Xiaomi Redmi 7 e 7 Pro – Lançamento no Brasil, Características





Os modelos fazem parte da categoria intermediária da fabricante Xiaomi e chegarão em breve ao Brasil.

Dando continuidade a promessa dos modelos da Xiaomi no Brasil, a DL Eletrônicos anunciou que os modelos Redmi 7 e 7 Pro chegarão em breve ao Brasil. A representante dos produtos da chinesa em solo nacional prometeu que os lançamentos desembarcarão no mês de maio, sendo distribuídos nos varejistas nacionais.

Apesar da chegada, nenhuma estimativa de preço foi revelada. Similar aos primeiros modelos que foram trazidos para cá, o valor deve ficar mais alto do que aquele praticado por importadores ou a somatória final de quem prefere importar diretamente na China via internet.




Vamos relembrar os modelos

Anunciado em março deste ano, os modelos fazem parte da categoria intermediária da fabricante. O consumidor encontrará uma série de recursos presentes em modelos nacionais como o sensor para desbloqueio de digitais, o carregamento rápido, a saída para fones de ouvido além de uma variedade de cores.

O Redmi Note 7 traz no seu interior um Snapdragon 632, processador intermediário apresentado ainda no ano passado. Naquela oportunidade, a responsável pelo chipset prometeu um maior desempenho e maior otimização de bateria se comparado as gerações anteriores.


Quem já possui um aparelho com o Snapdragon 630 não vai sentir diferenças na hora de usar o Redmi 7. A Qualcomm apontou que o novo chipset tem capacidade de trabalhar com lentes para câmeras mais desenvolvidas, o que deve melhorar o registro de fotografias pela lente do novo aparelho da Xiaomi. O 632 tem oito núcleos sendo quatro voltados para economia de bateria e outros quatro voltados para maior desempenho. Este suporta carregamento rápido o que deve beneficiar o consumidor.

Acompanhado, temos três variantes: uma com 2GB de RAM e espaço interno de 16GB; outra de 3GB de RAM com espaço de 32 GB e a principal uma variante com 4GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. Qualquer uma das três tem suporte para expansão por memória sendo compatível com cartões de até 512 GB de espaço.

O Redmi 7 traz um conjunto de lentes bastante simples: a principal possui 12MP com outra secundária de 2MP e a frontal tem 8MP. Por falar em frontal, ela fica abrigada em um pequeno recorte já que o modelo vem com 6.26 polegadas e um aproveitamento de 81.5 por cento da parte da frente do celular. A resolução acima do HD decepciona, mas não compromete a boa usabilidade do celular.

Já o Note 7 Pro tem alguns recursos que o diferenciam da versão tradicional. Temos uma tela de 6.3 polegadas ocupando 81.4 por cento da parte frontal com tecnologia IPS LCD e proteção contra riscos e arranhões. Sua resolução acima do FULL HD traz uma experiência diferenciada ao usuário.

O 7 Pro usa como processador o Snapdragon 675, um intermediário mais recente que traz dois núcleos para processamento pesado e outros seis para desempenho mais leve. Acompanhado deste chipset, que traz melhorias na inteligência artificial para o aparelho, temos duas variantes: uma de 4GB de RAM e 64 GB de armazenamento e outra com 6GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Ambos contam com suporte a expansão para até 256 GB de espaço externo via cartões de memória.

O 7 Pro foi anunciado com uma lente principal de 48MP o que impressionou o mercado de celulares. Este vem acompanhado com outra câmera de 5MP responsável pelos efeitos de profundidade. A câmera frontal fica em 13MP porem filmando em 1080p.

Igualmente ao seu modelo mais simples, este também tem suporte ao carregamento rápido. São 4.000 mAH que podem receber um reforço em sua carga com poucos minutos na tomada. O sensor de digitais também está presente na parte traseira com um pequeno local dedicado a ele.

No mercado europeu os dois modelos chegam com preços interessantes custando até 200 euros.

Por Leandrinho de Souza

Xiaomi Redmi 7 Pro

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *