Um dos atrativos do iPhone, lançado em 2007, é a possibilidade de equipá-lo com diversos aplicativos. Mas quem tem o aparelho conhece bem as barreiras impostas pela gigante Apple para usufruir essas utilidades. A empresa alega que o bloqueio dos artigos é feito para que os usuários não realizem procedimentos que prejudiquem a invenção inovadora de Steve Jobs. Mas a legalização do jailbreak, reivindicado há anos pelos consumidores, vem para dar brechas às restrições da companhia do Vale do Silício.

A partir da medida, os aparelhos são desbloqueados de modo a possibilitar a instalação de aplicativos não oficiais, permitindo a utilização de utilitários que não necessariamente tenham sido comprados na App Store. A permissão foi concedida pelo órgão que administra os direitos autorais nos Estados Unidos (DMCA), por considerar que o consumidor tem direito de modificar o aparelho comprado por ele.

Apesar da decisão judicial, a Apple mantém sua posição contra o jailbreak, afirmando que não se responsabiliza pela garantia de iPhones que recebam instalação de aplicativos obtidos fora da loja oficial. E a Apple tem razão ao não querer se responsabilizar por esses aparelhos, pois a ação os expõe à invasões. Além disso, algumas extensões podem deixar os produtos mais devagar ou provocar um reinício inesperado.  Por isto, não custa se prevenir. Faça backups periódicos no seu aparelho, por meio do próprio iTunes, e evite a perda de seus contatos, anotações e outros dados.

Mas o jailbreak também traz vantagens. A simplificação do desbloqueio de operadora e a instalação de emuladores de jogos famosos como o PlayStation e o Game Boy Advance são algumas delas. A alternativa dispõe ainda de outras funções não oferecidas pelo sistema operacional padrão.

Para quem pesou bem os lados positivo e negativo do jailbreak e decidiu sair um pouco do controle da Apple, segue o passo a passo:

– Restaure e atualize seu aparelho para o IOS 4;

– Acesse o endereço www.jailbreakme.com de seu aparelho;

– Arraste o botão “Slide to jailbreak” para baixar e instalar o novo sistema;

– Um aviso é mostrado assim que a ação é finalizada. Ele informa que o Cydia foi adicionado na tela de início;

– Vá ao menu de aplicativos e procure o Cydia. Ele é o software que permitirá baixar seus aplicativos preferidos quase sem limites;

– Pronto! Você já pode desfrutar da liberdade concedida pela justiça americana.

Por Crislayne Andrade


Há poucos dias o governo americano atualizou as regras que regulam a questão de direitos autorais nos EUA. Uma das mudanças diz respeito ao desbloqueio e Jailbreak dos celulares e smartphones como o iPhone 4, situação em que o usuário só pode instalar aplicativos autorizados pela Apple.

As novas regras tornam o Jialbreak totalmente legal. E agora um novo serviço para fazer isso acaba de ser lançado. Ao contrário de outros que necessitam que se instale um software, este é baseado na Web. Para fazer o jailbreak do iPhone 4 só é preciso acessar o site www.jailbreakme.com.

No entanto, a Apple desaprova essa situação, e o usuário pode perder a garantia do seu smartphone. Além disso, esteja atento para o fato de que a empresa vai continuar dificultando cada vez mais o processo em suas futuras versões do iOS.

Por Maximiliano da Rosa


A diferença entre Jailbreak e desbloqueio é bem simples.

A palavra jailbreak, que no inglês quer dizer mais ou menos “sair da cadeia” surgiu com os smartphones da Apple. O problema do iPhone, iPod Touch e iPad é que eles vem bloqueados para não funcionar com aplicativos que não sejam autorizados, ou seja, você só pode instalar programas diretamente da app store da Apple.

O jailbreak então elimina essa restrição.

Já o desbloqueio é outra história. Com a chegada da tecnologia GSM, os dados do telefone passaram a ser armazenados no chip. Assim não era mais necessário trocar de número ao comprar um aparelho novo. O problema é que não podíamos mudar de operadora porque o celular vinha bloqueado para aceitar apenas o chip original. Para poder usar outro chip era preciso fazer o desbloqueio. No Brasil o desbloqueio é grátis e garantido por lei.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Baixaki


Consumidor ganha com a concorrência

Depois da confirmação da ANATEL o desbloqueio de qualquer aparelho móvel é obrigatório por todas as operadoras, e com isso a concorrência no segmento de telecom aumentou ainda mais e quem ganha com isso são os consumidores.

Fique ligado nas promoções, vale a pena participar, economizar e ainda se achar melhor mude de operadora, você pode pedir o desbloqueio do seu celular na hora da compra, ou comprar um aparelho já desbloqueado, se não pretende comprar um aparelho novo é possível desbloquear um celular usado, basta procurar sua operadora atual e solicitar o serviço que é gratuito a qualquer momento.

A melhor promoção em vigor é a da Claro “Fale um Minuto e Ganhe 30” para celulares pré-pagos essa promoção garante muita economia, a promoção “Infinity Pré” da Tim da a vantagem de falar de graça depois do primeiro minuto. A dica é pesquisar e escolher a melhor para você, importante lembrar que algumas promoções cobram taxa para a participação.





CONTINUE NAVEGANDO: