Confira aqui os prós e contras do Alcatel A7.

O uso de smartphones com as mais variadas funções é uma situação cada vez mais constante na atualidade, com a presença no mercado de uma grande diversidade destes produtos que variam entre os inovadores até aqueles com um valor econômico mais reduzido.

Neste sentido, quando são considerados os celulares inteligentes com preços menores, sempre surge o questionamento quanto à sua qualidade e eficiência, o qual será eliminado em seguida por meio da abordagem do review Alcatel A7.

Aspectos gerais relacionados ao Alcatel A7

Ao considerar o review Alcatel A7, é preciso saber que este modelo consiste no mais novo lançamento em smartphones apresentado ao mercado pelo mercado chinês de tecnologia e que atrai uma grande diversidade de pessoas pelo seu montante financeiro menor quando comparado com outras opções no mercado.

De forma básica, o novo Alcatel A7 é considerado como uma boa aquisição para quem precisa de um celular prático para a vida cotidiana e que tenha uma bateria com durabilidade adequada ao tipo de tecnologia nele presente.

Do ponto de vista do design, ao realizar o review Alcatel A7 é possível considerar que não são encontradas inovações visuais relevantes, mas para um smartphone do tipo básico como este, o conjunto por ele apresentado compensa especialmente para os consumidores que tem predileção por telas de maiores dimensões.

Além disso, os usuários do novo Alcatel A7 possuem um recurso inexistente em outros celulares do mesmo tipo, que consiste na presença de um sensor digital em sua parte traseira, o qual ao ser testado mostrou demora para ativação e com precisão reduzida, mas com tendência a ser melhorado nas próximas versões deste modelo.

Considerações específicas sobre o Alcatel A7

O review Alcatel A7 permite a consideração de que um de seus pontos mais fortes é a sua bateria, que possui uma capacidade de 4.000 mAh, a qual conseguiu nos testes realizados manter o celular em funcionamento sem necessidade de recargas por um período de até 28 horas ininterruptas.

É preciso mencionar, ainda, que este modelo de smartphone possui uma memória RAM de 4 GB, a qual é acima da média encontrada nestes equipamentos em geral, permitindo com isso um funcionamento geral do aparelho mais adequado do que outras opções presentes neste mercado analisado.

Outro recurso interessante disponível cuja avaliação do review Alcatel A7 foi adequada consiste no chamado clonador de aplicativos o qual permite a colocação de forma duplicada de itens como WhatsApp, Instagram e outros, os quais podem ser usados de forma concomitante em duas contas diferentes sem a necessidade, com isso, de sair de uma para acessar outra.

Alternativas tecnológicas presentes no review Alcatel A7

Ao analisar o aspecto das alternativas tecnológicas ofertadas, o review Alcatel A7 identificou a presença neste smartphone de uma tela com 5,5 polegadas, cuja resolução é do tipo Full HD, mas que é do tipo LED levando, com isso, a um gasto maior de energia e tendo uma espessura maior do que outros modelos que tem composição em Amoled, por exemplo.

Possui câmera de 16 MP em sua localização principal e com 8 MP naquela presente em sua parte frontal, com resultados adequados em ambientes com iluminação adequada, tendo nesta situação sua qualidade reduzida quando é preciso a sua adoção em locais com reduzida incidência de luz.

Para aqueles que gostam de ver vídeos no celular, o Alcatel A7 tem capacidade para apresentar este tipo de tecnologia de forma efetiva, mas apresenta travamentos quando são deixados para visualização por horas como 2 horas no Youtube juntamente com 2 horas de músicas sendo tocadas.

Conclusão

Portanto, através do conhecimento relacionado com os aspectos práticos vinculados com o review Alcatel A7, é possível efetuar as próprias análises quanto à adequação deste modelo para o uso rotineiro na atualidade moderna.

Ana Camila Neves Morais


Celular é barato e conta com boa bateria.

O Alcatel A7 é um celular que conseguiu um grande feito, pois ele é barato, tem boa bateria, configuração capaz de atender a maioria dos usuários e um design moderno. É um modelo barato, mas que consegue ficar bem próximo dos modelos intermediários.

Isto tem criado um fato curioso, pois muitas pessoas que saíram para comprar um smartphone intermediário, acabaram adquirindo um Alcatel A7, pois viram que ele atende perfeitamente suas necessidades, assim conseguiram economizar ainda mais.

Se você é daquelas pessoas que ficam o dia todo no celular e também parte da noite, acessando as redes sociais, ouvindo música, conferindo as notícias, ficará satisfeito com o Alcatel A7, que vem com uma bateria de 4.000 mAh. Se você fizer uma pesquisa entre os celulares mais baratos verá que eles não oferecem uma bateria com tamanha capacidade, mas com este modelo é possível ficar muito mais tempo sem precisar recorrer a uma tomada elétrica.

O Alcatel A7, se for utilizado de forma intensa, com muitas horas assistindo a vídeos e também executando alguns games, consegue ficar até mais de 28 horas, ou seja, você sai de casa pela manhã, utiliza o aparelho o dia todo e quando voltar à noite ainda tem bateria para ser gasta. É realmente um diferencial e tanto, pois livra o usuário do carregador, que precisa ser a companhia inseparável de muitos modelos de smartphones.

A título de comparação vamos citar o poderoso Speria XZ Premium. Este modelo vem com uma bateria de 3.230 mAh e é um modelo top de linha da Sony, mas não aguenta ficar um dia todo sendo usado, sem receber uma boa recarga. O LG G6 também é um aparelho moderno, mas no quesito bateria, é outro que não aguenta nem 20 horas longe da tomada.

E no caso do Alcatel A7, não é só a potente bateria que é destaque, o aparelho vem com 4GB de memória RAM, uma característica que muitas vezes não encontramos nem mesmo nos modelos intermediários que estão disponíveis hoje no mercado. A memória é importantíssima, pois ela dá suporte ao processador do aparelho e quanto mais tiver, melhor será o desempenho do aparelho. Os modelos básicos vem com 1GB ou 2GB, enquanto os intermediários oferecem 2GB ou 3GB, mas o Alcatel A7 também fica na frente, em relação a este quesito.

Quem precisa acessar as redes sociais, conferir as notícias, jogar, certamente se sentirá muito bem atendido por este modelo, que ainda vem com o 'clonador de aplicativos', uma solução ótima, para que o usuário possa duplicar os aplicativos desejados, inclusive o WhatsApp, Facebook, entre outros, assim é possível usar duas contas diferentes de uma só vez, sem ter que fechar uma para entrar na outra.

É sempre bom lembrar que no mercado existem os mais diversos modelos de smartphones, com configurações variadas, justamente para atender as pessoas que possuem necessidades diferentes. Cada um tem seu gosto, seu trabalho, seu estilo, então é importante analisar todas as opções para saber qual atender melhor suas necessidades. O Alcatel A7, por exemplo, é um modelo interessante, com suas qualidades, mas não é um aparelho top de linha, não é indicado a quem é mais exigente.

A tela do Alcatel A7 é de 5,5 polegadas e resolução Full HD, mais uma característica que não está presente nos aparelhos mais baratos. Só que a tela é LCD, ficando atrás das modernas telas OLED e AMOLED, que são ultra finas e gastam bem menos energia. As câmeras de 16MP e 8MP são boas em locais mais claros, porém, no escuro deixam a desejar.

Esse aparelho custa na média de R$ 850,00. Um valor baixo, perto de tudo que é oferecido, então vale a pena conferir o Alcatel A7.

Por Russel


Alcatel oferta diversos modelos de smartphones no Brasil com boas configurações , proporcionando um bom custo benefício.

A Alcatel é mais uma fabricante de smartphones a apostar no sistema operacional Android. A empresa trouxe ao Brasil uma série de smartphones que estão sendo comercializados há algum tempo tanto no varejo quanto no site próprio, e atende as mais diversas linhas e gostos, desde os mais básicos até smartphones com modelos mais avançados. A empresa já atua há vários anos no Brasil e tem um amplo suporte técnico e assistências caso os aparelhos apresentem problemas, facilitando ao consumidor a resolução dos seus problemas. Antigamente toda a linha Alcatel se chamava Alcatel One Touch, porém a fabricante decidiu retirar o último nome, trabalhando apenas com o nome Alcatel.

Na parte de lançamentos, alguns modelos se destacam. O primeiro deles é o Alcatel A3 XL Max trazendo algumas configurações interessantes. A cor do modelo é cinza, trazendo uma tela de 6 polegadas em resolução HD contando com um conjunto de câmeras de especificações intermediárias: 8 MP na câmera traseira e 5 MP na câmera frontal com flash. O armazenamento é de 32 GB com memória RAM de 3GB. Conta com todas as conexões modernas, incluindo as redes 4G LTE acompanhado de um processador quad-core e o Android 7.0 com poucas mudanças. A Alcatel destaca o slot dual chip, isto é, com possibilidades de se colocar dois chips de operadora além da bateria de 3000 mAh com otimizações no software. Seu preço é de R$819,00 com parcelamento em 10x de R$89,90 sem juros no site da Alcatel.

Mais um lançamento é o Alcatel A7 de cor preta. O modelo é muito bonito, com uma traseira com detalhes em dourado, mesclando com o preto citado anteriormente. O aparelho tem tela de 5,5 polegadas em resolução HD e é um pouco mais parrudo, trazendo um conjunto de câmeras mais interessante: 16 MP na parte traseira e 8MP na parte frontal, sendo este, o modelo mais ideal para selfies. A traseira ainda abriga o logo da fabricante e um sensor de impressões digitais com capacidade para até cinco digitais (assim como a maioria dos aparelhos). O processador é um octa-core com 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno equipado com slot dual sim e todas as conexões modernas, incluindo as redes 4G. A fabricante destaca a capacidade da bateria, que é de 4.000 mAh com otimizações realizadas no software. Seu preço é de R$1.169,10 à vista, ou 10x de R$ 129,90 no site da Alcatel.

Outro lançamento que deve agradar a quem busca algo mais simples é o Alcatel U3 de cor Branca. O dispositivo é da categoria de entrada, mas conta com alguns recursos e configurações interessantes. A empresa destaca-o como sendo o único smartphone de gama baixa, ou seja, de sua categoria a contar com tecnologia VoLTE permitindo assim ligações de forma online (recurso este presente em aparelhos mais caros como o iPhone). Seu conjunto de câmeras também é simples: 8 MP na parte traseira e 5MP na parte frontal, com sensor flash sendo este outro destaque apresentado pela Alcatel a este modelo. Por dentro, o Android 6.0 está embarcado com um processador quad-core e 1 GB de RAM com 8 GB de armazenamento interno com expansão através de cartão de memória. A tela é de 4 polegadas com resolução 800X480 WVGA. Seu preço à vista é de R$ 404,10 com opção de parcelamento em 10x de R$ 44,90 sem juros.

Na linha de smartphones lançados pela Alcatel há algum tempo, duas opções são bacanas. A primeira é o Alcatel A5 LED que tem uma sacada bem interessante. Possui uma capa traseira que possui pequenos pontos de LED interativo, fazendo a alegria quando se toca uma música por exemplo. É possível configurar essa capa para emitir diversas cores em várias tarefas como escutar músicas ou atender a uma ligação. Outra funcionalidade destacada é a possibilidade de se desbloquear cada aplicativo com um dedo diferente, ou seja, utilizar várias digitais diferentes em diversos softwares. O modelo possui tela de 5.2 polegadas em resolução HD, 2 GB de RAM com 16 GB de armazenamento interno e possibilidade de expansão através de cartão de memória, processador octa-core, todas as conexões modernas com inclusão das redes 4G e dual SIM. A bateria é de 2800 mAh e o Android embarcado neste aparelho é o 6.0 e é encontrado no site da Alcatel por R$ 809,10 à vista ou 10x de R$ 89,90 sem juros.

O segundo modelo que já vem sendo comercializado há algum tempo é o Alcatel IDOL 4 de cor preta e dourado com foco no óculos de realidade virtual (VR) que vem incluso com ele. Além dos óculos, fones da JBL acompanham a caixa do produto. A configuração é interessante: Câmera traseira de 13MP e frontal de 8MP com Flash. Possui 16 Gb de armazenamento interno sendo que 32 GB é brinde da ALCATEL que inclui um cartão na caixa do produto. Vem equipado com o Android 6.0, processador Octacore e 3GB de memória RAM. A tela é de 5,2 polegadas com resolução FULLHD e a bateria tem 2610 mAh com tecnologia de carregamento rápido. Possui todas as conexões modernas, incluindo o 4G. Seu preço no site da Alcatel é de R$1.259,10 à vista ou 10x de R$ 139,90 sem juros.

Por Leandrinho de Souza

Alcatel A3 XL


Idol 4 e 4S foram lançados na MWC 2016.

A MWC (Mobile World Congress) 2016 é uma das maiores feiras de tecnologia mobile do mundo, tendo acontecido na cidade de Barcelona, na Espanha. As grandes marcas do mercado de smartphones apresentam seus mais novos dispositivos na conferência, e entre elas está a Alcatel, empresa francesa que divulgou na MWC deste ano a quarta geração dos seus smartphones da linha ''Idol''.

As informações são do site Tudo Celular, que esteve presente na conferência de Barcelona.

Os modelos são intermediários, sendo que o Idol 4 está equipado com o chipset da Qualcomm Snapdragon 617 octa-core e o Snapdragon 652 para o 4S. Nota-se que, embora sejam versões parecidas, a versão 4S é mais avançada em quase todas as questões que o Idol 4.

Quando o assunto é tela, o modelo 4S também leva vantagem sobre seu ''irmão'', contando com uma tela de 5,5 polegadas Quad HD, enquanto o Idol 4 possui 5,2 polegadas Full HD. O detalhe, no caso da tela do Idol 4, fica pelo fato da mesma ter sido feita em cristal líquido.

Já quando o assunto é memória RAM, os dois dispositivos se equiparam, sendo que ambos contam com 3GB de RAM, uma boa quantidade para um modelo de meio de linha. Em armazenamento interno, o Idol 4S volta a ter vantagem, contando com 32GB de armazenamento interno expansível por cartão microSD enquanto o modelo Idol 4 conta com 16GB também expansível por microSD.

A Alcatel também anunciou uma função interessante para o aplicativo, um botão que pode ativar diferentes funções dependendo do aplicativo que o usuário está utilizando, desde efeitos quando estiver assistindo a conteúdos de streaming a otimizar os graves de uma música, por exemplo. O botão é dedicado e parece ser uma novidade interessante para os usuários que optarem por adquirir um dos modelos da marca ainda nem tão conhecida mundialmente.

A tecla recebeu o nome de ''Boom'', e segundo a empresa, irá agradar muito os fãs do jogo Asphalt, que poderão liberar o nitro por meio do botão, por exemplo.

Já para aqueles que desejam tirar muitas fotos com o smartphone, no modelo 4S, o dispositivo conta com 16 megapixels podendo gravar com resolução 4K, enquanto o modelo Idol 4 conta com uma câmera principal de 13 megapixels e frontal de 8 megapixels com flash, a câmera principal pode gravar vídeos em 2K. Ambas as versões oferecem boas opções para os usuários.

Quanto a autonomia dos dispositivos, talvez seja essa, a decepção, já que a bateria possui 2610mAh no Idol 4 e 3000mAh no 4S. Ou seja, ambas não garantem grande autonomia ao usuário.

A novidade fica para o fato da caixa do dispositivo poder se transformar em um óculos de realidade virtual para aqueles que comprarem o dispositivo, o que é certamente, algo bem interessante. O Idol 4 chega ao mercado por US$ 280, enquanto o 4S chega com um valor que varia de US$ 400 a US$ 500.

Por Isis Genari

Alcatel Idol 4

Alcatel Idol 4S

Fotos: Divulgação


Aparelhos farão parte da linha Pixi e devem trazer um ótimo custo benefício para os consumidores.

A Alcatel está tentando abocanhar cada vez mais o mercado de mobiles de entrada, que vem fazendo grande sucesso em países emergentes e de menor poder financeiro, como no caso do Brasil. Atualmente, com exceção da Apple, praticamente todas as empresas possuem opções de entrada com bom custo benefício, o que acirra ainda mais a disputa nesse setor.

No dia 06/01, aconteceu a Consumer Electronics Show 2016, um evento importantíssimo para o mercado tecnológico. Para o evento, a Alcatel decidiu revelar algumas de suas novidades para os próximos lançamentos no mercado.

No dia 05/01, a empresa anunciou uma nova linha de smartphones que pretende abranger esse mercado de entrada, com baixo custo e utilizando o SO Android. As versões que serão lançadas, irão possuir dois e quatro núcleos. Porém, a maior diferença ocorre no tamanho das telas das versões.

Estarão disponíveis versões com 3.5, 4, 6 e 7 polegadas. Os smartphones fazem parte da linha Pixi e o que chama a atenção é a tela de 7 polegadas, comum para tablets, visto que não chega a ser um phablet.

Mesmo a Pixi sendo uma linha de baixo custo para um mercado em específico, a Alcatel, na divulgação do hardware dos aparelhos, mostrou que vai oferecer configurações interessantes para seus usuários. Até mesmo porque as configurações vem sendo o motivo de maior reclamação nos smartphones de entrada com Android, que penam com constantes travamentos e problemas com lentidão, além é claro, da dificuldade em rodar apps e principalmente jogos, mais pesados. Embora na maior parte do caso seja por desinformação do consumidor, o hardware de alguns modelos realmente decepciona.

Os smartphones também possuem o Polaroid pré-instalado, o que possibilita a edição e colagem nas fotos dos usuários.

A versão de 3.5 polegadas, versão mais simples, possui um processador dual-core 1.1 GHz, 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento interno, Android 5.1 Lollipop e câmera principal de 2 megapixels. Já a versão de 7 polegadas irá contar com processador quad-core 1.1GHz, 1 GB de RAM, 8 GB de memória interna e câmera principal de 2 megapixels.

Por Isis Genari


Atualmente, os smartphones são uma febre espalhada pelo mundo inteiro. O aparelho atrai a todas as idades, devido à sua gama de funcionalidades e à infinidade de aplicativos e recursos que podem ser instalados nesse tipo de aparelho, que vão desde jogos de última geração até rastreadores e aplicativos de grande utilidade na vida cotidiana.

Aproveitando essa grande aceitabilidade do mercado, com relação a esses aparelhos, as empresas que os fabricam ficam travando uma briga constante, a fim de ver quem consegue fazer um aparelho com maior número de funcionalidades e com o design mais bonito.

É nesse sentido que a empresa Alcatel irá lançar no mercado o seu mais novo smartphone, que terá o nome de Pixi 3, esse aparelho tem grandes chances de ser lançado e revelado oficialmente durante a CES 2015.

A empresa está apostando que o grande atrativo desse aparelho será a possibilidade que ele dará ao consumidor de escolher qual sistema operacional irá usar. Essa escolha terá de ser feita na loja, no ato da compra do aparelho, sendo que estarão disponíveis três sistemas operacionais, sendo estes o Windows Phone, o Firefox OS e, o famoso e mais querido pelos usuários de smartphones, o Android.

Outra novidade bastante interessante é que este aparelho também será fabricado com quatro opções de tamanho de tela, sendo elas, 3,5 polegadas, 4 polegadas, 4,5 polegadas ou 5 polegadas.

A única diferença que haverá entre esses quatro tamanhos de aparelho é que, em sua versão menor, o Pixi 3 não irá oferecer aos usuários a conectividade com redes 4G LTE, conexão essa que será disponibilizada em todos os outros tamanhos do telefone.

O certo é que, até o presente momento, a empresa fabricante desse aparelho não realizou a divulgação de maiores detalhes sobre esse aparelho, tais como, qual tipo de processador, memória ou quaisquer outros detalhes com relação aos hardwares que serão utilizados.

Então, se você gostou dessa novidade e deseja saber mais detalhes, vale a pena ficar ligado nas inovações que serão trazidas na CES 2015.

Por Adriano Oliveira

Foto: divulgação


Na última quinta-feira, 11 de julho, a Alcatel lançou três smartphones dual-chip e um tablet. Os aparelhos foram batizados de Pixo, Mpop e Idol, já o tablet recebeu o nome de Evo Touch 7 e será exclusividade da operadora TIM. Um fato bem importante é que todos os aparelhos serão fabricados aqui no Brasil e com preços que variam de R$ 399 a R$ 999.

Devido a isenção fiscal da “Lei do Bem”, a companhia decidiu produzir os dispositivos dentro do território nacional, o que deixa os preços muito mais atraentes para os consumidores. O top de linha, Idol, será vendido por apenas R$ 999, mesmo valor cobrado pelo Samsung Galaxy S3 Mini e do Lumia 900 da Nokia.

O Idol conta com tela de 4,7 polegadas, câmera de 8 megapixels, processador dual-core e 16 GB de armazenamento interno. Já os outros dois smartphone: o Mpop conta com câmera de 5 megapixels com filtros, panorâmica, clique de alta velocidade e detector de sorrisos, além de contar com tela de 4 megapixels e Android 4.1; e o Pixo que conta com hardware mais modesto com Android 2.3, câmera de 2 megapixels e 512 MB de armazenamento interno.

O Mpop será vendido por R$ 569 e o Pixo sairá por apenas R$ 399. Além dos celulares, tem também o Evo Touch 7, o novo tablet da linha de produtos da Alcatel. O aparelho ainda não possui valor definido, mas suas especificações serão compostas por processador de 1 GHz, memória RAM de 1 GB, armazenamento interno de 4 GB, conexão Bluetooth, Wi-Fi e 3G.

A fabricação dos aparelho será feita por uma fábrica terceirizada, mas a companhia afirma que tem planos de abrir uma unidade própria em breve no país. A Alcatel informou que no ano que vem pretende lançar novos produtos no Brasil, para aproveitar a popularização do 4G com a Copa do Mundo.

Por Felipe Santos Bonfim


O novo lançamento da Alcatel é o celular OT 710 da família Touch Experience. O celular apresenta dois botões na parte frontal que permitem atender e encerrar uma ligação de modo cômodo e rápido.

A tela “touch” permite  navegar, escutar música, utilizar o Facebook, ler notícias e realizar outras atividades de forma mais simples e prática. O display de 2,8" (320 x 240 pixel) torna mais veloz, fácil e intuitiva a navegação. Para quem gosta de  escutar música e aprecia praticidade, a função One Touch PLAY torna possível em apenas um toque você selecionar sua música favorita.

O OT 710 integra celular, mp3 player e tem capacidade de 5MB de armazenamento, além de uma porta Micro SD card (4GB) para escutar música diretamente do telefone. Outro atrativo é a possibilidade de sintonizar emissoras de rádio. O novo OT 710 possui câmera de 2 MegaPixel embutida com tecnologia de movimento, que garante uma melhor qualidade de imagem. Conectando ao computador, é possível acessar a webcam e bater um papo com os amigos em tempo real.

Segundo o jornal italiano IL Giornale, é distribuído exclusivamente pela Wind e custa 69 euros.

Por Andrea Gomes





CONTINUE NAVEGANDO: