A Asus vem ganhando destaque no segmento de smartphones, inclusive no Brasil. Com o Zenfone 5, a fabricante tem cativado um público e ganhou a atenção dos consumidores deste mercado.

Agora, a empresa apresentou nessa última semana, na China, o Pesasus X002, um smartphone que parece seguir a linha do Zenfone5 em termos visuais. Ele começa a ser vendido por lá com o valor de 799 yuan, o equivalente a cerca de 350 reais.

O gadget tem detalhes em alumínio e especificações de um smartphone intermediário. A tela de 5 polegadas conta com resolução HD (1280 x 720p), dual chip, chipset MediaTek MT6732, CPU quad core Cortex-A54 rodando a 1,5 GHz. A memória RAM é de  2 GB e o armazenamento interno de 16 GB.

As câmeras tem 5 e 8 MP (frontal e traseira, respectivamente) contam com uma função que torna possível capturar uma série de imagens, combinando-as, para gerar uma única fotografia de 30MP. O resultado é um alto nível de detalhamento, apesar do tamanho do arquivo final ser bem grande.

A bateria tem 2500 mAh, o que pode significar uma autonomia bem aceitável. O sistema operacional é o Android KitKat com a interface Zen UI, da Asus, já conhecida na linha Zenfone. Embora a empresa nada tenha dito sobre a atualização para o Android Lollipop, a hardware deste aparelho é compativel com essa versão do sistema operacional da Google.

Ao que parece, a estratégia da fabricante é concorrer com a Xiaomi, que tem colocado aparelhos no mercado visando atingir o melhor custo-benefício com produtos nessa mesma categoria de configurações.

Resta saber agora se a Asus vai atuar dessa mesma forma no mercado de outros países, levando aparelhos como este Pesagus X002.

Ainda não há notícias sobre o possível lançamento desse smartphone no Brasil, mas nosso mercado tem recebido bem os últimos lançamentos da marca, portanto podemos esperar otimistas.

Por Daniel Cavalcante

Foto: divulgação


A próxima terça-feira, dia 14 de janeiro, pode ser marcada pelo lançamento global do Moto G, pois a Motorola está encaminhando convites para a mídia inglesa com informações precisas sobre esse lançamento. No documento, as informações mencionam que haverá o lançamento global do Moto G e que a Motorola está convidando a mídia para dar as boas-vindas ao celular que será incluído na família de produtos da Motorola Europeia.

Entende-se que, ao menos no mercado europeu, um novo produto estará em circulação a partir do dia 14 de janeiro. As especulações referentes ao lançamento giram em torno de um novo smartphone, porém, poderia ser qualquer outro aparelho, como por exemplo, um tablet Moto G.

Lançamento de Sucesso – Moto G:

Até o momento, os aparelhos que integram a família Moto tem agradado o público. Em novembro de 2013, os consumidores foram presenteados com o lançamento do smartphone Moto G, considerado um aparelho básico. Como citado por dirigentes da Motorola, este é um aparelho para quem está em busca de uma "experiência premium com bom preço". O aparelho desbloqueado chegou ao Brasil com o valor de R$ 649,00. Ele veio com sete opções de capas traseiras: branco, amarelo, preto, azul claro, azul escuro, vermelho e rosa.

Tal aparelho é fabricado em Jaguariúna (SP), e foi o segundo smartphone que a Motorola desenvolveu totalmente em conjunto com o Google. O produto possui versões com 8 ou 16 GB de armazenamento interno e tem como uma das características principais a possibilidade de fazer uso de dois chips. O aparelho conta com tela de 4,5 polegadas, possui sistema operacional Android 4.3 (Jelly Bean), tem 1 GB de Memória RAM e possui Processador de Quatro Núcleos de 1 GHz.

A solução será aguardar até o dia 14 de janeiro para sabe qual será realmente o novo produto Moto G.

Por Rafaela Fusieger


O mercado de dispositivos móveis principalmente em relação aos smartphones anda cada vez mais surpreendente. A corrida por novas tecnologias que vão muito além de baterias dobráveis ou coisas do tipo está cada vez mais quente. Um exemplo disso é o caso da Motorola que agora faz parte do Google. A Motorola Mobility divulgou recentemente que está decidida a obter o registro de patente de uma tatuagem! Mas tudo bem, não é nada de vaidade. A tal tatuagem supostamente deverá servir como microfone para smartphones e outros dispositivos móveis.

A documentação referente ao pedido de registro de patente foi divulgada na quinta-feira dia 07 pelo órgão responsável pelas patentes nos Estados Unidos, o Escritório de Marcas e Patentes ou na sigla em inglês USPTO. Entretanto, a submissão do pedido não é tão recente. Ela data do mês de maio d e2012.

De acordo com as informações apresentadas no referido ,a tatuagem eletrônica funcionária da seguinte maneira: Ela basicamente captaria os sons ao realizar a identificação das “flutuações do tecido da garganta ou do músculo” e posteriormente enviaria dados específicos para smartphones ou algum outro tipo de dispositivo sem que para isso houvesse a necessidade de fios para serem conectados a ela.

Para entender melhor como a tatuagem eletrônica funcionária, imagine que toda vez que precisasse fazer uma ligação telefônica com seu smartphone não fosse necessário levar o aparelho até a boca. A tecnologia que envolve a tal tatuagem vai além. De acordo com algumas especificações técnicas ela poderia enviar dados por Bluetooth ou NFC.

O mistério em relação de como a tal tatuagem seria feita ainda permanece já que a Motorola não divulgou quaisquer informações de como a mesma seria feita ou se seria ou não permanente. Ainda de acordo com o documento citado acima ela poderia ser ou não ser recarregável.

A Motorola foi comprada pelo Google em 2012 e de lá pra cá já lançou dois smartphones produzidos integramente com a toda poderosa da internet.

Por Denisson Soares

Motorola e Google

Foto: Divulgação


Há pouco tempo, a empresa Yota, que presta serviços de banda larga na Rússia, lançou o primeiro aparelho do mundo que possui duas telas, uma na parte da frente e outra na parte de trás.

A exemplo do case para o iPhone que cria uma segunda tela, a Yota lançou o YotaPhone, que conta com uma tela HD de LCD (720p) na parte da frente e outra e-ink na parte de trás, sendo que ambas possuem 4.3 polegadas.

O novo celular possui sistema operacional Android Jelly Bean, processador de 1.5 GHz com dois núcleos no modelo Snapdragon Krait, memória RAM de 2 GB, capacidade de armazenamento interno de 32 GB ou 64 GB, câmera com 12 MP, bateria de 2100 mAh, espessura de 9,9 mm e peso de 140 gramas. Além disso, o smartphone conta com proteção especial nas suas duas telas, que é a Gorilla Glass 3D.

O painel e-ink que fica na parte traseira possui resolução de 200 dpi e servirá para ler livros digitais e exibir previsão do tempo, mensagens, notificações, redes sociais, chamadas e até apresentações em slides.

A expectativa que veio com o lançamento do YotaPhone é a de grande durabilidade da bateria, pois grande parte das informações pode ser lida no display e-ink. O lançamento oficial do dispositivo acontecerá no segundo semestre do ano que vem. Porém, o aparelho deve ser apresentado durante a MWC de 2013.

Por Guilherme Marcon


A Sony está bastante empenhada na produção de sua nova linha de smartphones Xperia para o ano que vem. Segundo o site Xperia Blog, a fabricante irá produzir um aparelho com processador Exynos 5, o mesmo processador que poderá ser utilizado no Galaxy S4. O modelo em questão seria o Yuga, que será uma das apostas da companhia no segmento dos foblets.

Além do incrível processador, o novo aparelho da Sony contará com memória RAM de 3 GB e tela de 5 polegadas com resolução Full HD. O display ainda poderá trazer a tecnologia Luminant Whitemagic, que de acordo com a fabricante, consegue atingir níveis de contraste e definição de pixels nunca vistos antes em um smartphone. Outra grande novidade do aparelho é a redução das camadas da tela, que resultam em uma diminuição na espessura do modelo.

Além de tudo isso, o Yuga ainda contará com a câmera digital Sony XMOR RS (que possui 16 megapixels) e uma bateria de 3.000 mAh.

Até o momento, a Sony não veio a público para falar sobre estas informações, nem mesmo foi divulgado qual será a data de lançamento do aparelho no mercado. A expectativa é que o Yuga seja apresentado ao público já nos primeiros meses de 2013, em alguma das feiras de tecnologias marcadas para o início do ano que vem.

Por Felipe Santos Bonfim


Nesta quinta-feira, a Samsung anunciou oficialmente que a partir do próximo ano seus clientes poderão adquirir o Galaxy S3 com suporte a rede de quarta geração (4G) no Brasil. O serviço estará disponível no país já em abril de 2013.

A Samsung atualmente é a empresa da área de smartphones que possui o mais completo portfólio de aparelhos com tecnologia 4G do mercado mundial, possuindo o maior número de patentes 4G entre os fabricantes de terminais.

Com isso, a Samsung sai na frente da Apple, já que o iPhone 5, disponível a partir de hoje para vendas no Brasil, ainda não é compatível com a faixa de radiofrequência destinada ao 4G no país.

O Galaxy S3 4G virá com modelos na cor prata e custará cerca de R$ 2.400. O aparelho continuará com o mesmo design da versão 3G, porém, já contará com o sistema operacional Android 4.1, conhecido como Jelly Bean.

Segundo exigência da Anatel, as operadoras de telefonia móvel no Brasil têm até abril de 2013 para disponibilizar o serviço no país. A intenção da Anatel é que o serviço esteja disponível nas seis cidades sedes da Copa das Confederações dentro deste prazo.

Por Paulo Andrade


Apesar de ter sido lançado no dia 04 de outubro, o smartphone Motorola Razr i só agora está dando as caras em terras brasileiras. Logo de início, o aparelho, que obteve boas avaliações, terá como função primordial representar de maneira bastante eficiente a linha de chips da Intel para o Android. O Razr i também traz algumas curiosidades: O dispositivo é o primeiro aparelho a ter agregado a si um processador Atom de 2 GHz.

O aparelho deverá custar cerca de R$ 1.299,00 (desbloqueado) no mercado brasileiro. Apesar da fabricante do aparelho anunciá-lo com um produto intermediário, o Motorola Razr i pode integrar sem nenhuma dificuldade o nível de dispositivos top de linha. Isso é facilmente perceptível quando se faz uma análise de sua ficha técnica.

E por falar na ficha técnica, vejamos algumas das características principais desse dispositivo: O Motorola Razr i é inteiramente feito em alumínio. O seu peso total é de 126 gramas e ele possui apenas 0,8 centímetros de espessura. O aparelho também vem equipado com uma tela Super AMOLED com 4,3 polegadas. Já as câmaras são de 8 MP (traseira) e 1.3 MP (frontal).

Um dos pontos que merece destaque no aparelho é em relação ao seu áudio. O dispositivo reproduz diversos formatos de música, como AAC, AAC+, AMR NB, MIDI, MP3, entre diversos outros.

Por Denisson Soares


No final de novembro, um novo smartphone foi lançado no mercado chinês. Ele se chama Vivo X1 e agora ganhou o posto de celular inteligente mais fino do mundo, superando o Oppo Find 5.

O novo Vivo X1 conta com espessura de apenas 6,55 milímetros, enquanto que o Oppo Find 5 tem 6,9 mm, o iPhone 5 tem 7,6 mm e o Samsung Galaxy S3 conta com 8,6 mm. O celular é fabricado pela empresa chinesa chamada Vivo e, além da espessura incrível, conta com configurações muito boas, como sistema operacional Android 4.1 (Jelly Bean), tela com 4.7 polegadas, memória RAM de 1 GB, processador com dois núcleos e 1.2 GHz, bateria com 2000 mAh e uma câmera na parte de trás com 8 MP.

Entretanto, parece que a Vivo tem intenção de lançar no mercado outro aparelho muito potente. A empresa comunicou que o próximo dispositivo top de linha que lançará possuirá display Full HD (1080p) e terá uma câmera com 13 MP, mas que ainda está desenvolvendo o gadget.

O aparelho Vivo X1 está em pré-venda apenas na China e custa cerca de 2.500 yuan, o que equivale a mais ou menos R$ 800, sem taxas.

Não há informação sobre lançamento do aparelho em outros países, mas é provável que se chegar ao Brasil ele custará muito mais, mas talvez até menos que o Galaxy S3 e o iPhone 5.

Por Guilherme Marcon


A LG resolveu investir mais no Brasil e trouxe o segundo smartphone com processador de quatro núcleos para o nosso mercado. Trata-se do LG Optimus 4X HD.

Com o lançamento, a promessa é que os usuários tenham ótimas experiências com o novo smartphone, que veio para disputar o topo do mercado do sistema operacional Android no Brasil, pois concorrerá diretamente com o Samsung Galaxy S3, que vem vendendo muito bem.

O LG Optimus 4X HD conta com processador Tegra 3 da NVIDIA com 1.5 GHz e quatro núcleos; sistema operacional Android Ice Cream Sandwich; 1 GB de memória RAM; tela com 4.7 polegadas e tecnologia IPS; capacidade de armazenamento interno de 16 GB (com possibilidade de expansão); resolução de 800 x 1280 pixels; compatibilidade com Wi-Fi, 3G, NFC e Bluetooth; câmera traseira de 8 MP e frontal de 1.3 MP; espessura de apenas 0,89 cm; bateria que dura até 10 horas e meia e peso de 133 gramas.

No Brasil, o novo lançamento da LG custa R$ 1.899 e pode ser adquirido em lojas especializadas, bem como nas lojas das operadoras de telefonia móvel, como a Claro, Oi, Tim e Vivo.

Por Guilherme Marcon


O site BGR confirmou no início de setembro que a Microsoft estava produzindo seu próprio smartphone. Na última sexta-feira, dia 2 de novembro, saiu um novo relatório com mais detalhes e informações sobre o novo aparelho, que marcará de uma vez por todas a entrada da companhia no mercado de smartphones.

Segundo o jornal The Wall Street Journal, Steve Ballmer estaria testando junto com sua equipe os novos dispositivos em algumas regiões do continente asiático.

O site BGR ainda afirma que todos os testes não estão sendo feitos apenas na Ásia, segundo eles, os aparelhos estão em fase de teste em outros continentes também. De acordo com a publicação do site, pessoas de dentro e de fora da empresa nos Estados Unidos já estão testando o novo smartphone da Microsoft.

Até o momento não há nenhuma informação sobre quando será lançado o aparelho, muito menos o valor que ele custará no varejo. No que diz respeito às configurações, a única informação é que o modelo poderá ter tela de 5 polegadas, especificação bem semelhante ao que vem sendo oferecido pelas principais parceiras da Microsoft, Samsung, HTC e Nokia.

Por Felipe Santos Bonfim





CONTINUE NAVEGANDO: