O novo smartphone da LG, o LG G Flex, é um aparelho muito inovador, o smartphone é flexível, ou seja, você consegue envergá-lo e ele não quebra. Além disso, o aparelho consegue se "regenerar" de riscos e arranhões e ficar como novo.

Foi feito recentemente um teste que comprovou a flexibilidade da tela e do aparelho que são ligeiramente envergados. A novidade é que o novo smartphone da LG é capaz de se regenerar de riscos causados por situações normais do nosso dia a dia, como arranhões causados por chaves/moedas que estão junto ao aparelho dentro do bolso, quedas que o fazem deslizar criando riscos, entre outras situações do cotidiano.  

No teste feito pelo canal MKBHD, o LG G Flex é exposto a condições reais do cotidiano, diferentemente do vídeo oficial criado pela LG, que foi gravado inteiramente em um laboratório, foi uma espécie de contra-prova feita pela empresa. Durante ambos os testes, o dispositivo foi capaz de se regenerar dos danos causados quase que completamente, ficando apenas algumas micro marcas, quase imperceptíveis a olho nu. Até quando é arranhado por uma faca em sua parte traseira, o dispositivo consegue se regenerar, voltando a sua forma original.

Para dizimar qualquer dúvida que por acaso fique rondado na cabeça dos consumidores, o canal MKBHD resolveu testar também a flexibilidade do aparelho. Usando as mãos, o LG G Flex é forçado a ficar plano em qualquer direção que seja possível, e, novamente, o aparelho resiste sem ter nenhum dano técnico ou físico. É bom salientar que os responsáveis pelos testes afirmam não saber se houve algum tipo de dano no interior do aparelho.

Ao que foi constatado, a companhia conseguiu desenvolver um smatphone muito resistente, que é capaz de suportar várias situações que muitos aparelhos comuns não suportam e a maioria dos consumidores passa em seu dia a dia.

Por André Barbosa

LG G Flex

Foto: Divulgação


As especulações acerca do novo smartphone da LG vêm aumentando cada vez mais. Se tudo se confirmar, fica perceptível que a empresa está investindo com força total no mercado de smartphones.

De acordo com informações divulgadas pelo site Asian Economics, o próximo aparelho da LG, chamado de Optimus G2, pode ser o primeiro smartphone a ter um display com tecnologia Full HD (1080p).

Além disso, parece que o futuro aparelho top de linha da LG também terá câmera traseira com 13 MP, processador de quatro núcleos com 2 GHz, sistema operacional Android 5.0 e capacidade para gravar vídeos em Full HD, tal qual a resolução da tela. Com essas características, o novo LG Optimus G2 com certeza será um grande rival para o também especulado Samsung Galaxy S4.

Em questão do Android 5.0, a expectativa é que a Google lance-o em 2013, o que torna “mais possível” que o Optimus G2 seja lançado com ele e seja um dos primeiros aparelhos a rodarem a nova plataforma.

Informações concretas sobre lançamento e demais detalhes de hardware não foram divulgadas, muito menos houve confirmações por parte da LG.

Por Guilherme Marcon


A partir da próxima terça-feira, dia 30 de outubro, o LG Nexus 4 já estará disponível em todas as lojas norte-americanas. Confirmando os rumores, o modelo contará com a versão 4.2 do Android, que será chamada de Jelly Bean, assim como a versão 4.1.

Até o momento, a Google não revelou informações sobre a versão 4.2 do sistema operacional, mas segundo o site Modaco, esta versão contará com o Gesture Typing, um recurso que oferece ao usuário a digitação a partir de gestos.

O LG Nexus 4 teve suas especificações técnicas baseadas no Optimus G, que também foi produzido pela LG. O novo aparelho conta com tela de 4,7 polegadas, processador Snapdragon S4 quad-core de 1,5 GHz e memória RAM de 2 GB.

O smartphone tem apenas 9,1 mm de espessura, oferece uma bateria de 2100 mAh e tem duas câmeras: uma frontal de 1,3 megapixels e outra traseira de 8 megapixels.

A Google deverá revelar seus novos dispositivos para a linha Nexus já na próxima segunda-feira. Porém, até o momento nada foi confirmado pela fabricante. A expectativa é que a companhia apresente os tablets Nexus 7 e Nexus 10, além do próprio LG Nexus 4 e outros dois smartphones.

Por Felipe Santos Bonfim





CONTINUE NAVEGANDO: