ir para outro lado. Mas no geral ele dá conta do serviço sem deixar a desejar. É uma ótima pedida para quem é fã dos aplicativos. Snapchat, Facebook, WhatsApp, entre outros, podem ser usados sem os constantes travamentos e complicações.

Já no caso dos jogos, ele se mostra eficiente para alguns, em especial os mais leves. Ponto que até positivo já que eles são maioria no Google Play. Porém, caso o usuário decida rodar algum jogo pesado, a probabilidade é que o mesmo engasgue. Mas isso não é problema para os menos exigentes nessa parte.

O sistema operacional tem poucas modificações em comparação ao Android “puro” que é comumente usado nos aparelhos da linha Nexus. De qualquer maneira, a Lenovo trouxe algumas alterações interessantes. Uma delas é a chamada Moto Tela, aqui são apresentadas notificações de um jeito bem diferente do que o que estamos acostumados a ver. Outro ponto que chama a atenção é a possibilidade de se ativar o app da câmera apenas girando o pulso.

E por falar em câmera temos a principal com 13 MP. Porém, não vamos encontrar o auto foco a laser que se encontra presente no Moto G4 Plus. O nível das imagens não chega a ser primoroso, mas ele é relativamente bom, principalmente na questão dos detalhes.

Já a câmera frontal conta com 5MP e também traz um bom desempenho, considerando a luz ambiente para isso. Ao contrário dos produtos da Sony, aqui não vamos ter muitos recursos. Ainda assim, há funções interessantes como a Melhor Foto, que faz a captura de diversas imagens para que depois o usuário decida qual é a melhor (como o próprio nome sugere).

Apesar de não ser um aparelho relativamente barato, o Moto G4 deve continuar a atrair consumidores. Até porque ele se mostrou bem eficiente para quem busca um aparelho para um uso moderado e com uma configuração que “dê para o gasto” no dia a dia.

Por Denisson Soares


Conheça as principais diferenças entre o Moto G4 e o Moto G4 Play.

A linha intermediária Moto G da Motorola, agora da Lenovo, tem sido uma das grandes concorrentes no mercado atual e agora chega ao Brasil o novo Moto G4 Play. O smartphone é mais em conta do que o já era vendido por aqui, com configurações e preço um pouco mais inferior do que encontrados em celulares mais caros. O Moto G4 Play chegou em terras brasileiras pelo valor de R$ 899, já a versão tradicional está custando R$ 1.299.

Confira abaixo as diferenças principais entre o Moto G 4 Play e Moto G 4:

– Design

Os aparelhos contam com propostas nada parecidas. O Moto G4 Play tem tamanho menor e possui uma tela com medidas de 144,4 x 72 x 9,9 mm, com 5 polegadas e peso de 137 gramas. Já o tradicional Moto G 4 tem um display levemente maior, contando com 5,5 polegadas, diferenciando assim no peso e tamanho do dispositivo, sendo 157 gramas, distribuídos em 153 x 76,6 x 9,8 mm.

Apesar do peso ter uma diferença bem pequena, vale lembrar que há pessoas levam isso em consideração na hora de comprar, principalmente os que compram pela Internet e não podem realizar a comparação fisicamente.

– Especificações

O processador do G4 Play é inferior, um Snapdragon 410 da Qualcomm, conta com quatro núcleos com freqüência de 1.2 GHz. Já o G4 tradicional utiliza um Snapdragon 617, intermediário, tem oito núcleos, metade funcionando a 1,5 GHz e a outra metade a 1,2 GHz. O processador gráfico que conta em funcionamento também é superior na versão tradicional, sendo um Adreno 405 diante de um Adreno 306. Já a memória RAM é de 2 GB para o Moto G4 e 1,5 GB para o Play.

Sobre armazenamento, os dois contam com memória interna de 16 GB, podendo ser expandidos com cartão microSD de 128 GB.

Na bateria, a diferença é pequena em favor do modelo tradicional, que conta com 3.000 mAh, já o Play tem 2.800 mAh. O que pode não significar muito já que o Moto G4 tem apenas 200 mAh de diferença e uma tela maior, além de um processador de oito núcleos, o que pode aumentar o consumo.

FILIPE R SILVA





CONTINUE NAVEGANDO: