Modelo possui ótimas características e preço acessível.

A série de celulares intermediários da Samsung, designada pela letra J, ganhou um novo representante em 2016: o Samsung J5 Prime. O aparelho apresentou importantes aperfeiçoamentos em relação ao seu antecessor. Apresentaremos, a seguir, suas características.

No Brasil, o Galaxy J5 Prime foi apresentado como o sucessor direto do Galaxy J5 Metal. Curiosamente, apesar do nome, o J5 Metal só apresentava superfície metálica em suas laterais. Sua traseira era em plástico, ainda que numa textura que lembrava metal. Com o J5 Prime a situação é diferente, pois as laterais e traseira formam uma única peça, em alumínio, com um acabamento bastante elegante. Esse acabamento dá ao aparelho, além da aparência sofisticada, melhor aderência. Ou seja, é mais fácil segurá-lo sem correr risco de ver o celular deslizar indesejadamente para o chão.

A tampa traseira do Galaxy J5 Prime, diferente da de seus antecessores, não é removível. Assim, há duas aberturas em sua lateral esquerda onde podem ser inseridos os dois cartões SIM (eles são do modelo nano SIM) e o microSD, que suporta cartões de até 256 GB. Os botões para o controle do som também se situam no lado esquerdo. No lado direito se encontram o botão de liga/desliga, além da saída externa de som.

Item fundamental para a maior parte dos consumidores, a câmera traseira do Galaxy J5 Prime apresenta sensor de 13 megapixels, com lente de abertura f/1,9 e foco automático. É uma configuração que garante boas fotos, sobretudo em ambientes com boa iluminação. Com pouca luz, o fotógrafo terá problemas para fazer bons registros.

A câmera frontal do aparelho possui sensor de 5 megapixels, com abertura f/2,2 e flash LED. Uma configuração que não chega a ser excelente, mas que também não comprometerá as selfies do proprietário do aparelho. Com pouca luz, novamente, as imagens ficam com qualidade mais baixa, mesmo com o auxílio do flash LED.

A tela do aparelho apresenta mudanças em relação ao J5 Metal, que tinha um display Super AMOLED de 5,2 polegadas. Por sua vez, o J5 Prime apresenta tela TFT LCD de 5 polegadas. A redução do tamanho é discreta e, diante das reclamações de que, com o crescimento dos aparelhos celulares está difícil levá-los no bolso, pode ser considerada um ponto positivo para muitos. A resolução da tela é de 1280 x 720 pixels, o que é compatível com os outros celulares da linha J.

O Samsung Galaxy J5 Prime sai de fábrica com o software Android 6.0 Marshmallow. É um sistema operacional estável, ainda que haja algumas versões mais avançadas do que ele.

O processador do aparelho é o quad-core Exynos 7570 e seu GPU é o Mali-T20. Eles não frustram as expectativas do consumidor ciente de que seu celular é intermediário. A memória RAM de 2 GB de capacidade, entretanto, é limitada e pode causar irritações ao usuário. Embora não afete o funcionamento de boa parte dos aplicativos, há aqueles que rodam com maior lentidão. É melhor não utilizar muitos ao mesmo tempo.

A bateria do aparelho possui 2400 mAh. Não é uma configuração muito potente e o usuário terá dificuldades para usar o aparelho um dia todo sem necessitar de recarregar o aparelho. Conectado à energia com o carregador que vem no kit, o celular demora pouco mais de 2h30 para atingir a carga total.

Dito isso, é inevitável concluir que o grande atrativo do Galaxy J5 Prime atualmente é o preço. Ele pode ser encontrado em lojas virtuais por valores a partir de R$ 630,00. Em seu lançamento, o preço era de R$ 999,00. A economia pode seduzir o comprador que não tem grandes expectativas em relação ao celular e que se contenta com opções básicas.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

  • Bateria: 2.400 mAh;
  • Câmera: 13 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal);
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11n, GPS, Bluetooth 4.2, USB 2.0, rádio FM;
  • Dimensões: 142,8 x 69,5 x 8,1 mm;
  • GPU: Mali-T720;
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 256 GB;
  • Memória interna: 32 GB (24,5 GB livres);
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Peso: 143 gramas;
  • Plataforma: Android 6.0.1 Marshmallow;
  • Processador: quad-core Exynos 7570 de 1,4 GHz;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade, impressões digitais;
  • Tela: TFT LCD de 5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels (294 ppi).

Por Luís Fernando Santos

Samsung Galaxy J5 Prime


O Samsung Galaxy J5 Prime não se trata de um aparelho mais potente que as versões anteriores, porém, muito mais acessível em termos de preço e com qualidade similar aos mais caros.

Entre tantos lançamentos de alta categoria, com novos atributos e funções otimizadas, a companhia Samsung fez estrear a menos de um ano o Samsung Galaxy J5 Prime. Este smartphone, todo reelaborado, chegou às prateleiras do comércio brasileiro repleto de novidades, entre elas, maior capacidade de memória e estrutura em metal. Trata-se de um intermediário custando em torno de R$ 1.000.

Além de possuir sua estrutura básica em metal, este contém outras partes produzidas no mesmo material, como o acabamento externo da tampa traseira, fabricada em metal escovado com as bordas todas em plástico no sentido de garantir o melhor fluxo de conexões. A saída de som permanece instalada na lateral direita, ao lado do botão liga-desliga. Na lateral esquerda estão os comandos de volume e mais duas gavetas, que se destinam respectivamente ao chip e ao cartão Micro SD de até 256 BG ou outro tipo de chip. A tela é mais ampla com 2.5 D. Pesa 143 gramas e possui 8.1mm de espessura. Mantém a entrada de Micro USB e conexão para fones de ouvido.

Embora não haja garantia de resistência à água, como na linha anterior, ele chega ao consumidor aparelhado de câmera mais potente. Mantém, também, os botões capacitivos e o botão home em estrutura física, além de possuir o sistema de reconhecimento digital. Em termos de nitidez de imagens e vídeos na tela, ele possui 304 PPI em um Display TPT em uma tela com 5 polegadas que ocupa quase 70% da parte frontal do aparelho. A mesma tela possui proteção do tipo Gorilla Glass 4, além de apresentar maior concentração de pixels por imagem. O alto-falante posicionado acima do botão de energia permite melhor sonoridade no momento em que se está manuseando o aparelho.

Em termos de especificações este novo smartphone possui capacidade de rodar o sistema Android 6.0.1 completo; a sua já citada tela Touchscreen com 5 polegadas de dimensão apresentando excelente resolução de 1280 por 720 Pixels; possui grande conectividade em Wi-Fi e em GPS; está aparelhado com função de transferência de dados e de navegação na web, as quais são fornecidas por meio da rede UMTS; possui capacidade de memória interna em até 32 GB, além da possibilidade de expansão; a nova câmera traseira funciona a 13 megapixels e a frontal com 5 MP, que garantem captura de imagens mais nítidas e profundas em resolução de até 4128 por 3096 Pixels, como também realizar vídeos na clássica alta definição Full HD de 30 FPS em resolução de até 1920 por 1080 Pixels, apresentando excelente balanço de cores; 2 BG de Memória Ram; GPU Mali T-720; dispositivo Bluetooth V 4.2; GPS; GLONASS; Beidou; USB 2.0; 3D Mark; An Tu Tu e Geekbench 4; SNS integration; Wi-Fi Direct; conexão Wi-Fi hotspot; conexão USB OTG e o Cortex-A53 SAMSUNG Exynos 7 Quad 7570.

Com relação à usabilidade e desempenho este aparelho pode, por exemplo, rodar razoavelmente bem todo tipo de jogos dos mais pesados.

No que tange aos acessórios e à carga, ele está munido de uma bateria de Lítio, com capacidade de autonomia e conversação durando até 960 minutos, possuindo 2400 mAh. Embora não seja removível, ela resiste quase 24 horas.

Não se trata de um aparelho mais potente que as versões anteriores, porém, muito mais acessível em termos de preço e com qualidade similar aos mais caros. Hoje, com o alto desenvolvimento tecnológico e com o barateamento dos custos de produção, o acesso à alta tecnologia tornou-se, por assim dizer, mais democrático, permitindo que usuários de todas as classes possam consumir smartphones de grande potência, com pequenas diferenças de preço e eficiência.

A Samsung está entre as companhias que mais apostam neste tipo de investimento ao lançar celulares de todos os tipos.

Por Paulo Henrique dos Santos

Samsung Galaxy J5 Prime


Modelo intermediário foi lançado no Brasil com o valor de R$ 999.

A última aposta da Samsung é o Galaxy J5 Prime na linha de celulares intermediários. Nesta semana o modelo desembarca no mercado brasileiro valor de R$ 999. O aparelho chega para substituir, provavelmente, o Galaxy J5 Metal, que é o mais vendido e o mais buscado atualmente no país. A empresa, nesta geração, valorizou principalmente a câmera, o desempenho e o design.

O dispositivo tem um display de 5 polegadas, câmera de trás com 13 megapixels, leitor de impressões digitais e armazenamento interno de 32 GB. Pelo valor que será comercializado irá concorrer com o modelo Moto G5, da Lenovo, um dos dispositivos mais adquiridos no Brasil.

Nesta faixa de valor que chega a R$ 1 mil é onde se situa boa parte dos celulares comercializados no país, representando uma fatia de 72,2% do mercado, de acordo com dados do ano passado.

Linha Galaxy J

A fabricante produz a família Galaxy J visando os millennials, conhecidos também como Geração Y. O segmento J é voltado para o jovem que se mantém conectado, sempre conversando com a galera e por isso, o modelo vem para ser muito prestigiado, que hoje é posto do seu antecessor.

Para a empresa, a família J tem grande sucesso, pois satisfaz os desejos principais dos consumidores. Segundo Renato Citrini, o modelo é um mix de diversos fatores buscados pelos consumidores, como display de 5 polegadas, flash frontal, leitor de impressões digitais, preço acessível e câmera de qualidade.

O modelo Galaxy J5 Metal de 2016 ainda está sendo fabricado pela marca asiática, porém a empresa não informou se o valor será alterado. Também é válido ressaltar que o aparelho é comercializado na página eletrônica da empresa pelo valor de R$ 1.199, entretanto também pode ser achado em outras lojas online custando praticamente a metade desse preço.

O processador do Galaxy J5 Prime é um quad-core Exynos 7570 de 1,4 Ghz, com memória RAM de 2 GB e uma bateria de 2400 mAh, além disso possui conexão 4 LTE e tela HD. Seu sistema operacional é o Android Marshmallow, versão 6.0 e seu armazenamento pode ser expandido em até 256 GB.

Por Filipe Silva

Samsung Galaxy J7 Prime





CONTINUE NAVEGANDO: