App da Nike permite interação com os jogadores das seleções da Copa do Mundo 2014




Em clima de Copa do Mundo, a Nike divulga no mercado mundial de aplicativos uma ferramenta para smartphones, na qual é possível que o usuário fale com jogadores em seção “exclusiva”. Dessa forma, o torcedor poderá enviar mensagens aos astros dos gramados.

O app contará com categorias como interação e comunicação com outros apaixonados pelo futebol, além de acesso a produtos e lançamentos exclusivos da Nike, os quais ainda não estão disponíveis no mercado, de forma geral.


Outra ferramenta do aplicativo é direcionada especialmente a novos talentos do esporte, sendo possível acompanhar a agenda de eventos aos interessados em mostrar as suas habilidades futebolísticas.

O app está disponível para celulares com sistema iOS e Android e poderá ser baixado nas plataformas dos sistemas operacionais a partir do dia 10 de julho, segundo matéria do site estrangeiro “TNW”, página de tecnologia.

Os interessados em ter acesso ao aplicativo já podem se cadastrar para receber informações e outras dicas sobre futebol, além do momento de exato para baixar no celular o aplicativo da empresa Nike.


Para acompanhar as últimas novidades da Copa do Mundo de 2014, curiosidades e dados sobre partidas, a Fifa também já disponibiliza desde o final de 2013 o aplicativo oficial do Mundial no Brasil. A plataforma atualmente está disponível para celulares com os sistemas iOS ou Android.

Para os torcedores brasileiros, o aplicativo Seleção, ferramenta oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) contém informações sobre as partidas dos times e sobre os jogadores brasileiros, fotos, vídeos e outras dicas a respeito da Seleção Brasileira.

Outro aplicativo bastante popular no mundo do esporte é o Onefootball, um dos apps mais baixados pelos torcedores no planeta. A ferramenta é compatível com Android, iOS, Windows Phone, Windows e BlackBerry e há versão em português. O app apresenta informações sobre diversas partidas dos principais campeonatos do mundo, incluindo o Brasileirão, por exemplo.

Por Letícia Veloso



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *