Xiaomi Redmi Note 6 Pro – Especificações, Características





Modelo é considerado intermediário, possuindo um chipset Snapdragon 636 com oito núcleos.

Apresentado no primeiro trimestre do ano passado, o Xiaomi Redmi Note 6 Pro é mais uma jogada no mercado de intermediários tradicionais da fabricante chinesa. Apresentando configurações mais modestas, ele é uma boa opção do ano de 2018 que possa valer a pena ainda este ano.

Olhando para o celular, o que mais se destaca é a tendência por telas com recortes em sua parte superior. O display de boa qualidade e as duas câmeras na parte traseira também são trunfos em um mercado cheio de lançamentos.




O que posiciona este no mercado intermediário é o seu chipset, um Snapdragon 636 com oito núcleos. Quatro deles giram a 1,8 GHz para tarefas mais pesadas como a rendenização de um vídeo editado ou a execução de algum jogo que exige um processamento maior e os outros quatro núcleos girando a 1,6 GHz que foi desenhado para uso leve do aparelho, como uma troca de mensagens ou a visualização de uma página na internet por exemplo. O processador apresentado em 2017 apresenta compatibilidade com os novos painéis de resolução mais esticada, trazendo melhorias na conectividade em redes móveis, apresentando um desempenho de até quarenta por cento maior com aquele apresentado pelo Snapdragon 630.

A Xiaomi colocou o pé no freio quando citamos memória e armazenamento. São 3GB de memória RAM aliado ao armazenamento interno de 32 GB compartilhados entre o espaço disponível ao usuário e aquele ocupado pelo sistema operacional e seus aplicativos padrões. Para quem deseja expandir este espaço, o slot híbrido suporta até 256 GB de armazenamento. O espaço chamado “híbrido” é uma brincadeira de mau gosto para o usuário final já que ele terá que compartilhar o local abrindo mão de um armazenamento maior ou de um segundo chip de operadora. Apesar de seguir a tendência de alguns aparelhos, a linha J da Samsung que também é intermediária tem slots separados dedicados a duas linhas de SIM Card e um para expansão de armazenamento.


Um ponto bastante positivo é a tela: a qualidade de 403 pixels por polegada está empregada em um display de 6.26 polegadas com resolução de 1080×2280 pixels, comparável ao FULL HD Plus, suportado em sua parte pelo processador. A tecnologia IPS LCD traz bons ângulos de visão, trazendo um bom caibramento nas cores com uma boa experiência ao usuário. A Xiaomi equipou com a proteção Gorilla Glass contra riscos e arranhões. Apesar de trazer o IPS que está presente no iPhone 8, por exemplo, a tecnologia AMOLED poderia acrescentar mais qualidade, porém ainda está concentrada em sua grande parte nos celulares de grande porte.

O recorte na tela seguindo a tendência de outros celulares abriga os sensores e a câmera, de 20 MP que filma em FULL HD e traz recursos como HDR, modo selfie, entre outros. A boa lente se estende para aqueles presentes na parte traseira: são dois sensores, sendo que o principal tem 12MP e o secundário 5MP pensado para o recurso de profundidade, presente na grande maioria dos concorrentes na mesma faixa de desempenho. A câmera presente na parte de trás do celular tem a possibilidade também de gravar em FULL HD, com estabilização de vídeo.

Para distanciar o usuário da tomada, uma bateria de 4.000 Mah promete uma boa autonomia de bateria, dependendo em grande parte dos ajustes realizados pela Xiaomi no software presente e embarcado no aparelho. Recursos como Rádio FM e redução de ruído também foram implementados. O botão de digitais está presente na parte traseira em um pequeno espaço dedicado exclusivamente para ele.

Preço e disponibilidade

Pelo que oferece, é uma excelente opção se compararmos as opções nacionais vendidas atualmente. Não é comercializado de forma oficial no país, mas pode ser encontrado por varejistas online em preços variados: até o fechamento da matéria encontramos o celular por valores que partem de 985 reais e podem chegar até 1.100 reais, dependendo do site escolhido.

Por Leandrinho de Souza

Xiaomi Redmi Note 6 Pro

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *