A Apple ainda não lançou o badalado iPhone 6, mas a imprensa internacional já destaca informações sobre as possíveis novas ferramentas disponíveis no modelo, as quais causarão “frisson” aos usuários da marca. Um dos itens de destaque é uma espécie de sensor com capacidade para medir a tempetarura, a pressão atmosférica e também a latidude, segundo reportagem do “Business Insider”.

Um dos objetos mais cobiçados de 2014 no mundo da tecnologia pode ter um tipo de barômetro, que ajudará no monitoramento da pressão do meio ambiente. A partir do barômetro será possível mensurar a pressão do ar e determinar sobre a possibilidade de haver uma dia ensolarado ou até chuvoso, por exemplo.

A Apple aderiu aos barômetros tardiamente, quando comparado a marcas concorrentes que utilizam o sistema Android, como o modelo Samsung Galaxy Nexus

A aplicação do novo sensor do iPhone 6 potencializaria de forma eficaz a obtenção de dados como mapeamento, localização e informações meteorológicas, de acordo com informações do “Business Insider”. É provável que o barômetro seja acoplado em um coprocessador para que a execução das tarefas seja bem-sucedida.

De certa forma, com a nova ferramenta, para obter informações sobre o meio ambiente – desde temperatura e outras dados climáticos -, o usuário da Apple não precisaria estar conectado à internet ou acessar aplicativos sobre o tema. A Apple ambiciona fornecer dados “precisos e confiáveis”, de acordo com informações do site norte-americano. Os novos iPads provalmente também contarão com a novidade.

Além da ferramenta, o iPhone 6 terá imagem signicativamente mais nítida, se comparado às edições anteriores da marca norte-americana. Com vidro de safira, o aparelho contará com forma mais fina e design moderno. Há especulações sobre o tamanho da tela do modelo, que será maior do que o habitual.

Segundo sites e blogs norte-americanos, a empresa com sede no estado da Califórnia pretende lançar dois modelos com cerca de 4,7 e 5,5 polegadas. As últimas versões da Apple, os iPhones 5S e 5C possuem telas com 4 polegadas.

Por Letícia Veloso

Foto: divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: