Smarttag – o que é


O Galaxy SmartTag é um rastreador digital que permite que qualquer objeto seja encontrado, independente de onde esteja, mesmo que seja em outro país.

Recentemente, a Samsung decidiu entrar para um novo nicho de mercado. Assim, ela anunciou alguns rastreadores. Eles permitem que qualquer objeto seja encontrado independente de onde esteja, mesmo que seja em outro país. O dispositivo em questão recebeu o nome de Galaxy SmartTag por parte da fabricante e agora faz parte do ecossistema Galaxy, uma das linhas mais tradicionais da empresa em questão.


De acordo com as informações divulgadas até o presente momento, o Galaxy SmartTag usa a conexão Bluetooth 5.1. Ele conta com uma versão ainda mais potente em termos de rastreio, a SmartTag Plus, que é capaz de desempenhar as suas funções através de um chip UWB.


É possível destacar que esta tecnologia foi apresentada ao mundo ainda no começo do mês de janeiro. Isso aconteceu durante uma feira internacional. Porém, somente em março a Samsung confirmou que a SmartTag será lançada no Brasil. Isso acontecerá assim que o Galaxy S21 estiver disponível no mercado nacional.


Em termos de preço, vale citar que estes são variáveis e tudo depende da quantidade de itens que o consumidor optar por inserir no seu kit. Logo, uma unidade custará, em média, 200 reais. Entretanto, as pessoas que estiverem interessadas em adquirir duas, pagarão 329 reais. Por fim, os kits que possuem quatro peças têm custo médio estimado em 549 reais.


De acordo com as informações divulgadas por sites especializados, o objetivo da Samsung com a sua entrada neste nicho do mercado é competir diretamente com o Tile, um rastreador que possui funcionamento semelhante e já está disponível há anos no mercado. Além disso, existe expectativa de que outras empresas do ramo da tecnologia, como a Apple, lance um produto similar. Segundo as informações que se tem até o momento, ele se chamará AirTag. Porém, a Samsung acabou saindo na frente de mais esta concorrente.

É válido mencionar, porém, que o uso da SmartTag será limitado a dispositivos da linha Galaxy, de modo que outros telefones Android ou mesmo iPhones não poderão fazer uso da tecnologia.

Em termos de estrutura, o rastreador da Samsung possui, em média, 4cm de altura e 4cm de largura. Além disso, ele pesa apenas 13 gramas, fato que possibilita a sua inserção em várias coisas, como chaves, coleiras de animais de estimação e também outros itens importantes para o usuário. Logo, a partir disso será possível saber exatamente onde estes pertences estão somente acionando um aplicativo. Também será possível fazer o processo reverso e apertar um botão no SmartTag para fazer com que o celular apite.

Além dos aspectos citados, outro ponto sobre o funcionamento da tecnologia que vale a pena mencionar é o fato de que ela funcionará como controle remoto para uma série de dispositivos inteligentes. Para isso, basta fazer a configuração adequada e usar nas tarefas que desejar. Por exemplo, robôs aspiradores poderão ser acionados a partir de comandos da SmartTag.

Outro ponto que merece ser comentado é o fato de que o rastreador será integrado ao hub de SmartThings da Samsung. Diante disso, o aplicativo poderá controlar todos os dispositivos inteligentes que estiverem como parte da SmartThings Find. Essa função será a responsável por permitir que os objetos com o rastreador anexado sejam encontrados. Logo, quando o usuário perder alguma coisa, para conseguir usar o recurso ele precisará identificar este item no aplicativo e, então, surgirão duas opções na tela: encontrá-lo através de um sinal sonoro emitido pela tag ou mostrar a localização na tela.

No caso da opção pelo segundo modelo, o aplicativo mostra um mapa e guia o usuário até o local onde está o seu objeto perdido. Essa navegação pode ser considerada válida em várias situações, como no caso da perda de animais de estimação.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.