Já se foi o tempo em que o celular tinha somente a função de fazer chamadas, ou seja, existem diversos tipos de aparelhos que possuem acesso a internet e que podem tirar fotos com uma boa resolução

Tudo isso e muito mai se encontra no IPHONE 4 Apple 8GB, pois possui duas câmeras, sendo que a câmera da frente pode se fazer videoconferências e com a possibilidade de se tirar fotos de si mesmo. Outra vantagem deste aparelho é que é possível fazer filmagens em lugares com pouca luz, através da tecnologia de e LED integrados em um sensor de retro iluminação.

Outro benefício deste aparelho é que possui tecnologia wi-fi, além da possibilidade de se trocar diversos tipos de arquivos através do recurso Bluetooth. Outra possibilidade deste aparelho é poder jogar e usar o GPS através dos recursos como acelerômetro e um giroscópio de três eixos, o que faz com que a sua experiência em jogos seja mais realista e o uso do GPS seja bem mais eficiente.

Foto: Divulgação

Os apaixonados por tecnologia já aprovaram o aparelho e garantem que vale a pena adqui-lo com sua nova tecnologia. O aparelho que já uma das marcas preferidas em todo o mundo vem sempre buscando a inovação e  adaptando seus aparelhos com os melhores metodos tecnologicos, a fim de conquistra um público cada vez mais exigente e carente de inovações.

A empresa consegue a cada novo lançamento lotar suas filiais em Nova Iorque que faz com que os tecnomaniacos façam filas gigantescas para serem os primeiros a conhecerem as inovações da marca que por sua vez busca surpreender cada vaz mais esse público.

Com todos estes recursos e com uma tecnologia muito avançada este aparelho pode ser adquirido a partir de mais de mil reais o que para os fã Apple é só mais um refelexo da qualidade que os aparelhos trazem ao mercado.

Por Jaime Pargan


Mais um país começou a vender o iPhone 4 Branco. O país da vez é Portugal.

O anúncio foi feito pela operadora de telefonia Sonae, que já aproveitou para divulgar os preços do novo aparelho. Segundo a operadora, o iPhone 4 Branco será vendido por 99,90 euros (versão 16GB no plano Smart 60) e 299,90 euros (versão 32GB no plano Smart 30).

Já a Vodafone, outra operadora a vender o celular, o preço é de 149,90 euros (versão de 16GB no plano Best Top) e 569,90  euros (versão de 32GB no plano Best Base).

A Vodafone também informou que venderá o aparelho livre de permanência pelo preço de 589,90 euros (versão de 16GB) e 699,90 euros (versão de 32GB).


O iPhone 4 se tornou um verdadeiro sucesso no lançamento da pré-venda que foi liberada na madrugada do dia 03 de fevereiro de 2011 na Verizon, nos Estados Unidos. Em apenas duas horas, o aparelho quebrou todos os recordes de venda na história norte-americana.

Com todos esse sucesso, a companhia preferiu guardar segredo e não revelar o número de aparelhos vendidos. O fato importante nessa história toda de recordes é que as duas horas informadas pela loja se referiam ao período das 3h às 5h da madrugada.

Nem todos os norte-americanos tiveram a sorte de participar desta coqueluche eletrônica, apenas os clientes já cadastrados na Verizon puderam garantir o iPhone 4. Para o restante do mercado o aparelho estará disponível nas vendas gerais a partir do dia 09 de fevereiro de 2011.

Por Vivian Fiorio


Um diretor premiado sul-coreano chamado Park Chan-wook causou o maior furor em seu país de origem com a última filmagem que fez. Seria mais um filme na lista dos vários que o cineasta já rodou, não fosse por um detalhe: toda a produção foi filmada com celulares iPhones 4. O próprio Park participou das gravações comandando três câmeras.

Prêmios como o de Cannes em 2004 por “Oldboy” fazem parte do currículo de premiações de Park, mas este foi especial, já que como definiu o próprio diretor, foi produzido um filme mais livre, com mais opções de ângulos do que com uma câmera de set.

Esta é a primeira vez que um filme foi realizado totalmente com câmeras de celulares, deixando a produção com um custo muito baixo. A novidade alerta a todos para uma provável tendência nos estúdios dos próximos anos, já que a redução do orçamento será crucial para a rodagem de filmes.

Por Vivian Fiorio


A Apple lançou nos Estados Unidos uma nova versão do iPhone 4. O aparelho não apresenta grandes modificações em relação à versão atual e foi modificado apenas para suportar a operadora americana Verizon, que trabalha com a rede CDMA.

Ao que tudo indica, essa versão do iPhone 4 é exclusiva da operadora americana, e não deve chegar à outros países. Ele estará disponível para os usuários da Verizon a partir de 10 de fevereiro e a pré-venda começa em 3 de fevereiro.

Mesmo assim esse lançamento dá algumas pistas sobre os novos recursos que o iPhone 5 poderá ter. Entre eles está a mudança no case do aparelho, modificado para uma nova configuração da antena. O que não significa, porém, que a Apple tenha resolvido o velho problema da perda de sinal.

Outro detalhe interessante é que o modelo vendido pela Verizon terá um recurso que permitirá ao iPhone 4 compartilhar sua conexão 3G com até 5 aparelhos diferentes. Especula-se que esse recurso poderá estar presente nativamente no iPhone 5.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Engadget


Com a enorme variedade de celulares e smartphones disponíveis no mercado, muita gente gosta de recorrer a sites especializados na internet para ler comparativos e reviews de aparelhos para não acabar comprando gato por lebre.

Por exemplo, alguém que vive na rua, ter um smartphone ou notebook com bateria de alta duração é essencial. Afinal, ninguém quer ficar na mão, e muitas vezes o manual dos equipamentos não condizem com a realidade. Aqui é um bom lugar para se estar informado.

Sempre que possível tento trazer matérias e vídeos interessantes publicados em sites estrangeiros como o Engadget, por exemplo. Agora, abro espaço para um comparativo diferente publicado no site CrunchGear com três dos melhores smartphones do mercado americano: o G2, o iPhone 4 e o HTC Surround.

O objetivo do teste não é descobrir qual tem a melhor tela ou melhor bateria, mas sim, qual dos trẽs aparelhos resiste mais tempo ao fogo. Veja:

Por Maximiliano da Rosa


Rumores indicam que o lançamento do iPhone 4 no Brasil está programado para acontecer no dia 17 de Setembro. Enquanto isso as operadoras brasileiras cadastram interessados em receber novidades sobre o aparelho.

Alias, Vivo e Tim fazem mais que isso: as duas operadoras começaram no último fim de semana a fazer demonstrações do iPhone 4 em algumas lojas suas.

E a Oi era a única que não havia inciado qualquer tipo de atividade de promoção para o smartphone da Apple. Até agora. No fim de semana ela também começou a cadastrar seus clientes para receberem informações sobre o iPhone.

Mas é bom lembrar que não se trata nem de pré-venda nem de reserva. Segundo informações que rolam na internet, todas as operadoras começarão a vender o aparelho ao mesmo tempo.

Por Maximiliano da Rosa


Foi homologado na última segunda-feira o iPhone 4, da Apple, no Brasil. A partir de agora, a empresa norte-americana tem autorização para comercializar o produto.

A homologação foi publicada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em seu site oficial da agência. Apesar da autorização concedida pela Anatal, a Apple Brasil informou que não há previsão de lançamento do smartphone no mercado brasileiro.

Em contrapartida, a operadora Claro informou que vai lançar no modelo até o final deste ano. A TIM, por sua vez, já está fazendo um pré-cadastramento dos clientes interessados em adquirir o iPhone 4 quando ele for lançado no Brasil.

Quem tiver interesse em receber as últimas novidades sobre o aparelho pode se cadastrar no site: www.tim.com.br.

Por Luana Neves


Mesmo com todos os problemas que o Iphone 4 enfrentou, ele chega no Brasil com alarde e apoio.

Desde sua estréia nos Estados Unidos, que rendeu até mesmo um Steven Jobs embaraçado e irritado diante de tantos deslizes que seus técnicos conseguiram deixar escapar durante a fabricação e desenvolvimento do celular, o smarthphone mais famoso e cobiçado do mundo acumulou problemas técnicos em cima de problemas técnicos.

A Apple chegou a distribuir capas para o celular, gratuitamente. Apesar de ainda não contar com uma data específica para estréia no país, sabe-se que está para acontecer em qualquer momento, de setembro em diante.

A ANATEL já autorizou e liberou a comercialização e já se sabe que tendo ou não tendo problemas a fila de espera já é grande para exibir o novo Iphone por aí.

Por Victor Gonçalves


Há poucos dias o governo americano atualizou as regras que regulam a questão de direitos autorais nos EUA. Uma das mudanças diz respeito ao desbloqueio e Jailbreak dos celulares e smartphones como o iPhone 4, situação em que o usuário só pode instalar aplicativos autorizados pela Apple.

As novas regras tornam o Jialbreak totalmente legal. E agora um novo serviço para fazer isso acaba de ser lançado. Ao contrário de outros que necessitam que se instale um software, este é baseado na Web. Para fazer o jailbreak do iPhone 4 só é preciso acessar o site www.jailbreakme.com.

No entanto, a Apple desaprova essa situação, e o usuário pode perder a garantia do seu smartphone. Além disso, esteja atento para o fato de que a empresa vai continuar dificultando cada vez mais o processo em suas futuras versões do iOS.

Por Maximiliano da Rosa


Essa semana o iPhone 4 recebeu o aval de um jornalista do Wall Street Jornal. Colunista de tecnologia da publicação, Walt Mossberg escreveu um review do smartphone da Apple baseado no uso diário, não apenas numa análise técnica do aparelho.

E, talvez, para a surpresa de muita gente, o resultado foi extremamente favorável para o iPhone 4, que conseguiu arrancar muitos elogios do jornalista americano. Ele simplesmente considerou o aparelho o melhor smartphone da sua categoria.

É claro que os problemas com o sinal não foram ignorados. Mas Mossberg não considerou o problema como crítico, embora não recomendasse seu uso em áreas de sinal fraco. Nesses casos, mesmo com uma única barra a qualidade da ligação não foi afetada.

Enfim, ninguém tem motivo para não querer um iPhone 4.

Por Maximiliano da Rosa


Uma das características mais interessantes do iPhone 4 certamente é o seu design. No entanto, o problema com o death grip está obrigando os usuários a adotar um bumper case. E isso torna o iPhone 4 menos charmoso.

Por isso muita gente em procurado alternativas para o problema sem modificar o design do aparelho. Uma boa opção invisibleSHIELD, uma espécie de filme invisível para ser colado sobre as partes metálicas do iPhone 4, que custa cerca de 10 dólares.

O bom é que a rede americana BestBuy oferecerá o invisibleShield para todos os compradores do iPhone 4. Quem já comprou um iPhone 4 também poderá requisitar o acessório gratuitamente.

Por Maximiliano da Rosa


Toda essa história em torno dos problemas do iPhone 4 não deve afetar as vendas do smartphone mundo à fora. Tanto que a Apple anunciou que está liberando uma nova remessa de aparelhos para mais 17 países a partir do dia 30 de Julho.

Agora, além de França, Alemanha, Japão, Reino Unido e Estados Unidos, vários da países da Europa, Ásia e Oceania, além do Canadá na América do Norte devem se unir ao grupo de felizardos que podem testar e experimentar o iPhone 4 e, quem sabe, atestar que o problema com o death grip não se aplica à outros continentes.

A maior parte dos países que compõe esse grupo ficam no velho mundo. São eles: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia e Suíça.

Os demais países são: Austrália, Nova Zelândia, Cingapura e Hong Kong.

Por Maximiliano da Rosa


O iPhone 4 chegou ao mundo dos smarthphones como uma revolução e avanços. Isso na teoria. Na vida real ele apareceu na mídia esquecido em uma boate por um executivo fanfarrão da Apple e assim deveria ter sido mantido….esquecido!

Ainda na coletiva de apresentação do aparelho ele deu problemas com a conexão com a internet, fato justificado devido a quantidade de jornalistas que apinharam a sala de coletiva no Vale do Silício.

Mas quem comprou o aparelho teve bem mais problemas com dificuldades de conexão. Interferência de sinal e problemas com seus widgets é só a ponta do iceberg.

Defeitos primários ocorreram até mesmo com a captação de sinal do aparelho que ao invés de possuir uma antena na parte superior, possui na lateral, justamente onde os usuários colocam as mãos para telefonar e esse é exatamente o problema, a mão interfere na capacidade de sinal.

Agora a Apple está liberando capinhas ao Deus dará e Steve Jobs assumiu em alto bom som "Não somos perfeitos.".

Perfeitos não precisa tio Steve, mas um pouco menos desligados podiam ser, hein?

Por Teresa Almeida


Como se não bastassem os problemas com o iPhone 4 tradicional, incluindo aí defeitos na antena, no bluetooth e no sensor de proximidade, o início das vendas do iPhone 4 branco sofrerá mais um atraso. E agora a empresa não fala mais em datas, simplesmente diz que ele será lançado mais tarde neste ano.

Segundo a Apple, os motivos que provocaram esse atraso são por conta dos desafios que a fabricante encontrou para produzir o smartphone. Desafios muito além dos esperado. Portanto, quem esperava pelo lançamento do iPhone 4 branco é melhor esperar sentado.

Isso vale especialmente para nós, brasileiros, que já sofremos com o fato de nunca estarmos nas listas de prioridades da Apple, já que até países pequenos como Cingapura, receberão o aparelho antes de nós.

Ou seja, acredito que iPhone 4 branco no Brasil, só em 2011.

Por Maximiliano da Rosa


Uma boa notícia para quem é fã de smartphones brancos especialmente, o iPhone 4: durante uma coletiva realizada pela Apple, Steve Jobs afirmou que o iPhone 4 branco começará, enfim, a ser vendido no fim de Julho. Porém, a empresa parece ter enfrentado problemas em sua fabricação e as quantidades serão limitadas.

Jobs também divulgou o cronograma com os próximos países que receberão o iPhone 4. As datas continuam as mesmas e a partir do dia 30 de Julho mais 17 países começarão a vender o smartphone, entre eles Suécia, Suíça, Áustria, Canadá e Itália. Lembrando que a lista inicial tinha 18 nomes, mas a Coreia do Sul acabou caindo fora.

Outro problema, referente ao sensor de proximidade do iPhone 4 também deverá ser resolvido numa futura atualização do firmware do aparelho.

Por Maximiliano da Rosa


Em coletiva de impressa, Steve Jobs afirmou que a Apple quer ver seus clientes felizes. Se isso não acontecer, a empresa se compromete a aceitar a devolução do iPhone 4 e garante o ressarcimento completo do valor investido na compra do smartphone.

Jobs informou que a Apple vendeu aproximadamente 3 milhões de iPhone 4 em menos de um mês. Quanto aos problemas com a antena, o CEO da gigante de Cupertino exibiu gráficos que demonstram que aparelhos populares como o Blackberry Bold 9700 também tem problemas semelhante. E ilustrou dizendo que smatphones não são perfeitos.

Mesmo assim, para atenuar o problema com a antena, a Apple dará cases de graça para consumidores que comprarem o iPhone4 até o dia 30 de Setembro. Enquanto isso, os engenheiros da empresa continuarão trabalhando para tentar encontrar a causa da perda de sinal.

Por Maximiliano da Rosa


O problema com a antena do iPhone 4 está causando muita discussão no mundo online. Há poucos dias a revista americana Consumer Reports avaliou o iPhone 4 e atestou o problema com a recepção de sinal e acabou não recomendando que os consumidores comprassem o smartphone. Imediatamente as ações da Apple caíram e muitos especialistas aconselharam que a Apple fizesse um recall do produto.

Mas há quem conteste a avaliação feita pela revista. É o caso do engenheiro Bob Egan, especialista em mobilidade. Segundo ele a Consumer Reports falhou e não apresentou provas científicas sobre o problema com a antena do iPhone 4.

O engenheiro também efetuou testes com o seu aparelho e constatou que não há perda de sinal. O problema é apenas com as barras de sinal, causado por um erro no software. Exatamente como afirma a Apple.

Por Maximiliano da Rosa


A revista Consumer Reports é famosa por testar produtos nos Estados Unidos, e tem grande poder de influência sobre os consumidores. Há poucos meses ela descobriu uma falha no controle de estabilidade do veículo Lexus GX460, o que forçou a Toyota a interromper a produção do utilitário.

Agora o alvo da empresa, que testou o iPhone 4 e atestou o que os usuários do aparelho já sabem: ele tem sérias falhas na recepção, e pode ficar sem sinal se for segurado de certa maneira. O problema é tão sério que a Consumer Reports não recomenda que os coinsumidores comprem o gadget da Apple.

Não se sabe se isso vai afetar as vendas do iPhone 4. Quase dois milhões de aparelhos já foram vendidos em cerca de um mês.

Por Maximiliano da Rosa


Nem tudo é perfeito no reino da maçã. Mal os primeiros consumidores colocaram as mãos no gadget mais esperado do ano, e já começam a surgir notícias de que o iPhone 4 tem apresentado problemas.

Em primeiro lugar, o sinal. Muita gente relata em fóruns da Apple que o smartphone tem sinal fraco. Esse é um problema conhecido das versões anteriores do iPhone. E, pelo jeito, ao invés de melhorar, a coisa ficou pior.

Além disso, as qualidades tão bem apregoadas do Dislpay Retina tem esbarrado num defeito: manchas amarelas aparecem em vários pontos da tela. Felizmente a Apple já garantiu troca imediata para os aparelhos com defeito, e não há uma explicação oficial sobre o problema.

Por Maximiliano da Rosa


Parece que nem tudo foi dito pelo iPhone 4. Tudo indica que a Apple se reservou ao direito de não divulgar todos os detalhes sobre a nova versão do seu smartphone. Podemos concluir isso com base num documento que vazou na internet essa semana. O documento em questão é uma carta endereçada à FCC, o órgão responsável por homologar os dispositivos de comunicação nos Estados Unidos, mais ou menos como a Anatel no Brasil.

Na carta, a Apple pede que sejam mantidas em sigilo determinada informações sobre a aparelho por até 45 dias depois do seu lançamento. Isso inclui fotos externas e internas do produto, e até mesmo o manual do usuário.

Além disso, a empresa também solicita que certos detalhes técnicos sobre o processador, bluetooth, wi-fi, antenas e materiais utilizados nunca sejam revelados. Na carta a Appl explica que essas informações constituem segredos comerciais.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Patently Apple


Sim, já há sites de leilões virtuais vendendo o iPhone 4 no Brasil. O preço não é nada atrativo: cerca de 3200 reais. A não ser que você seja um tanto fanático por ele, talvez seja melhor esperar pelo lançamento oficial. A data prevista para o início das vendas no país é Setembro.

Cabe um alerta aos interessados: não sabemos se o novo smartphone já está homologado pela Anatel. Em caso negativo, quer dizer que o iPhone 4 não está autorizado a ser usado em território nacional.

Para quem tem uma grana sobrando, e quiser arriscar, o site promete a entrega entre 15 e vinte dias depois da confirmação de pagamento. A pré-venda começa no dia 15 de Junho nos Estados Unidos. E a entrega das primeiras unidades iniciam no dia 24 para os americanos e mais quatro países.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: IDG





CONTINUE NAVEGANDO: