Aparelho encanta com suas funcionalidades e certamente irá agradar seus donos.

Nessa matéria vamos explorar as peculiaridades do celular mais desejado do mundo, na atualidade: o iPhone 6S.

Mais que um “Plus” ou uma inovação do iPhone 6, o iPhone 6S é um mar sem fim de novidades.

A primeira novidade está no que a Apple chama de 3D Touch, que conforme a intensidade que o usuário pressiona a tela, o celular, através de um sistema inteligente, direciona de forma rápida e simples para o que ele deseja.

Hoje, os usuários de celulares dão um valor enorme para as câmeras, haja vista que todos querem registrar os momentos mais importantes de suas vidas sem precisarem ficar carregando pesados aparelhos fotográficos de um lado para outro. Pois bem, pensando nisso a Apple investiu pesado na câmera do iPhone 6S. A lente frontal do aparelho conta com 12 megapixels de definição máxima, o que possibilita gravação de vídeos com definição 4K. Já a câmera frontal, essencial para as selfies, conta com 5 megapixels de definição máxima.

No que diz respeito ao processamento de dados, o iPhone 6S vem equipado com um chip denominado A9 de 64 bits, que permite um desempenho que antes só poderia ser alcançado em computadores.

O design é um dos mais belos, se não o mais, do mundo. O iPhone 6S conta com o acabamento em uma liga de alumínio denominado série 7000, que é muito utilizada na indústria aeroespacial. Além disso, conta com uma tela de 4,7 polegadas.

A segurança é um dos fatores primordiais em nosso dia. Visando esse aspecto, a Apple aprimorou o sensor de impressão digital que se tornou mais rápido e confiável.

O aparelho ainda conta com 4G LTE, uma rede de dados móveis mais atual e veloz, que permite ao usuário encontrar uma maior quantidade de redes disponíveis.

Outra novidade do iPhone 6S é o iOS 9, que permite ao usuário uma maior interação com a experiência de se ter um iPhone 6S.

Sem dúvidas, o iPhone 6S impressiona por suas novidades e aprimoramentos, se comparado ao iPhone 6. O aparelho possui um preço médio de R$ 3.999,00, que a princípio pode não agradar os consumidores, mas que vale cada centavo empregado em sua compra.

RAQUEL ALICE MOREIRA


Confira aqui um comparativo das configurações do iPhone 6S Plus e do Lumia 950 XL.

O aparelho de celular hoje em dia é um item indispensável para qualquer pessoa. Pensando nisso, resolvemos comparar dois modelos muito famosos atualmente no mercado, que são o iPhone 6S Plus e o Lumia 950 XL.

O Lumia 950 XL é um aparelho que tem como características:

  • Fabricado diretamente com plástico;
  • Sistema Operacional Windows 10 Mobile, com destaque para a função do Windows Hello, que faz o desbloqueio do seu aparelho através de um reconhecimento facial ou senão pelo Continuum, que transforma o aparelho em um tipo de computador portátil, pois vem com inúmeros Apps Universais, mas sem nenhuma informação de quando vai ser disponibilizado pela Microsoft no Brasil;
  • Botões virtuais localizados na parte frontal do aparelho e um câmera considerada bem avantajada;
  • Tela de 5,7 polegadas com resolução do tipo quad HD, ou seja, fica em 1440 X 2560 pixels;
  • Densidade de imagens de 518 ppi;
  • Espessura de 8,1 milímetros;
  • Processador Snapdragon 810, que vem com exatamente 8 núcleos;
  • Memória RAM de 3 GB;
  • Armazenamento interno de 32 GB, sendo que pode chegar até 2 TB via microSD, possibilitando gravar até vídeos em 4K (algo em torno de 2160p);
  • Câmera Frontal de 5 megapixels, com a opção de vídeos de Full HD e aplicativos como o Lumia Selfie;
  • Câmera traseira PureView com 20 megapixels, juntamente com um flash de LED triplo;
  • Estabilização óptica de imagem, o chamado OIS;
  • Bateria de 3.340 mAh;
  • Peso de 165 gramas;
  • Preço de US$ 649,00, algo em torno de R$ 2.540,00.

Para o iPhone 6S Plus temos as caracterísiticas de:

  • Na parte do material de fabricação temos um aparelho com o alumínio Série 7.000;
  • Sistema Operacional iOS 9, bem famoso no mercado, com destaque para o Touch ID (leitor de digitais) e para o 3D Touch (os comandos ocorrem através da força que o usuário realiza ao tocar a tela);
  • Botão físico home e um sensor na parte traseira bem mais discreto que o outro modelo;
  • Resolução do tipo Full HD, ou seja, de 1080 X 1920 pixels;
  • Densidade de imagens de 401 ppi;
  • Espessura chegando a marca de 7,3 milímetros;
  • Processador dual-core Apple A9 que chega a 1,84 GHz;
  • Memória RAM de 2 GB;
  • Armazenamento interno pode alcançar o valor de 128 GB;
  • Câmera frontal possui 5 megapixels, com capacidade de gravar vídeos em Full HD e com Retina Flash;
  • Câmera traseira de 12 MP, com um flash duplo;
  • Os vídeos podem ser armazenados em 4K através do OIS ou senão há a opção da câmera lenta com uma qualidade de HD em 720p;
  • Bateria de 2.750 mAh;
  • Peso de 192 gramas;
  • Preço de US$ 749,00 aproximadamente R$ 3.026,00 para o modelo de 16 GB (mais básico).

Por Fernanda de Godoi


Serão colocadas novas duas camadas de materiais diferentes para evitar o problema

Todos já conhecem os problemas que o iPhone 6 Plus, lançado no ano passado, causou. Uma das maiores reclamações dos clientes que adquiriram o produto era que o celular dobrava em seus bolsos. A empresa demorou um certo tempo para comentar sobre os casos, era um problema que ninguém esperava e chegou como uma surpresa para os fabricantes do celular.

Depois de muitas discussões, principalmente na internet, a Apple, desenvolvedora e fabricante do produto, não só apresentou as soluções como também já a patenteou, um novo processo de fabricar de produto com maior resistência dos equipamentos e peças chamado de Encapsulation Of A Stiffener Layer In Aluminum.

O processo consiste na utilização de duas camadas diferentes de material. A primeira, e mais rígida, será colocada na estrutura principal da parte de dentro do celular, feita provavelmente de fibra de carbono. Já a segunda camada, que será de alumínio, será usada como um reforço para a rigidez estrutural do celular, evitando, assim, o problema que afeta diversos usuários.

Uma segunda novidade também é trazida com essa nova patente: uma das camadas contará com o que estão chamando de “estrutura de bolsas”, com formas triangulares ou circulares que diminuirão nitidamente o peso do Iphone 6 Plus.

O curioso caso de dobramento de celular não é um problema só da Apple, smartphones de outras marcas também já apresentaram problemas semelhantes.

Depois do seu lançamento, em setembro do ano passado, o mais recente e inovador smartphone da americana Apple, apresentou o problema de dobramento e muitas reclamações correram pela internet, inclusive casos de queimadura na perna de usuários foram registrados. Diversas notícias foram divulgadas e muitos boatos em torno da verdadeira causa do problema correram nas redes sociais.

Com o problema resolvido, a empresa pode agora concentrar-se no futuro e trazer novos celulares com mais tecnologia sem apresentar defeitos como o de dobramento, por exemplo.

Por Tom Vitor de Freitas

Foto: divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: