Não são apenas os usuários que têm dificuldade em escolher o melhor smartphone. As empresas também enfrentam grande dificuldades para terem os seus aparelhos escolhidos como os favoritos dos usuários.

E as empresas sabem que, para que o smartphone seja o melhor do mercado, não basta apenas ser o melhor, é preciso ter um preço acessível, para que os usuários possam comprá-los.

Sendo assim, podemos constatar que o melhor smartphone do mercado, o modelo top de linha, não é o mais potente e sim aquele que tem uma boa configuração e que consegue manter um preço que esteja ao alcance do consumidor.

O iPhone 5S, assim como o Galaxy S5 são bons exemplos, pois são considerados modelos top de linha, porém, não contam com a melhor de todas as configurações.

Podemos ver o iPhone 5S, que oferece apenas 1GB de RAM e espaço para armazenamento de 16GB, 32GB ou 64GB, podendo expandir com cartão microSD, conseguindo assim, um espaço maior. E tem o detalhe da bateria, que não é tão potente, sendo de apenas 1560 mAh. Já o processador A7 de 64 bits garante rapidez até mesmo nos aplicativos mais pesados.

Foto: divulgação

A Samsung, para conseguir parte do mercado já conquistado pela Apple, caprichou no Galaxy S5, dando ao aparelho um processador quad-core 2,5GHz, mais 2GB de RAM e espaço interno de 16GB podendo ser expansível para até 128GB com cartão de memória. A bateria é de 2800 mAh e se compararmos levando em consideração estes itens, podemos ver que o Galaxy S5 é superior ao iPhone 5S.

Mas tem outros fatores que precisam ser levados em conta na hora de compararmos os modelos, por exemplo, as dimensões:

– O iPhone 5S tem 123.8 x 58.6 x 7.6 mm e pesa 112 gramas;

– O Galaxy S5 tem 142.0 x 72.5 x 8,1 mm e pesa 145 gramas.

Como vemos, o Galaxy S5 é um pouco maior que o iPhone 5S e pesa um pouco mais. Para algumas pessoas, isto é uma desvantagem, mas para outras é uma grande vantagem, ou seja, vai depender do perfil de cada pessoa.

Nesse quesito, não há melhor ou pior, são modelos com tamanhos e peso diferentes e cada pessoa tem preferência por um ou outro modelo.

Foto: divulgação

O iPhone 5S é um modelo mais caro que o Galaxy S5 e perde em muitos quesitos em relação ao hardware, mas há quem leve em consideração o sistema operacional, os aplicativos disponíveis, então, a dica é pesquisar bem antes de tomar a sua decisão, para que você compre o smartphone que melhor atenda as suas necessidades.

Por Russel


O novo Samsung Galaxy S5 traz o desempenho de um top de linha. Além de outras funcionalidades o aparelho também pode ser visto como um produto de ostentação.

Ele foi desenvolvido por uma  empresa que ocupa posição de poder, e  que sabe que milhões de pessoas serão capazes de fazer fila para adquiri-lo logo que o mesmo chegar às lojas. Para atingir seu objetivo o S5 pretende interagir com tudo o que seu antecessor (S4) foi capaz de trazer ao público.

O S5 de fato surpreende com algumas especificações, como melhora da vida da bateria, aumento na qualidade de megapixels, e uma exibição de maior qualidade. Um aparelho, sem dúvida,  bem atualizado.

A parte frontal do Galaxy S5 permanece praticamente a mesma vista em seu antecessor. O aparelho conta com botão físico, duas teclas de navegação, e a logo da marca permanece no mesmo lugar de antes. O novo aparelho ficou maior, as medidas oficiais são: 14,2 cm x 7,25 cm x 0,81 cm.

Os lados do S5, trazem o mesmo regulador de volume, na parte inferior é possível ver o interruptor da Samsung para carregamento USB 3.0, que também suporta carregadores microUSB.

Essa porta de carregamento está protegida por uma espécie de protetor, e isso por uma boa razão: o aparelho é IP67 certificado, o que significa que é resistente à água e à poeira.

Segundo a Samsung é possível submergir o dispositivo em até um metro de água por um período de 30 minutos, sem acarretar qualquer problema ao desempenho. Mas alto lá! Isso não quer dizer que é possível usar o aparelho.

A parte traseira do S5 é onde pode se notar suas maiores mudanças. As cores são ricas e vibrantes, sendo o branco muito branco e os pretos ainda mais escuros.

O Galaxy S5 pode ser visto como um sucesso de público. Um aparelho grande, forte e poderoso. Um aparelho que desempenha bem seu papel proposto: é ágil, tira boas fotos e possui bateria com duração mais aceitável.

Por Jaime Pargan

Samsung Galaxy S5

Foto: Divulgação


Quem possui um Samsung Galaxy S5 tem uma nova ferramenta nas mãos. A partir de agora será possível que os usuários do aparelho acessem todas as suas senhas que estão salvas no LastPass através da impressão digital.

Recentemente foi lançado pelo LastPass – serviço de gerenciamento de passwords – que permite o armazenamento de senhas online para que os usuários do serviço possam logar automaticamente nas páginas, uma atualização direcionada para o seu aplicativo no Android.

Com isso, o sensor biométrico do Samsung Galaxy S5 pode abrir a “caixa” de senhas do usuário em vez do mesmo ter que digitar uma senha mestre manualmente.

Além desse ponto abordado, também com o uso da impressão digital, os usuários desses dispositivos também poderão de certa forma pular o prompt de comando para digitar sua senha ou o PIN para que conseqüentemente possa acessar qualquer site ou aplicativo por meio de seu smartphone.

Neste caso o usuário primeiramente deverá criar uma conta no LastPass ou então usar uma conta que já possui. Depois basta selecionar quais serão as páginas eletrônicas e os aplicativos que poderão ser acessados por meio da utilização da impressão digital.

Vale lembrar que esse tipo de sistema é bastante diferente do apresentado no ID Touch, do iPhone o qual restringe apenas o acesso ao smartphone e ao iTunes pela digital.

De qualquer maneira ainda não foi divulgada nenhuma informação sobre quando a novidade estará disponível para os usuários do iOS. De acordo com um porta-voz do LastPass o problema se dá basicamente pelo fato de que Apple ainda não oferece um suporte satisfatório no que diz respeito a uma conexão segura entre os dados dos usuários e o aparelho usado.

Ainda de acordo com a LastPass, existe a expectativa de que futuras atualizações no sistema permitam que algo do tipo seja implementado no iOS.

Entretanto, o recurso em questão tem seus custos uma vez que os usuários irão precisar pagar por uma assinatura de cerca de 12 dólares por ano para ter acesso a sites e aplicativos por meio da impressão digital.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação                          


A cada dia que passa novas provas vem surgindo comprovando ainda mais o que muita gente já suspeitava: que o sistema de segurança biométrico que vem sendo usado em smartphones da Apple e da Samsung não é exatamente a melhor forma de proteger seu celular.

Recentemente um pesquisador da empresa de segurança GmbH afirmou ter quebrado o sistema de segurança do recém chegado Samsung Galaxy S5. O celular em questão possui agregado um sensor de impressões digitais que deveriam ou não liberar o uso e acesso de diversas funções e serviços.

De acordo com as informações divulgadas em sites especializados no setor de tecnologia, o método usado pelo pesquisador do GmbH é bastante semelhante ao que foi utilizado recentemente pelo site Pplware.

Para ter acesso a todas as funções do aparelho e ter acesso também as funções bancária do sistema de pagamentos on-line PayPal o pesquisador e especialista Bem Schlabs usou apenas uma cola de madeira e uma imagem da impressão do usuário original do dispositivo.

Vale lembrar que o PayPal além de ser o principal também é o primeiro parceiro da Samsung externo na divulgação do sistema de segurança biométrico do Galaxy S5.

A GmbH ainda “deu um toque” nos usuários do aparelho da Samsung orientando os mesmos a evitarem fazer o uso do sistema biométrico para protegerem os dados no dispositivo uma vez que a facilidade de quebrar a segurança é relativamente grande. A empresa diz que no lugar disso seria mais prudente usar senhas mais complexas para cada tipo de serviço disponibilizado no aparelho.

Neste último caso a ideia até que é boa já que se caso o aparelho seja roubado dificilmente as informações contidas no dispositivo poderão ser acessadas. E claro, que como a parceria é feita com o PayPal nenhum tipo de transação bancária poderia eventual ser feita pelo potencial criminoso.

Vale lembrar que Apple também passou por dificuldades semelhantes com seu sistema e deu um jeito de resolver da sua própria maneira. Na época até mesmo patas de animais destravaram o sistema biométrico.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


De fato, a guerra entre Apple e Samsung está declarada. A rivalidade entre os dois melhores smartphones do mercado é imensa. A Samsung apresentou recentemente uma evolução do Galaxy S5, seu principal smartphone que tem literalmente impressionado o mundo da tecnologia. O que é surpreendente é que o Galaxy S5 faz muitas coisas que a tão espetacular Apple, com o iPhone 5S, não pode fazer.

Veja algumas coisas que o Galaxy S5 faz que o iPhone 5S não faz, comprovando que não tem rival: Em parceria com a PayPal, o smartphone da Samsung pode fazer pagamentos seguros através do uso de impressões digitais.

Além disso, o aparelho possui uma câmera de 16 megapixels (o iPhone 5S conta com câmera de 8 megapixels). Mesmo para imagens de objetos em movimento, o aparelho Samsung é superior.

Não bastasse isso, se o Samsung Galaxy S5 cair na água não vai estragar. Já o iPhone nem precisa comentar.

O Galaxy S5 está equipado com um sensor para controlar o batimento cardíaco do pulso (no iPhone você precisa fazer download de um aplicativo para isso). 

Você pode usar o Galaxy S5 como um controle remoto, graças ao receptor infravermelho na parte superior. 

O Galaxy S5 é o primeiro telefone celular com HDR Live View , que permite que você veja o resultado de uma foto antes de tê-la feito.

O Galaxy S5 pode gravar vídeo em 4K (quatro vezes a resolução HD).

Se você decidir emprestar o seu Galaxy S5 para alguém, você pode mudar de um modo para outro. Por exemplo, a modalidade "easy" simplifica a interface, enquanto a modalidade infantil restringe os recursos do gadget.

O display do Galaxy S5 pode se tornar preto e branco para economizar bateria ao mudar sua tela para o modo monocromático, o que dobra a duração da energia remanescente.

Se a bateria começa a dar-lhe problemas, você pode abrir o telefone, retirar a bateria e substituí-la por uma nova. Já no iPhone isso não é possível.

A câmera frontal do Galaxy S5 é muito melhor que a do iPhone 5S.

O Galaxy S5 tem um chip embutido para imagens que ajusta dinamicamente a cor e o contraste da luz que está ao redor.

A Samsung promete inovar ainda cada vez mais e os clientes que fiquem na tentação e nessa estimada disputa, porém, que escolham o melhor para si.

Por Dianne Siniscalchi


Já pensou em controlar seu smartphone somente com movimentos da cabeça? Isso é o que Samsung está pesquisando, a fim de criar uma nova tecnologia. Segundo a patente da empresa, ela está trabalhando nesse recurso para incorporá-lo em seus futuros lançamentos de celulares, como no Galaxy S5. Esse novo recurso promete ser uma evolução na área da tecnologia.

Não foram revelados detalhes sobre o funcionamento da tecnologia. Sabe-se que ela poderá ser utilizada para controlar smartphones sem a necessidade de tocar na tela. O sensor fica localizado na câmera frontal do aparelho, que poderá detectar movimentos dos olhos, da cabeça e das sobrancelhas. Com um simples gesto poderá, por exemplo, abrir a calculadora ou o reprodutor de vídeos.

Um sistema bem semelhante é o rastreamento dos olhos, presente no Galaxy S4. Com ele é possível pausar vídeos ao desviar a atenção da tela e rolar uma página da web olhando para baixo do display. Essa tecnologia agradou os usuários, que esperam agora não utilizarem mais os olhos, e sim a cabeça. O executivo da Samsung confirmou que pretende estudar uma nova tecnologia de escaneamento de íris, mas não citou a finalidade desta. Na mesma semana dessa confirmação, houve o pedido da patente para um estudo do projeto. Mesmo com o pedido dessa patente, não significa que a leitura pelos movimentos será utilizada pela empresa em algum dos seus produtos.

As configurações previstas para o Galaxy S5 são uma câmera de 16 megapixels com alta resolução de imagem, novo design no acabamento metálico, um display maior e um processador atual de 64 bits. Além disso, ele poderá estrear um novo sistema operacional Android. A Samsung fará um evento em fevereiro ou março, durante a MWC 2014. É esperado que algum representante da empresa fale sobre as características do próximo aparelho que será lançado em breve.

Por Danilo Gonçalves

Samsung Galaxy S5

Foto: Divulgação


Samsung Galaxy S5De acordo com a mídia coreana especializada, o Galaxy S5 deve ser anunciado oficialmente em janeiro do ano que vem. É bem provável que o anúncio antecipado seja devido ao fraco número de vendas do Galaxy S4 que não emplacou como a empresa coreana gostaria. O anúncio oficial do novo membro da linha Galaxy seria feito apenas em março, mas os números oficiais de vendas obrigaram um lançamento antecipado.

O novo Galaxy S5 gera muita expectativa, principalmente devido à possibilidade de apresentar um novo processador de 64-bit Exynos 5430 com 8 núcleos e tecnologia de capacidade de  multiprocessamento heterogêneo. Além disso, o aparelho deve vir com uma câmera de 16 MP capaz de tirar fotos em baixa iluminação e estabilização de imagem.

No entanto, não há como ter certeza das informações que na verdade não passam de rumores, por enquanto. Caso se confirmem, a empresa estará dando um passo tão largo quanto da Apple, sua principal rival. O iPhone 5S anunciado há algumas semanas foi pioneiro na utilização de processadores 64-bits e garantiu seu espaço no mercado da nova geração.

Agora resta apenas aguardar o anúncio oficial da companhia coreana para saber se estaremos diante de um aparelho tão competitivo quanto o iPhone 5S está sendo.

Por Ebenézer Carvalho


Samsung Galaxy S5 A Samsung efetuou o registro do design do novo Galaxy S5 há pouco tempo e, de acordo com o site Phone Arena, os detalhes do gadget vazaram na internet.

Segundo o que foi divulgado pelo Phone Arena, o futuro Galaxy S5 terá um design mais comprido, na parte de trás terá uma grande abertura para a câmera principal e não há botão Home físico.

Além disso, conforme boatos divulgados, o projeto do novo S5 vem sendo chamado de Projeto 3.0 internamente pela Samsung. Com esse projeto, os rumores de que a Samsung planeja alterar novamente o design de seus aparelhos ganhou força, principalmente após a sul-coreana ter anunciado oficialmente a sua parceria com a SGL Group, que é uma empresa muito conceituada na fabricação de fibras de carbono.

Com as informações que vazaram do registro da patente, vieram informações de que possivelmente a Samsung deixará de utilizar o plástico no corpo de seus smartphones, pois a concorrência (Xperia Z, HTC One e iPhone 5) utilizam metal e vidro na carcaça de seus aparelhos.

Apesar de todas essas informações, nenhum detalhe das configurações e da data de lançamento foi divulgado.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: