Xiaomi Mi 11 – Rumores e Detalhes sobre o Smartphone



Novo modelo deve chegar ao mercado com processador Snapdragon 875 e câmera tripla de 108 MP.

Lei Jun, que também ficou conhecido como “Steve Jobs da Ásia”, conclui a conceituada faculdade chinesa de Wuhan em 1.991, em Ciências da Computação. Ele chegou ao cargo de CEO na Kingsoft e fundou com mais sete sócios, em 6 de abril de 2.010, a “Xiaomi. A Idea surgiu após Lei Jun perceber o crescente consumo de smartphone em 2.010 e o seu nome, que significa “pequeno arroz”, veio da refeição compartilhada pelo pai de um dos fundadores.

Os produtos e a sua tecnologia, mesmo sendo os mais baratos do mercado, não param de evoluir com o passar dos anos e com apenas três anos de vida, a empresa começou a fazer as suas exportações. Como já era de se esperar, no ano seguinte, em 2.014, a Xiaomi se tornou a terceira maior empresa que fabrica smartphones no mundo.



Aqui no Brasil a empresa chinesa chegou em 2.015, lançando o “Redmi 2” por aproximadamente R$ 500,00 (quinhentos reais). Na época, a concorrência era contra o Moto G e o Zenfone 5.

Após esse momento, por incrível que pareça, as quedas nas vendas vieram e veio também a despedida da marca, não só no Brasil, mas em diversos outros países. A empresa se reestruturou, se reinventou, e está de volta trazendo novidades.



Mesmo não sendo pelo seu anúncio oficial, fotos e informações foram divulgadas na internet nessa semana e tudo indica que a novidade será o novo “Venus K2”, codinome dado ao Xiaomi Mi 11.

Segundo essas informações, o processador será um Qualcomm Snapdragon 875. Hardware esse que entrou no lugar do Qualcomm Snapdragon 865, que foi usado no modelo Mi 10.

Leia também:  Perspectivas de vendas de smartphones chineses em 2015

Outro hardware que irá chamar a atenção desse aparelho é a câmera fotográfica, que terá zoom de 30x. Com um conjunto fotográfico triplo, a câmera principal terá 108 megapixels.

Rumores ainda falam sobre uma versão melhorada dessa mencionada, que terá o mesmo nome, porém com o acréscimo do adjetivo “Pro”. A data esperada para o lançamento de ambos os modelos, é para o ano que vem, ainda no primeiro semestre, porém, não sabemos o valor dele.

Seja como for, tenha em mente que esse será um ótimo aparelho para você se comunicar, se conectar com a internet e tirar lindas fotos. Mas tome cuidado!

Isso mesmo, cuidado! Isso por que a compatibilidade do aparelho devem ser as corretas com a do nosso país.

Lojas oficiais da empresa devem cumprir uma série de exigências legais junto a Anatel, além de outras obrigações, para oferecer um produto que funcione em qualquer parte do território brasileiro.

Por outro lado, as vendas pela internet podem ser feitas por empresas que não irão cumprir tais procedimentos e o que pode acontecer? Os desavisados podem adquirir um aparelho ótimo e por um preço bem menor que o do mercado, mas não servirá para nada.

Existem algumas maneiras de ver se o aparelho é compatível, como por exemplo, se ele pertence a “Banda 28”. Item adotado pelas operadoras brasileiras que tem uma frequência de 700 MHz e oferece uma maior penetração de sinal em obstáculos.

A rede 4G, 4G+ e 4.5G também é outro ponto a ser observado e comparado com a operadora que a pessoa irá usar, mas é bem provável que dê dor de cabeça e o usuário tenha que fazer configurações ou até não conseguir fazer tal operação.

Leia também:  Samsung pretende produzir até o final de 2015 novas telas dobráveis para smartphones

Mas as duas partes principais que o consumidor deve analisar são a Garantia e a Segurança do seu funcionamento. As lojas oficiais da marca no Brasil, físicas e virtuais, oferecem garantias e peças de reposição, ou seja, o seu aparelho irá funcionar, irá ser consertado se algo o acontecer e você não irá cair em golpes!

Por Fernando Dias

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *