Quase um ano após a Anatel ter suspendido a venda de chips das prestadoras TIM, Claro e Oi, o presidente João Rezende afirmou que as punições foram determinantes para uma melhora na prestação de serviços. Segundo João, o processo foi importante para a estabilidade dos serviços e que estão acompanhando as mudanças como um sinal positivo.

Entretanto, o número crescente de reclamações junto ao Call Center da Agência mostra que não houve uma melhora significativa. Desde julho de 2012 as empresas oscilaram quanto ao número de clientes insatisfeitos. A TIM que possuía cerca de 2 mil reclamações no ano passado, já apresentou 3,5 mil reclamações em abril, quando foi feita a última aferição. A Claro passou de 1,5 mil reclamações para 2,5 mil este ano. A Oi e a Vivo também tiveram mais reclamações por conta do serviço prestado.

Contudo, o número de reclamações não significa que houve piora nos serviços e sim que a população tem maior acesso a Anatel e passou a reclamar mais das prestadoras. Por essa razão é importante avaliar a real situação das prestadoras.

A medida cautelar que suspendeu a venda de chips destas prestadoras por 11 dias representou uma melhora no serviço, contudo é necessário mais investimentos por parte das mesmas.

Por Robson Quirino de Moraes


Com a Copa do Mundo chegando, uma novidade foi disponibilizada pela Claro nas cidades-sede do evento: o seu 4G (LTE).

Para a liberação do serviço, a Claro realizou um evento na cidade do Rio de Janeiro, no dia 16 de abril. Neste momento, além de anunciar o 4G, que é o 4G Max, a operadora informou que a velocidade de conexão deve chegar a 60 Mbps, o que é 10 vezes mais rápida do que o seu atual 3G Max.

De acordo com as informações da empresa, os primeiros nove aparelhos que terão compatibilidade com o 4G Max são o Galaxy Express, o Galaxy Note 2, o Galaxy S3 LTE, o novo Galaxy S4, o LG Optimus G, o Lumia 820, o Lumia 920, o Motorola Razr HD e o Xperia ZQ.

Em questão de valores, a Claro divulgou que o valor mais baixo do 4G Max é de R$ 207, porém, neste preço está incluído um pacote pós-pago de 100 minutos com franquia de 5 GB de dados. Quem quiser adquirir um modem para usar em seu notebook ou tablet, pode o fazer com planos de 2 GB (que sai por R$ 79 reais), de 5 GB (por R$ 119) ou de 10 GB (que R$ 199 reais).

Ainda, segundo a operadora de telefonia, no ano passado foram investidos mais ou menos R$ 10 bilhões na estrutura do 4G Max nas cidades da Copa das Confederações.

Nada foi dito até o momento sobre a expansão do 4G Max para outras cidades. Outros smartphones compatíveis só existirão se as fabricantes criarem aparelhos que consigam acessar o 4G brasileiro.

Por Guilherme Marcon


Mais uma promoção interessante está sendo oferecida para os usuários de telefones móveis, pois a Claro estará oferecendo descontos para clientes que usarem o serviço de roaming internacional.

Este desconto será de 30% para usuários de planos pós-pagos que usarem este tipo de serviço até o dia 28 de fevereiro de 2013.

O pacote de roaming pode ser obtido por meio de inscrições no programa para o envio de torpedos para números fora do país.

Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais


Os celulares pré-pagos são maioria no Brasil. Isso se deve principalmente pela vantagem de não precisar ter uma conta para pagar todo mês. Mas optar por esse tipo de telefone também tem suas desvantagens. A principal delas é ficar sem créditos bem quando mais se precisa.

Por isso é bom ficar por dentro de algumas dicas para usar o celular mesmo sem dispor de saldo. No caso de clientes da Claro, é possível efetuar o envio de mensagens de texto à cobrar. Para utilizar o serviço é só enviar um SMS com o número 9090 e o telefone do destinatário. Se a pessoa aceitar, é ela quem paga pelo uso do serviço.

Clientes da Vivo dispõem da opção “Me Liga”, que consiste no envio de uma mensagem de texto para alguém pedindo que ela ligue para você. É só enviar *9090 mais o número do destinatário, que receberá uma mensagem gratuita.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Olha Digital





CONTINUE NAVEGANDO: